Serra do Rio do Rastro

Serra do Rio do Rastro, paisagens fora do comum

A Serra do Rio do Rastro, no sul do Estado de Santa Catarina, no município de Lauro Miller (mais de 1400 ms de altitude), rodeada de vegetação nativa e cachoeiras, tornou-se uma das atrações do Estado. Na parte mais elevada, no alto da serra há um mirante de onde se avita boa parte da estrada cheia de curvas e que desce em espiral até perto da costa.

Mapa da Serra do Rio do Rastro

Como ir à Serra do Rio do Rastro

Desça de Florianópolis pela Rodovia 101, até a indicação Serra do Rio do Rastro na altura de Criciúma. Depois pegue Orleans, vizinha de Lauro Müller, pela SC-446. De Lauro Müller a Bom Jardim da Serra são 35 km pela SC-438, passando pela Serra do Rio do Rastro, e Bom Jardim da Serra e São Joaquim. São mais 43 km, pela mesma rodovia.

De São Paulo são aproximadamente 850 km. O mais prático é tomar um avião até Florianópolis e no próprio aeroporto alugar um carro. Reservar o carro com antecedência, sobretudo na alta estação é uma medida inteligente.

Hotéis na Serra do Rio do Rastro

Veja as opções de hospedagem

Melhor época para ir a Serra do Rio do Rastro

Quase todo mundo que visita a região busca frio e paisagens brancas nevadas. Mas,  a região pode ser visitada em qualquer época do ano.

Importante

Sobretudo no inverno leve roupas para climas frios, botas forradas, pulover e casaco impermeável. As temperaturas certos dias de inverno podem ser muito baixas. À noite principalmente, podem cair abaixo de zero. Veja dicas em bagagens.

Você precisará de um automóvel para visitar as São Joaquim e outras cidades. E, por falar em São Joaquim, não deixe de visitar sua vinícola. Sabemos que muita gente nunca ouviu falar de vinhos de Santa Catarina, mas alguns, como o “Joaquim” tem altíssima qualidade e já recebeu prêmios internacionais. A própria visita à vinícola, muito linda, já é um passeio interessante.

Atrações na Serra do Rio do Rastro

Morro da Roda

Um dos melhores lugares para se ter outra visão espetacular da serra é o Morro da Ronda em frente do Canyon. Dali e avista-se o Monte Negro, com 1398 m, ponto culminante de Santa Catarina.

Serra do rio do Rastro

Uma característica que chama a atenção na Serra do Rio do Rastro é que ela é uma das raras serras no mundo todo que é iluminada. E tem mais, iluminada com energia eólica (produzida pelo vento)! A Usina Eólica é formada por gigantescos cataventos  de 50 metros de altura, cada um com três pás.  Se você estiver subindo a Serra do Rio do Rastro já verá a usina e os cataventos.

A vista do alto à noite é ainda mais espetacular, não deixe de dar para paradinha no alto da serra para apreciar o espetáculo. De qualquer modo, essa é uma estrada cheia de curvas e rodeada de abismos, onde deve-se rodar devagar e com cuidado.

São Joaquim

Essa região é uma das poucas do Brasil onde pode nevar.  Bom Jardim da Serra e São Joaquim um dos passeios que se pode fazer a partir de Rio do Rastro é famosa por suas festas de inverno e nevascas. A cidade fica a 230 km de Florianópolis pela S 438. Site oficial de turismo  São Joaquim.

Pedra Furada

Outro passeio incrível é o que leva à Pedra Furada, no alto de outra serra, em Ubiricí (BR-282 ). Do alto você se defronta com um verdadeiro tapetes de nuvens. A subida é longa e bonmita, mas pode ser feita com veículos de passeio.

Dicas

Se o seu carro não tiver um GPS ou você não utilizar o Waze, compre um mapa rodoviário, nem sempre é fácil achar seu caminho. Às vezes você pode obtê-lo na locadora onde alugou seu veículo.

Para quem não mora em Santa Catarina, aqui vai uma dica: pegue um avião até o aeroporto de Florianópolis e lá alugue um carro.

Se for a São Joaquim visite suas vinícolas e participe de uma sessão de degustação de vinhos.

Junto à subida da Serra fica um lindo resort com lagos, o Rio do Rastro Resort, com chalés dotados de lareira, piscina de hidromassagem envidraçada dando para o lago e uma culinária que dá gosto. O resort organiza expedições de jeep ou a cavalo pelas redondezas, levando-o a lugares com vistas inesquecíveis da região caracterizada por picos e por um relevo muito particular.