Desembarcar na Itália
Florença, uma cidade de artes, Itália- Foto Aninha Gonçalves
Desembarcar na Itália

 

Desembarcar na Itália

Serviço de imigração

Ao desembarcar, tenha à mão seu passaporte, que deverá ser apresentado às autoridades do serviço de imigração. Carimbado o passaporte, você obterá normalmente o direito de três meses de permanência não só na Itália, mas também em outros países da União Europeia, como turista.

Boa apresentação ajuda

Mesmo não sendo necessário para o brasileiro ter um visto para entrar na Itália, pessoas vestidas de modo desleixado ou demasiadamente underground, ou ainda mulheres jovens vestidas de modo provocante podem ter problemas ao desembarcar. Os funcionários da imigração podem perguntar se você tem passagem de volta para o Brasil, quanto dinheiro tem consigo etc.

Alfândega

Depois de seu passaporte ter sido carimbado no serviço de imigração, você tem ainda a alfândega pela frente. Eventualmente, suas malas poderão ser abertas e revistadas. Você tem direito de levar do Brasil apenas duas garrafas de bebida alcóolica. Nem pense em levar meia dúzia de garrafas de caninha para presentear seus amigos que moram lá!

Importante

Também é proibido entrar na Itália com qualquer tipo de produto agrícola, como frutas, plantas (mesmo as mais inocentes…) e coisas desse tipo. Quase todo país do mundo morre de medo de pragas agrícolas que esses produtos podem transmitir.

Cigarros

Pode-se levar dois pacotes de cigarros (20 maços) na bagagem (se você fuma, pense nisso: cigarros são mais caros lá). Quem chegar à Itália proveniente de outro país da União Europeia (exceto a Inglaterra), e não diretamente do Brasil, não precisará passar novamente pelo serviço de imigração, nem pela alfândega.

Extravio de bagagem

É pouco provável que sua bagagem extravie num voo direto do Brasil para a Itália, mas se você fizer uma conexão aérea no caminho, a possibilidade (ainda que pequena) aumenta consideravelmente. Não será nada grave se você tiver tido o cuidado de colocar na bagagem de mão algumas peças de roupa para esse tipo de emergência, além de objetos importantes ou de primeira necessidade. De maneira geral, em poucos dias sua mala será encontrada em outro aeroporto. São realmente raros os casos em que as malas somem para sempre.

Em caso de extravio

Faça imediatamente uma declaração no balcão da companhia aérea pela qual você está viajando. Uma boa descrição de sua mala (cor, forma, marca etc.) ajudará em sua rápida recuperação. Informe à companhia onde irá se hospedar e anote o telefone do setor que cuida de bagagens extraviadas. Conserve também o número da declaração de extravio que você preencheu.