Cozinha francesa

Prato francêsDescobrindo a cozinha francesa, dicas

Na França, gula não é pecado. Você está de regime? Então faça sua dieta antes de viajar. Chegando lá, relaxe e não se prive de um dos principais prazeres de uma viagem à França: comer bem! Aproveite e prove tudo o que você sempre quis experimentar; coma à vontade o que você já conhece e gosta.

Para compensar as calorias a mais, dedique-se a outro prazer da viagem: caminhar. Os dois se completam muito bem! Apesar da cozinha francesa usar muita carne e manteiga, lembre-se de que o vinho tinto (em doses moderadas, é claro) é ótimo para a circulação. E, se na sua volta ao Brasil, algum insensível comentar que você engordou, conteste: “Não é verdade, eu apenas ampliei minha cultura gastronômica…”

Na França culinária é uma arte

A culinária francesa é considerada por muitos a melhor do mundo. A qualidade dos produtos, sempre fresquíssimos e cuidadosamente selecionados, é um de seus segredos. Outro é a criatividade e o bom gosto na escolha e combinação dos ingredientes, nem sempre óbvias, muito pelo contrário.
A variedade de pratos beira o infinito. A maioria deles são completamente desconhecidos no Brasil; outros, ainda, apesar de mais conhecidos, são raramente encontrados nos restaurantes brasileiros. Quando foi a última vez que você comeu ganso, codorna, javali, coelho ou perdiz?
Se você é daqueles de hábitos alimentares conservadores e nem quer pensar em experimentar escargot, por exemplo, não se preocupe: é facílimo em qualquer lugar comer um prosaico bife com fritas. (Já arroz com feijão é mais complicado, a não ser em um restaurante brasileiro).
Porém, se conseguir se despir do “medo” e do preconceito de experimentar novidades, vai se divertir muito mais durante a sua viagem.

O ritual da refeição

As refeições na França obedecem a uma ordem quase ritualística, que é basicamente a seguinte: hors d’oeuvre ou entrée (entrada fria ou quente), prato principal (carne, peixe ou frango, com acompanhamento); fromage (queijo — sem goiabada!); e dessert (sobremesa).
Lá, não se vai a um restaurante para comer só uma entrada ou para “beliscar”. Isso seria como você entrar em um restaurante no Brasil e pedir só a sobremesa.
A regra tem variações: você pode optar entre fromage ou dessert (queijo ou sobremesa) ou, nos restaurantes mais finos, o menu pode compreender mais de um prato principal, ser composto de pequenas porções de vários pratos para degustação e até incluir porções de sorbet (sorvete de fruta sem creme nem leite) entre um prato e outro, para tirar o gosto do prato anterior.

E quanto às bebidas?

Quanto às bebidas, cada fase desse ritual tem a sua. O apéritif (um destilado), um kir (vinho branco com gotas de licor de cassis) ou ainda um kir royal (a mesma coisa, com champagne em vez de vinho branco) são costumeiramente servidos como aperitivos. Certos vinhos também caem bem.

Durante a refeição, toma-se uma ou mais variedades de vinhos — de preferência, cuidadosamente escolhidos para combinar com o sabor de cada prato. Isso vale da entrada até a sobremesa. Depois da refeição, toma-se uma eau de vie (um destilado de frutas, como o delicioso poire, feito de pêra), um licor ou um bom cafezinho.
Porém, ao menos longe dos ambientes mais elegantes, não há dogmas! Nas brasseries, é comum tomar cerveja, por exemplo. Dependendo do estabelecimento, você pode até pedir uma tábua de queijos e uma prosaica Coca-Cola para acompanhar. O único problema é que talvez tenha de repetir o pedido, pois o garçom pode achar que ele não escutou direito, que você está brincando ou que acabou de descer de um disco voador.

Quando for convidado para almoçar ou jantar na casa de amigos franceses ou para ir a um restaurante: 1) chegue no horário marcado; 2) reserve tempo suficiente, pois comer é um dos principais programas dos franceses: é a ocasião para se distrair e conviver com os amigos, sem nenhuma pressa. Um almoço, principalmente durante a semana, pode ser um pouco (só um pouco!) mais curto, mas um jantar… dura horas!

Veja os pratos mais comuns nos menus dos restaurantes franceses e sua tradução em português: Gastronomia Francesa

Informações práticas sobre Paris

Como ir a Paris

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Paris

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Paris