A Bahia dos esotéricos

Festa na Bahia

A Bahia dos esotéricos

Uma terra de tradições e misticismo

De espírito essencialmente místico, o povo baiano deixa clara essa tendência no modus vivendi e nas manifestações culturais. Os terreiros de candomblé estão espalhados por todo o estado, com maior concentração na Ilha de Itaparica, em Cachoeira e na cidade de Lauro de Freitas.

As visitas aos terreiros

Os terreiros costumam aceitar que seus rituais sejam assistidos por não praticantes e turistas. Mas, a curiosidade desses últimos é tamanha, que a Secretaria de Turismo do Estado, a SETUR, passasse a orientar as agências de viagem que conduzem grupos de visitantes aos terreiros, para que os informem sobre como se comportar durante os rituais, evitar falar alto, controlar risos e não assumir posturas que possam incomodar os praticantes. É óbvio que os turistas pagam pela visita e as agências faturem com isso. Também é possível que os terreiros também tenham sua parte. O misticismo se tornou turístico?

A presença dos orixás

Observa-se a presença dos orixás nas artes plásticas, na música e na culinária. O culto à espiritualidade tem, é claro, suas variantes. Em Itaparica, encontra-se a Sociedade Brasileira da Eubiose, cujos integrantes procuram alcançar a paz interior através do equilíbrio com a natureza.

A religiosidade católica

É muito forte também a presença da Igreja Católica na vida dos baianos, vide o enorme número de igrejas espalhadas pela Bahia. Enfim, os terreiros de ubanda e candoblé também são numerosos. O interessante é que muitos frequentam ao mesmo tempo igrejas e terreiros de candomblé sem nenhum questionamento. Os mesmos orixás cultuados no Candoblé e também na Ubanda correspondem. Aliás, cada um dos orixás (são dezesseis) – entidades cultuadas nos terreiros de candomblé e na umbanda – corresponde a santos católicos da igreja católica. Conflitos só ocorreram quando grupos radicais evangélicos que atacaram terreiros. Com os católicos está tudo na santa paz.

Os esotéricos do ocultismo

É para a Chapada Diamantina que se dirigem os esotéricos que se dedicam ao conhecimento do ocultismo propriamente dito. Ali, no Vale do Capão, estão concentrados ocultistas de variadas correntes, astrólogos, numerólogos, tarólogos ou artistas que querem desenvolver a criatividade em clima espiritual adequado.  Embora a maioria dos ufólogos, estabelecidos principalmente em Lençóis e Morro do Chapéu, prefiram se classificar como pesquisadores, há também aqueles cujos conceitos de vida extra-terrestre incluem uma boa dose de misticismo.

Comunidades alternativas de todos os tipos

Há igualmente comunidades alternativas que optaram por uma vida integralmente natural e ministram terapias afins. Acreditam que os cristais existentes no subsolo da Chapada emanam uma energia mágica. Também creem que existem portais para outras dimensões, que teriam sido detectados nas proximidades de algumas cavernas.
Se você se encaixa em qualquer dessas tendências esotéricas, procure conhecer o que se passa por lá e, mesmo que não seja adepto, vá testar a sua sensibilidade. Quem vai saber se você não descobre que teve ancestrais druidas? Ou que, no fundo, você é um duende?

Informações práticas

Hotel em Salvador

Salvador possui hotéis e pousadas para todos os bolsos e para todos os gostos. Veja na listagem a localização e  o conforto oferecido por cada estabelecimento, com comentários.

Escolha e reserve seu hotel em Salvador

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes