Tipos de restaurantes e cardápios em New York
Restaurantes e cardápios em New York
Tipos de restaurantes e cardápios em New York

Restaurantes

Em princípio, o nome é reservado aos estabelecimentos que servem menus completos. Destinam-se a quem quer comer bem e não está preocupado em gastar mais. Felizmente, graças ao câmbio atual, os preços são semelhantes aos praticados em cidades brasileiras como São Paulo. Mas se o restaurante for de luxo, freqüentado por celebridades, esse valor pula facilmente para US$ 150 a US$ 200. Cuidado somente com a palavrinha today’s specials (especiais do dia) em certos menus a prix fixe (menus a preço fixo). Os preços costumam também ser special, mais altos até do que os do cardápio.

Dicas

Caso você esteja em Nova York quando ocorrem a Winter Restaurant Week ou a Summer Restaurant Week  poderá experimentar pratos de alguns dos melhores estabelecimentos por um preço acessível. Verifique no site www.nycvisit.com os restaurantes inscritos. Reserve com antecedência pois os nova-iorquinos não perdem essa boca, ocasião de rever amigos ou aproveitar o pretexto para convidar alguém e iniciar um relacionamento.

Cafés e cafés-restaurants

Na teoria, são mais descontraídos que os restaurantes e servem pratos simples e sanduíches. Hoje em dia, porém, muitos são badalados, caros como restaurantes e têm menus sofisticados. A diferença é que neles você pode tomar apenas um lanche acompanhado de cerveja, drinks ou uma prosaica Coca-Cola. Ao contrário do que acontece na Itália, onde os garçons torcem o nariz quando você pede l’acqua nera del imperalismo para acompanhar uma lasanha, ou na França, onde o encaram como se você tivesse acabado de chegar de Marte, nos Estados Unidos você pode comer seu steak ou seu salmão grelhado com refrigerante sem que ninguém estranhe. O hábito de preferir cafés no estilo europeu está pegando em Nova York. Alguns cafés são freqüentados por gente que vai ler, bater papo ou tomar um verdadeiro espresso.

Diners e coffee shops

São numerosos em Nova York. Servem sanduíches, tortas, ovos, hambúrgueres e outros pratos simples, rápidos e econômicos. Uma opção para os duros e os apressados. Costumam servir breakfasts reforçados, com ovos, cereais e tudo que um nova-iorquino espera.

Fast foods de redes

Há um em cada esquina. Práticos para uma refeição rápida quando a fome aperta. Em Nova York você encontra filiais de todas as grandes redes (Mc Donald’s, Burger King’s etc.). Um hambúrguer com fritas e um refrigerante custa apenas um pouco mais caro do que em São Paulo, por exemplo.

Delicatessen (Delis)

De raízes judaicas, as delis tornaram-se uma instituição nova-iorquina. São mistos de lanchonete, confeitaria e rotisserie sem equivalente no Brasil. Servem enorme variedade de lanches e pratos rápidos que você pode consumir no local ou levar para comer no seu hotel ou flat. Muita gente, no verão, compra comida nas delis e vai almoçar na pracinha mais próxima. Dentre as especialidades das delis estão os sanduíches de pastrami e os bagels (roscas cozidas rapidamente e assadas) com cream cheese e salmão defumado.

Pubs

Não são comuns em todos os Estados Unidos, mas em Nova York existem vários, de inspiração inglesa ou irlandesa. Neles, o forte é a cerveja, mas sempre há sanduíches e pratos leves.

Bistrots e bars à vin

O bistrot francês original é um estabelecimento familiar e pequeno, que serve um cardápio limitado de pratos caseiros. Os bars à vin ou wine bars, outra invenção francesa, servem tábuas de queijos e frios como pretexto para se beber bons vinhos. O hábito de comer queijo para acompanhar a nobre bebida está pegando em Nova York.

Informações práticas

Como ir a Nova York

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Nova York: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos.

Escolha e reserve seu hotel:  seleção por categoria e bairro