Paulo Afonso, Bahia
Paulo Afonso, Bahia - Foto Glauco Umbelino CC BY
Paulo Afonso, Bahia

Paulo Afonso, Bahia

A cidade situada em uma ilha no Rio São Francisco tem origem em um povoado surgido em 1725 na sesmaria de Paulo Viveiros Afonso.

Em 1913, o empresário e engenheiro Delmiro Gouveia construiu nesse trecho do rio a hidrelétrica de Angiquinho, que funcionou até 1960, desbancada por outras mais potentes instaladas pela CHESF – Companhia Hidro Elétrica do São Francisco.

No Rio São Francisco, navegável nas proximidades de Paulo Afonso, podem ser feitos passeios de catamarã e praticados esportes náuticos. O artesanato local inclui artigos de couro, palha, cipó, redes e rendas. A estrutura turística é satisfatória.

Mapa de Paulo Afonso

Igreja de São Francisco de Assis

A igreja erguida em 1949 fica sobre uma pequena colina de onde se avista boa parte da cidade. Seu sino de bronze tem 9m de altura. Os moradores nutrem especial devoção a São Francisco, padroeiro de Paulo Afonso.

Prainha

A praia fluvial de 2 km de extensão serve de palco para a Paulo Afonso Folia, um dos principais eventos da cidade, com apresentação de bandas renomadas da música baiana. Nela há restaurantes e são alugadas lanchas, pedalinhos e banana boat. A 3 km do centro, na BR-110.

Leno Water Park

Boa área de lazer. Piscinas, tobogãs, bar, restaurante e meios de hospedagem. End. Prainha do Candiero, BTN1

Vídeo sobre Paulo Afonso

Cachoeira de Paulo Afonso

A queda d’água não é exatamente a mesma que D. Pedro II visitou em 1859. Embora ainda muito bonita, a cachoeira de 80m foi alterada pela construção da barragem. O anúncio da abertura das comportas é um espetáculo especial que atrai muitos visitantes. A cidade fica lotada e a prefeitura disponibiliza transporte para os mirantes de onde se pode observar a cachoeira. Passeios nas proximidades das quedas são permitidos com acompanhamento de guias credenciados.

Bonde do Angiquinho

O bondinho suspenso usado pelos funcionários também transporta turistas. A 80m do solo, ele percorre 360m sobre o rio, ligando Paulo Afonso a Delmiro Gouveia, já em território alagoano. O passeio proporciona vista privilegiada da Cachoeira de Paulo Afonso, da Furna do Morcego e do Salto de Cruatá. Funciona das 8h às 17h.

Ponte Metálica D. Pedro II

Construída em 1958, a ponte, parte da BR-110, liga os dois lados do cânion do São Francisco, entre a Bahia e Alagoas. Com 90m de altura, era utilizada por praticantes de bungee jump e base jump, até que as autoridades acabaram com a festa, alegando falta de segurança.

Ilha do Urubu

O caminho para a ilha atravessa uma área de preservação ambiental onde ficam a Furna do Morcego (um dos esconderijos de Lampião), cachoeiras e lagoas naturais. Nesta ilha por onde passam mensalmente mais de 3.000 pessoas existem diversos mirantes. A área é agradável, tem um mini-zoológico, praças bem cuidadas e o restaurante do Mirante do Teleférico, com vistas para o cânion do São Francisco, o Salto de Cruatá, as torres da CHESF e as barragens. O topo do edifício, envidraçado, oferece vista 360º da paisagem. O acesso a esse último mirante só é possível com autorização da CHESF e acompanhamento de guias credenciados.

Mirante do Cachimbo

Dele se avistam a Barragem de Moxotó, a Usina Apolônio Sales, as Tomadas de Água das Usinas Paulo Afonso I, II e III e as Comportas do Capuxu. Sobre o Lago Delmiro Gouveia. Acesso por passarela de 20m.

Cânion

O cânion do São Francisco, que vai do Lago do Motoxó até a cidade de Piranhas, em Alagoas, é um dos maiores do mundo. Seus 65 km de paredões rochosos têm entre 30m e 170m de altura. Um serviço de catamarã permite conhecê-lo de perto. Pier do povoado de Rio do Sal, a 15 km do centro. Passeio de 3h ou 5h.

Serra do Umbuzeiro

Com uma altitude de 507m, o topo da serra, que oferece vista da cidade, é ponto culminante do município de Paulo Afonso. A trilha em meio a vegetação semi-árida que leva ao cume não oferece muitas dificuldades. No caminho, há grutas e curiosas formações rochosas. Não se esqueça de levar água e protetor solar. A trilha começa no Distrito de Riacho, a 25 km do centro.

Furna do Morcego

Esta gruta, que serviu de esconderijo para Lampião e seu bando, fica nas encostas do cânion do São Francisco, próxima à Cachoeira de Paulo Afonso. Acesso pela trilha que sai da Usina Angiquinho.

Vale do São Francisco: tem muita coisa para se conhecer

O Vale do Rio São Francisco tem cidades interessantes e belezas naturais diferentes do resto do Estado da Bahia, principalmente da faixa litorânea, e que vale a pena conhecer. Não deixe de fazer um passeio de barco pelo Velho Chico. Veja Vale do Rio são Francisco

Informações práticas

Como ir

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Hotéis em Salvador

Escolha e reserve seu hotel em Salvador