New York econômica
Bryant Park, New York
Bryant Park, New York

Nova York econômica

Embora Nova York não seja um destino barato, você também não precisa esperar ganhar na Mega Sena para ir para lá.

Mapa de New York

Programas sem despesa

Com as dicas certas e sem fazer grandes exigências, é possível aproveitar muito do que a cidade oferece. Muita gente ignora que existem muitos programas que, ou são baratíssimos, ou de graça. Mesmo passear por Nova York já é um bom programa. Caminhe por suas ruas e avenidas, flane por seus parques, perca-se em seus bairros. Você só gastará as solas dos sapatos.Se estiver cansado tome um ônibus comum. Você verá a cidade do mesmo jeito, sem estar rodeado de um bando de turistas e sem ninguém falando na sua orelha, em quatro línguas diferentes, sobre as características de cada monumento situado no caminho do ônibus. Informações você encontra em guias de viagem, inclusive neste, que, em sua versão online é de graça.

Economia começando pela passagem aérea

A economia pode começar na compra da passagem: informe-se com seu agente de viagens sobre o período de baixa estação, quando os preços estão muito mais em conta. Também fique atento às promoções que aparecem em sites de turismo (principalmente neste) com preços tentadores e com condições de pagamento facilitadas. Certas passagens aéreas você consegue por preços tentadores se resolver encarar um desses voos para New York via Bogotá ou Ciudad de Panamá. Outro truque para economizar: compre sua passagem aérea com o máximo de antecedência. Sai bem mais barato.

Viaje com pouca bagagem

Para poder usar transportes públicos para ir e voltar do aeroporto, tomar ônibus comuns e metrô, bagagem volumosa é um problema. A diferença de custo do táxi para o transporte público é significativa.

Atrações culturais gratuitas

A oferta de atrações culturais gratuitas ou muito baratas em Nova York é enorme. Não é por falta de dinheiro que alguém deixa de curti-las. Shows de grandes nomes da música são, durante o verão, apresentados ao ar livre, gratuitamente no Central Park  para o pessoal espalhado pel gramado, num ambiente amical.  No verão, aliás, as opções gratuitas são muito mais numerosas. Quase todo final de semana tem algum evento acontecendo no parque.

Passeio de barco gratuito

Também não se paga nada para andar no ferry-boat que leva a Staten Island, passando perto da Estátua da Liberdade, com lindas vista de Downtown, ou para ver o por-do-sol na ponte do Brooklyn

Hospedagem

Hotéis em Nova York são caros. Em Manhattan, Albergue da Juventude (que hoje se chama Hostelling International), só existe um. A reserva deve ser feita com antecedência e você precisará de sua carta de alberguista. Cuide disso antes de sair do Brasil. Há diversos hostels, semelhantes a albergues, com dormitórios coletivos, cujos preços são até mais baratos. Você consegue uma cama por muito pouco.

Museus de entrada franca

Há vários museus de entrada franca e outros que não cobram ingresso em certos dias e horários. Consulte o site de cada um. Eles indicam os dias em que a entrada é livre.

Adquira o CityPass

Ele lhe permite economizar em ingressos de muitas atrações que cidade oferece.

Use transporte público em Manhattan

Esqueça os táxis, que são baratos, sim, mas não para quem está com o dinheiro muito contado. Use e abuse do metrô e do ônibus. Compre o MetroCard ou os passes. Há passes válidos por uma semana ou por um mês. Podem ser utilizados tanto nos ônibus quanto nos metrôs quantas vezes quiser, durante seu período de validade.

Comer

Troque refeições em restaurantes pelos deliciosos sanduíches e pratos prontos das delis (há um número infinito delas espalhadas pela cidade) e lojas de alimentação. Quando não está frio, muita gente pega seu lanche para viagem (to go) e vai comer nos parques ao ar livre. Não se acanhe todo novaiorquino faz isso, você verá pessoas espalhadas pelos bancos dos parques fazendo suas refeições. Teoricamente é proibido tomar cerveja ao ar livre, mas muita gente o faz, colocando a garrafa ou a latinha dentro de um saquinho de papel…  Claro, não vá fazer isso bem na frente de um policial. E, é claro, dê uma olhada em vola e seja discreto!

No inverno, você pode comprar presunto, queijo, pão, suco ou vinho e comer no quarto. Nesse caso, compre pratos, talheres e copos descartáveis (e não esqueça de levar um canivete tipo suíço ou um abridor de latas e um saca-rolhas.) Alguns hostels têm cozinhas onde você pode preparar o que quiser.

Informações práticas

Como ir

Como ir a Nova York

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Nova York: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos.

Escolha e reserve seu hotel:  seleção por categoria e bairro

Matérias especiais

Os co-op-builidings  • Eventos em New York • Música em New York
Verão em New York  A história do metrô de New York
História da Estátua da Liberdade