História de Portugal

História de Portugal: os tempos pré-históricos

Cromeleque dos Almendres, Portual - Foto CroDavid V.A CCBY SA.
História de Portugal: os tempos pré-históricos. Cromeleque dos Almendres

Os tempos pré-históricos

Pesquisas arqueológicas indicam que o espaço ocupado hoje pelo Estado português tem sido habitado pelo homem desde tempos imemoriais. Há vestígios de hominídeos na Península Ibérica de mais de um milhão de anos.

Neandertais e Cro-Magnos

Seu território foi um dos lugares da Europa onde, na Pré-História, Cro-Magnons (o homo sapiens, a nossa espécie), conviveram com Neandertais até a extinção destes. O assunto é polêmico. Aparentemente não ocorreu cruzamento entre as duas espécies.

O Neolítico

Durante o Neolítico o extremo oeste da Península foi ocupado por grupos humanos dedicados à caça e à coleta. Posteriormente, tribos celtas estabelecidas no atual Distrito de Évora deixaram como legado um impressionante conjunto de menires

Cromeleque dos Almendres

O Cromeleque dos Almendrres foi erguido entre 6.000 e 3.000 anos antes da Era Cristã e era constituído por cerca de 95 monolitos em forma de círculos concêntricos, alguns com até três metros de altura. É o mais importante sítio neolítico desse tipo na Península Ibérica. Fica nas proximidades de Évora, no Alentejo.

Vestígios da Idade do Bronze

São pouco numerosos em Portugal. Nas sepulturas descobertas em Odemira e Vila Nova de Milfontes foram encontrados alguns machados de cobre, pontas de flechas, restos de cerâmicas primitivas e urnas com ossos. Sabe-se que ainda na Idade do Bronze, por volta de 700 a.C., fenícios e gregos já possuiam entrepostos no litoral português. Foram esses mercadores que introduziram o gosto do vinho entre os lusitanos.

Cartaginenses

Em torno de 300 a. C. foi a vez de os cartaginenses ocuparem parte do território.Habitando uma área aberta para o oceano, sem cadeias de montanhas ou outros obstáculos naturais que as separassem do restante da Península Ibérica, as tribos locais beneficiaram-se dos contatos com colonizadores de várias origens, familiarizando-se com as técnicas de fundição do cobre, do bronze e, mais tarde, do ferro.

As técnicas de construção naval

Foram esses estrangeiros que trouxeram para a região suas técnicas de construção naval e de navegação. Séculos depois, esse conhecimento naval, constantemente aperfeiçoado, daria a Portugal o domínio dos mares.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Lisboa

Escolha e reserveu seu hotel em Lisboa

Como ir à Cidade do Porto

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis na Cidade do Porto

Escolha e reserve seu hotel na cidade do Porto