Hospedagem na Itália
Hotel na Itália - Foto JohnPicken CCBY
Hotel na Itália – Foto JohnPicken CCBY

Opções de hospedagem

Hotéis

A importância relativa das estrelas – Na Itália, os hotéis (albergo, no singular; alberghi, no plural) são classificados de uma estrela a cinco estrelas “luxo”. Embora os de quatro e cinco estrelas, bem como os de cinco estrelas “luxo” correspondam quase sempre ao que se espera de sua categoria, na Itália existe uma “zona cinzenta” entre os hotéis das demais categorias. Digamos que há algumas estrelas meio esquisitas… Talvez estrelas cadentes… Isso se deve à burocracia oficial, cujos critérios para classificação por estrelas nem sempre são muito justos.

Mapa da Itália

Quartos com diferentes padrões de conforto – Como em outros países europeus, boa parte dos hotéis italianos que funcionam em prédios antigos (alguns ainda da Idade Média!) tiveram os chamados confortos modernos (elevador e banheiro no quarto, por exemplo) instalados posteriormente. Portanto, os quartos podem ser bem diferentes uns dos outros em tamanho e no conforto de suas instalações.

O café da manhã – A prima colazione (café da manhã em italiano) nem sempre está incluído no valor da diária, devendo ser pago à parte. A qualidade desse café da manhã varia muito. Mesmo que você pague uma diária não muito barata, não espere ter necessariamente um café da manhã decente. Muitas vezes será apenas uma xícara de café com leite ou capuccino e um croissant. Se pedir mais (porque, afinal, nesses capuccinos há mais espuma que qualquer outra coisa!) é capaz que cobrem à parte.

Não gostou da prima colazione? – Quem está acostumado, no Brasil, a tomar um café mais caprichado em qualquer pousadinha pode se decepcionar. Faça a experiência e tome o primeiro café da manhã. Caso não goste, se ele for pago à parte, não tenha o menor pudor em comunicar à recepção que durante o restante de sua estada não vai querer a prima colazione. As opções são o bar da esquina ou comer no quarto. A refeição, nesse caso, pode ser completada com pão, queijos, frios, frutas e iogurte – comprados na véspera em qualquer mercadinho.

 Hosetelling International

Quase sempre dormitórios coletivos – É o nome atual dos Albergues da Juventude (Ostelli per la Gioventù em italiano). São uma boa solução para quem viaja sozinho ou em um grupo de amigos, não exige grandes confortos e possui espírito aberto para novas amizades e orçamento restrito. Geralmente os dormitórios são coletivos. O inconveniente para casais é que, nesses dormitórios, homens e mulheres ficam em quartos separados. Conseguir um quarto duplo é questão de sorte porque, embora você possa reservar uma vaga, será alojado de acordo com a disponibilidade no momento em que chegar.

Poucos albergues reservam quartos para casais Os albergues fornecem cobertores, mas cada um deve levar a própria toalha e lençóis, caso contrário terá que alugar um kit de roupa de cama e banho. Nos albergues não tem mordomia: você mesmo deve arrumar sua cama e muitas vezes há um horário-limite (“curfew”) para entrar à noite: se você bobear e ficar na balada até altas horas, dorme na rua! Para se hospedar e fazer reservas é preciso ter a carteirinha de alberguista, que pode ser obtida no Brasil.
Albergues da Juventude italianos – Site oficial. Informações sobre todos os albergues e reserva on-line. www.aighostels.com

Soggiorni e B&B

Na prática é tudo mais ou menos a mesma coisa: algo parecido com nossas pensões ou pousadas. Há estabelecimentos que se autodenominam de hotel pensione… e talvez nem eles mesmos tenham decidido o que preferem ser!

O soggiorno  – Em princípio se trata de uma espécie de pousada que aluga quartos individuais ou para duas ou mais pessoas com banheiro privativo ou no corredor e não serve café da manhã.

O B&B– Evidentemente, no B&B há o breakfast (senão não teria esse nome!). Em ambos os tipos, os quartos são muitas vezes comparáveis aos dos hotéis de duas estrelas e quase sempre equipados com TV e telefone externo. Muitas vezes não há porteiro nem recepção, mas eles lhe fornecem uma cópia da chave da porta principal.

Uma boa surpresa – A moçadinha mochileira pode ter uma grata surpresa ao descobrir que, com sorte, um B&B ou um soggiorno pode oferecer mais privacidade que os Albergues da Juventude por uma diária praticamente igual. Ou seja, vocês podem chegar à hora que quiserem e também podem dormir juntinhos…

A relação preço/qualidade – Ela é bem variada e acertar na escolha de um bom endereço é um pouco uma questão de sorte. Os escritórios de turismo nas cidades por onde você vai passar possuem listas de B&B e de soggiorni, e muitas vezes cuidam também da reserva.

O aquecimento funciona? – Procure saber se o sistema de aquecimento funciona. No início da primavera e no final do outono, quando ainda faz um pouco de frio, esses estabelecimentos costumam desligar o aquecimento (não o da água, é claro, mas do ambiente) para economizar energia.

www.anbba.it – B & B e quartos para alugar em toda a Itália.
www.bedandbreakfast.it – Rol de B&Bs em todo o país, divididos por região, com acesso aos sites e e-mails dos estabelecimentos.

Residenze

Nas grandes cidades italianas existem residenze (flats) de tamanho e padrão de conforto variado, geralmente bem equipadas (com TV, frigobar, microondas etc.), com ou sem serviços de hotelaria. Muitas dessas residenze têm preços interessantes quando alugadas por períodos mais longos. Diversas agências de viagens no Brasil oferecem pacotes que incluem a passagem de avião e a estada no flat por preços convidativos, mas é exigido um período mínimo de permanência.

Campings

Para quem gosta de acampar há diversos campings bem equipados e confortáveis na Itália. Muitos deles oferecem também quartos e apartamentos a preços convidativos, uma opção interessante para quem viaja de carro.   Dezenas de campings em toda a Itália. Muitos têm chalés. www.camping.it

Reservar hotel na Itália é necessário?

Em lguns casos sim, mas não sempre. Saiba mais

Informações práticas

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes