Reservar hotel na Itália é necessário?
Grand Hotel em Tremezzo, Itália - Foto John Picken CCBY
Reservar hotel na Itália é necessário?

Reservar hotel na Itália é necessário?

Algumas pessoas não conseguem viajar sem ter tudo programado e todos os hotéis reservados. Outras preferem arriscar-se e procurar um hotel somente quando chegam ao seu destino. (Existem dois tipos de personalidade: os “reservadores” e os “não-reservadores”;  algum leitor psicanalista gostaria de trabalhar o tema?)

Mapa da Itália

Qual o risco de não reservar um hotel com antecedência?

Chegar a uma cidade turística italiana na alta estação, à noite, às sextas-feiras, sábados, domingos e feriados, ou por ocasião de grandes eventos sem ter uma hospedagem garantida é estresse na certa. A não ser que tenha muita sorte, você acaba caindo numa espelunca ou gastando muito mais do que pretendia. Talvez seja obrigado a dormir numa outra cidadezinha, a vinte quilômetros dali… (O que costuma acontecer com muitos viajantes desavisados que chegam a Veneza sem reserva de hotel.)

Importante

Se você estiver desembarcando no país é altamente recomendável chegar já sabendo onde irá dormir.

Mas fazer reserva também pode ter seus inconvenientes

Se você não gostar do lugar, mas já tiver pago adiantado, ou se comprometido a fazê-lo, como é que fica? Aí vão nossos conselhos:

Para os “reservadores

Planeje com cautela seu cronograma de viagem

Será complicado (às vezes, impossível) mudar reservas em cima da hora para ficar uns dias a mais em um lugar e uns dias a menos em outro.

Opte por hotéis recomendados por amigos ou pelo guia de viagem GTB Itália

No mínimo, certifique-se de sua localização e grau de conforto antes de fazer a reserva.

A reserva pode ser feita por você mesmo

Pode fazê-la por telefone, fax ou e-mail. Caso você tenha um bom agente de viagens, pode deixar que ele cuide disso. Selecione os hotéis que lhe pareçam mais interessantes, ou então deixe claro para o agente de viagens em que bairro você quer se hospedar, em que categoria de hotel, quanto está disposto a pagar e de que confortos não abre mão.

 Se você sabe que só chegará ao hotel à noite, avise o hotel

Se chegar meio tarde eles poderão achar que você não virá e você poderá perder sua reserva. Se, no entanto, seu voo chegar de manhã e a diária começar ao meio-dia, consulte o hotel sobre a possibilidade de ocupar o quarto antes (early check-in).

Para os “não-reservadores”

Reserve pelo menos a primeira noite

Mesmo que isso contrarie seus “princípios”, tenha no mínimo a primeira noite de hospedagem reservada ao chegar à Itália. Você estará cansado em razão da diferença de fuso horário e das longas horas dentro de um avião e vai querer descansar, tomar banho e comer alguma coisa antes de bater perna à procura de um hotel.

Chegue a cada cidade que pretende visitar até o início da tarde

Você terá mais chances de encontrar quartos vagos. Evite chegar às sextas-feiras e aos sábados, pois nos outros dias você terá mais chances de encontrar algo na faixa de preço e na localização que deseja.

Procure os escritórios oficiais de turismo

Costumam existir em aeroportos, estações ferroviárias e/ou no centro storico) e peça ajuda para conseguir um quarto em um dos hotéis listados neste guia. Se estiverem lotados, o escritório poderá lhe dar outras indicações. Muitas vezes o escritório oficial de turismo pode conseguir preços melhores do que você obteria diretamente no balcão do hotel.

Uma opção sem riscos e sem custos extras: reservar pelo Booking.com

Escolha e reserve seu hotel em Roma

Hotéis na Itália

Além de hotéis há várias outras opções de hospedagem. Saiba a  que combina mais com sua viagem