Centro-Oeste da Argentina
Província de Mendoza
Província de Mendoza

Centro-Oeste da Argentina: principais atrações

CórdobaMendozaSan Rafael •  San JuanParques do Cuyo  La Rioja

Mapa do Cuyo e Província de Mendoza

Perfil

Província de Córdoba

A província de Córdoba, no centro-oeste da Argentina, e o território aos pés dos Andes conhecido por “Cuyo”, que compreende as províncias de Mendoza, San Juan e La Rioja, são destinos bastante atraentes para o turismo esportivo, de aventura, enogastronômico e cultural.
Em Córdoba, a segunda maior cidade da Argentina, e em Mendoza, a quarta (depois de Rosário), há bons museus, edifícios históricos, excelentes restaurantes e vida noturna. As duas cidades servem igualmente de base para visitar atrações próximas, sobretudo as históricas estancias jesuítas, as serras vizinhas a Córdoba, a região do Aconcagua e as vinícolas nos arredores de Mendoza, onde se produzem os melhores vinhos argentinos, dentre eles os famosos varietais feitos com a uva Malbec. Certas bodegas da região não apenas são abertas para a degustação de seus melhores vinhos como também hospedam turistas aficcionados pela nobre bebida.

Província de Mendoza

Ainda na Província de Mendoza, perto de Malargüe, fica uma das mais procuradas estações de esportes de inverno da América do Sul: Las Leñas.
Junto aos Andes estão ainda as Províncias de San Juan e de La Rioja, que têm produzido vinhos cada vez melhores. Na Província de San Juan fica o Parque Provincial Ischigualasto (ou Valle de la Luna) e bem perto dele, em La Rioja, o Parque Nacional de Talampaya. Ambos, com paisagens absolutamente espetaculares produzidas pela erosão eólica, integram o Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Em seus territórios hoje semi-desérticos havia, há milhões de anos, ricas flora e fauna, inclusive diversas espécies de dinossauros. A descoberta de fósseis desses grandes répteis fizeram a fama dos parques, que têm atraído a atenção de cientistas e turistas do mundo todo.

Cruzando fronteiras

Há onibus diretos e diários da rodoviária de Mendoza para Santiago do Chile. A passagem custa um pouco menos de US$ 20. É necessário um documento de identidade para adquiri-la. (O Chile não exige passaporte dos brasileiros que viajam a turismo; basta o RG em bom estado). As paisagens são lindas e os ônibus, confortáveis. A viagem toma um tempo variado, entre 5h30 e 7h ou até mais, dependendo da época do ano, do fluxo de turistas e da burocracia da fronteira. Mesmo no verão, agasalhe-se, pois a fronteira fica a quase 3.000m e o frio é bravo. Tenha consigo sanduíches e água, mas não entre no país com plantas ou frutas cruas, que são proibidas. De carro, utilize a RN 7. São aproximadamente 380 km em ótima estrada, toda asfaltada e com lindas vistas.

Informações práticas

Como ir para o Centro-Oeste argentino

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Onde se hospedar no Centro-Oeste Argentino

Escolha e reserve seu hotel em Córdoba

Escolha e reserve seu hotel em Mendoza

Escolha e reserve seu hotel em San Juan

Escolha e reserve seu hotel em La Rioja


A Argentina em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos da Argentina separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país