L’Aquilla

Sobre L’Aquila

L’Aquila, capital da região italiana do Abruzzo, tem pouco mais de 60 mil habitantes. Seu nome significa “a águia”. L’Aquila fica a uns 100 km do Mar Adriático, na base do imponente maciço do Gran Sasso. Segundo a lenda, teria sido fundada em 1254 pelos habitantes dos 99 castelos feudais das redondezas, com o aval do imperador suábio Federico II: a águia era símbolo dos suábios, de origem germânica.

A cidade, que teve uma história tumultuada e durante séculos integrou o reino de Nápoles, tornou-se, na Baixa Idade Média, um importante centro exportador de açafrão para o restante da Europa. O produto assegurou sua prosperidade. São dessa época os vários e belos palácios, monumentos, praças, igrejas e fontes (como a Fontanelle delle Novantanove Canelle) que embelezam a cidade. Entre as numerosas igrejas espalhadas por L’Aquila, destacam-se Santa Maria di Collemaggio e San Bernardino.

No Castello de L’Aquila (também chamado Forte Spagnolo), fortaleza do século XVI, funcionava o Museo Nazionale d’Abruzzo, com peças romanas e medievais e a ossada de um ancestral do elefante, o Archidiskodon Meridionalis. O terremoto que atingiu a cidade em 2009 ocasionou seu fechamento provisório.

Pela proximidade, L’Aquila é uma excelente base para visitar o Parque Nacional del Gran Sasso e o Parco Nazionale de Abruzzo, Lazio e Molise, de grande beleza natural. Também é possível, em um bate-e-volta, visitar pequenas cidades vizinhas, como Scano e Sulmona, de traçado medieval e belos edifícios históricos. Alba Fucens, o maior sítio arqueológico do Abruzzo, também fica próximo de L’Aquila.

Mapa de L’Aquila

Como ir

Avião

Há conexões aéreas a partir de Roma e outras cidades. O pequeno aeroporto de l’Aquila, conhecido como Aeroporto dei Parchi Giuliana Tamburro, fica a apenas 6 km da capital do Abruzzo.

Carro

Saindo do aeroporto de Fiumicino (Roma) e tomando a direita no anel rodoviário que circunda Roma (A90), após rodar alguns quilômetros você verá indicações para l’Aquila. De Roma, a viagem, de cerca de 120 km, toma aproximadamente 1h30.

Trem

A viagem de trem de Roma para L’Aquila leva 1h40. Você pode reservá-la do Brasil pelo site das ferrovias italianas, com  versão em português: www.trenitalia.com.br

Ônibus

A passagem de ônibus é muito mais barata do que a de trem, mas a viagem é bem mais longa: toma 3h30. Os ônibus para L’Aquila partem de Roma da Autostazione Tiburtina. Você pode comprar sua passagem de ônibus de Roma para l’Aquila pelo site da Eurolines. Há outros sites que também vendem a mesma passagem. Compare os custos.

Principais atrações

Centro Histórico

O centro histórico com seus velhos edifícios, igrejas e fontes é a área mais interessante da cidade. Ela pode ser percorrida a pé, com calma, em uma ou duas horas.

Castello de L’Aquila (Castello Spagnuolo)

Foi construído na primeira metade do século XV pelos espanhóis, como o nome indica, e destinado a reforçar suas posições no sul da Itália. Curiosamente nunca teve utilização militar, mas acabou tornando-se residência do governador espanhol. Posteriormente foi ocupado pelos franceses e,  novamente, em época mais recente, pelos alemães, durante a Segunda Guerra.  Infelizmente, a imponente fortaleza ficou bastante destruída após o terremoto de 2009.

Parco Nazionale del Gran Sasso

L’Aquila é porta de entrada para quem quer visitar o Parco Nazionale del Gran Sasso. Situado no meio dos Apeninos, é o terceiro maior parque nacional italiano, com imponentes paisagens e picos nevados. Para visitar o Parque Nacional do Gran Sasso, reserve pelo menos mais um dia inteiro. Há trilhas para caminhadas, mas o parque, que possui uma infraestrutura turística, pode se visitado também a cavalo ou de bicicleta.

A Itália em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos da Itália separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

 

Centro da Itália em Imagens
Sul da Itália em imagens
Norte da Itália em imagens