Booking.com

Val Camonica

Turismo no Val Camonica, Itália, o vale das inscrições rupestres, como ir, o que visitar, atrações, informações e dicas, a melhor época para a sua viagem

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Val Camonica, Itália
Val Camonica, Itália

 

Val Camonica, o vale das inscrições rupestres

O Val Camonica, com suas encostas íngremes, é a continuação ao norte do vale profundo onde fica o lago de Iseo. Nessa linda região alpina está o Parco Nazionale delle Incisione Rupestri, cuja sede fica em Capo di Ponte. Pela quantidade e variedade das inscrições, das quais as mais antigas datam de 6000 a.C., o local integra o Patrimônio da UNESCO. Algumas inscrições, em que as figuras possuem um círculo em volta da cabeça, lembrando vagamente um escafandro (ou um capacete de astronauta?), têm inspirado teorias sobre a presença de extraterrestres, ao estilo de Eram os deuses astronautas?. Outras mostram aspectos da vida desses europeus primitivos, como as caçadas.

Mapa de Val Camonica

Val Camonica: como ir

Veja preços de pacotes e passagens aéreas

Carro

A partir de Milão (122 km) ou Veneza (257 km), pegue a A4 até Brescia. Siga em direção a Iseo e acompanhe o lago de Iseo pela S510. Depois de Pisogne, pegue a S42. Capo di Ponte fica na mesma estrada, alguns quilômetros depois de Breno.

Ônibus

Há linhas diretas de Milão e de Iseo para Capo di Ponte.

Trem

De Milão ou de Veneza, você terá que trocar de trem em Brescia. De Brescia, a viagem até Capo di Ponte (onde estão as inscrições rupestres e o parque nacional) demora 1h50. De Iseo, a viagem demora 1h15.

Melhor época

O verão, o final da primavera e o começo do outono.

Atrações turísticas no Val Camonica

As imagens de animais no Val Camonica, sendo atacados por cavaleiros demonstram que o cavalo já era domesticado na época. Quase como histórias em quadrinhos pré-históricas, as inscrições são um museu arqueológico a céu aberto. Ao norte, no mesmo vale, há dois parques onde os amantes da natureza vão se encantar com as paisagens, a flora e a fauna, que inclui cabritos monteses, cervos e camurças: o Parco dell’Adamello, com sede em Breno, e o Parco Nazionale dello Stelvio.

Dicas

Mesmo que a frescura do lugar engane, é respomendável levar boné e protetor solar. Utilize também sapatos confortávis pois há gtrilhas que devem ser percorridas a pé. E leve um blusão. Afinal… nunca se sabe!

A Itália em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos da Itália separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

 

Centro da Itália em Imagens

Sul da Itália em imagens

Norte da Itália em imagens

Booking.com

Mais posts

Isola de Murano, Veneza, -foto - Luca Venturelli, CCBY

Veneza em imagens

A Itália em Imagens: a cidade de Veneza em imagens. Albuns fotográficos da cidade, seus canais e pracinha, as ilha da Laguna Veneziana.

Portofino, Riviera Italiana

Norte da Itália em imagens

Principais regiões de interesse turístico no norte da Itália: Bolonha, Merano, Veneza, Milão, Turim, Trieste, Riviera Italiana.

Centro da Itália

Cidades e atraçõe no centro da Itália, dicas de viagem, informações sobre transportes, compras, melhor época para visitar a Itália, vinhos, gastronomia.

Sul da Itália

Turismo no Sul da Itália, atrações turísticas, cidades e regiões, dicas de viagem, transportes, como ir, onde se hospedar.