Peru, dicas de segurança
Cusco, Peru, a antiga capital do Império Inca
Peru, dicas de segurança

Peru, dicas de segurança

Infelizmente, como no mundo inteiro, tanto no Peru como na Bolívia (por onde talvez você passe) ocorrem furtos de bagagem, bem como existem batedores de carteira e assaltantes de olho nos turistas. Casos de agressão física e de roubo a mão armada acontecem, embora com menos frequência que nas grandes cidades brasileiras.

A perda de uma peça de bagagem, de um passaporte, de um cartão de crédito ou de uma quantia significativa de dinheiro pode estragar sua viagem. Esteja atento. Cochilou, o cachimbo cai! Por isso mesmo, durante sua viagem ao Peru, dicas de segurança são bem úteis.

Peru, dicas de segurança para todos

• Tenha pelo menos os mesmos cuidados que você teria se estivesse no Rio ou em São Paulo. Quanto mais discretamente você se vestir (de preferência com o mesmo tipo de roupa que você usaria aqui no Brasil), menos chamará a atenção de pedintes e malandros. Evite “fantasia de turista”: boné branco, camiseta I Love Machu Picchu, máquina fotográfica à vista… Mesmo assim, não se iluda, pois qualquer morador local que o olhar, mesmo de longe, perceberá que eres gringo até por seu jeito de andar. Mesmo que haja peruanos e bolivianos com o mesmo tipo físico que muitos brasileiros, o comportamento ou a roupa logo nos entrega…

• Não transporte o grosso de seu dinheiro nem seu passaporte e documentos importantes em bolsas a tiracolo ou na carteira. Você pode optar pela bolsa de tecido resistente, usada por dentro da calça, fechada com zíper ou velcro e presa com um elástico em volta da cintura. É importante que ela não fique visível. Esse tipo de bolsa já pode ser encontrado em lojas especializadas em malas, mas você mesmo pode fazer uma. Use um tecido de cor clara e anote na bolsa seu nome e número de passaporte. Sabemos de pessoas que esqueceram essa bolsa no hotel ao partir! Se você for do tipo distraído, o nome escrito na bolsa é um modo de provar que ela lhe pertence.

• Para não esquecer a bolsa de cintura, prenda o elástico no passador da calça que você for usar no dia seguinte. Funciona!

• Coloque sua carteira no bolso interno de um casaco ou blusão ou no bolso da frente da calça; nunca no bolso de trás. Na medida do possível, mantenha na carteira apenas o que for precisar de imediato em dinheiro ou em cheques de viagem que pretenda trocar.

• Ao trocar dinheiro, seja discreto; evite que, ao sair da casa de câmbio, quem estiver na rua saiba onde você o guardou.

• Evite trocar dinheiro com cambistas de rua.

• Passaportes brasileiros, muito cobiçados, são vendidos no mercado negro para traficantes e terroristas. Proteja o seu. Caso não vá precisar dele para trocar cheques de viagem ou para qualquer outra coisa, o melhor é deixá-lo bem trancado no cofre do hotel. Em caso de perda ou furto, você deve entrar imediatamente em contato com o consulado brasileiro e com a polícia. Leve com você na viagem algum documento brasileiro além do passaporte (carteira de motorista com foto, por exemplo) e xerox do RG, do título de eleitor e do próprio passaporte. Isso vai ajudá-lo muito na eventualidade de precisar tirar um passaporte novo. De qualquer modo, a taxa a ser paga para obter outro passaporte é cara e o consulado vai lhe fazer mil perguntas antes de expedi-lo — o que pode demorar muito.

• Anote o número de seu passaporte, de seu cartão de crédito, de seus cheques de viagem e dos telefones dos bancos emissores do cartão e dos cheques numa caderneta (que deve ser guardada separadamente desses documentos, é claro).

• Mantenha seu cartão de crédito em local seguro. Caso ele não tenha chip e senha, o ideal é providenciar um novo antes da viagem. Ao pagar com cartão de crédito, verifique quando o devolverem se o cartão que estão lhe entregando é de fato o seu.

• Cheques de viagem são sua maior segurança. Deixá-los trancados e disfarçados dentro de uma mala no quarto de hotel não é motivo para preocupação (se o lugar não for uma espelunca). Importante mesmo é não guardá-los com o recibo de compra nem com o passaporte.

• Use os cofres do quarto ou da recepção do hotel.

• Furtos ocorrem com maior frequência em locais onde há concentração de pessoas, como mercados, estações, ônibus, trens e locais com grande fluxo de turistas. Bolsas de mão podem ser alvos de cortes com gilete ou navalha.

• Desconfie de pessoas que se encostam em você ou o distraem puxando conversa (mesmo que seja uma cholita muy simpatica).

• Um tipo comum de furto é ter sua bolsa arrancada por dois marginais que passam numa moto.

• Ao viajar de ônibus ou de trem, tome cuidado com a bagagem. Sempre pode existir um “distraído” que se “confunda” e a leve embora como se fosse dele. Outro golpe clássico: ao chegar com as malas na portaria de um hotel, fique atento se outras pessoas entrarem ao mesmo tempo que você. Pode ser que elas não sejam exatamente turistas… E enquanto você está ocupado fazendo o check-in, as malas desaparecem!

• Recuse táxis clandestinos, principalmente à noite.

• Seja discreto ao transportar máquinas fotográficas e filmadoras. Deixe-as visíveis o mínimo de tempo possível.

• Um truque comum é jogarem um líquido — como água suja — sobre você. Enquanto, instintivamente, você para e olha a mancha em sua roupa, alguém aparece para “ajudá-lo” e arranca sua bolsa, carteira ou filmadora. Num caso desses, não pare, não se distraia e entre na primeira loja, hotel ou restaurante que encontrar.

• Ao sair, leve com você um cartão do hotel. Não custa nada e pode ser muito útil. Nas grandes cidades, leve também um mapinha e peça para um funcionário da recepção assinalar onde fica o hotel.

• Não aceite bebidas oferecidas por estranhos.

• Mesmo que você tenha cara de frade franciscano ou monja clarissa, é possível que alguém lhe ofereça entorpecentes, pois esses países são base de ação de traficantes. Eles vendem e depois entregam o estrangeiro a falsos “policiais”, que acabam por extorqui-lo. Não entre nessa.

• Por falar em “polícia”, pode acontecer de falsos policiais pedirem para para checar se você tem dólares falsos consigo ou se seu passaporte tem o carimbo de entrada no país. Pode ocorrer até de insistirem que você entre em um carro particular ou táxi para ir até a delegacia. Recuse. Grite. Ameace anotar a placa do veículo e diga que irá comunicar a ocorrência ao consulado brasileiro.

• Em Lima, sobretudo, feche a janela do táxi ou do carro em que estiver (principalmente se tiver no pulso seu Rolex “I’m a rich gringo”).

• É muito provável que nas cidades mais turísticas você seja abordado por meninos que queiram vender cartões postais ou engraxar seus sapatos. Não dê muita confiança, para eles não “grudarem” em você, mas também não se assuste: eles não são assaltantes.

Peru, dicas de seguranças para mulheres

• Para viajar sozinha a esses países, onde o machismo predomina, é preciso ter fibra e certa experiência em viajar desacompanhada. Dê preferência a viajar em companhia de pelo menos um homem (pai, filho, irmão, primo, tio, amigo, namorado, marido…). Se não for possível, o mais sensato é convidar uma ou mais mulheres para acompanhá-la na viagem. Evite as frescas, as complicadas e também as “maluquetes”.

• Por falar em “maluquetes”, jovens mulheres estrangeiras são por vezes convidadas para ir à casa de homens de boa aparência – geralmente traficantes. Não caia nessa: você estará correndo risco de sofrer violência sexual e/ou ser roubada.

• As vítimas preferidas de marginais no mundo todo são turistas estrangeiros e mulheres. Como você estará em ambos os “grupos de risco”, fique atenta a todas as demais dicas de segurança.

• Evite usar joias e mesmo bijuterias douradas que possam chamar a atenção de assaltantes.

• De preferência, não saia na rua de bolsa. Se fizer questão de usar bolsa, não carregue nela nada de valor.

• Postura e roupas discretas impõem certo “respeito” e ajudam a evitar abordagens inconvenientes.

Informações práticas

Como ir ao Peru

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar no Peru

Escolher e reservar seu hotel em Lima

Escolha e reserve seu hotel em Arequipa

Escolha e reserve seu hotel em Cusco

Escolha e reserve seu hotel em Puno

Relatos de viagem

A Trilha Inca  Viagem pelo Valle del Colca

Maquina fotografica

O Peru em imagens Fotos dos lugares de especial interesse turístico.