Francês: regras de cortesia
Opera Garnier, Paris
Francês: regras de cortesia

Regras de cortesia

Os franceses são bastante formais no tratamento. Exceto com quem se tem intimidade (caso em que se usa o pronome tu, 2a pessoa do singular), o usual é usar vous (vós, 2ª pessoa do plural — equivalente a “o senhor” ou “a senhora” em português). Hoje em dia há exceções em certos ambientes mais informais, sobretudo entre os jovens, mas use em qualquer caso o vous, a não ser que o interlocutor o chame por tu. Monsieur (messiê), ou seja, senhor, é usado para os homens, madame para as senhoras e mademoiselle (mademoazél) para as moças.
Esses pronomes de tratamento valem para todas as ocasiões e para todas as pessoas com as quais você não tenha intimidade, do carregador de malas ao Presidente da República. Lembre-se, você está no país da égalité (igualdade); a profissão ou condição social mais humildes do seu interlocutor não o autorizam a chamá-lo por tu!

As palavras mágicas

As palavras mágicas que, em condições normais, assegurarão um mínimo de boa vontade por parte de seu interlocutor (a não ser que ele tenha batido o carro ou brigado com a namorada) são as que iniciam um diálogo. Seja com quem for, qualquer conversa ou mesmo pedido de informação deve sempre começar com “bom dia”, “boa tarde” etc. O mesmo se entrar num bar, loja, ou qualquer outro lugar: Bonjour madame, monsieur ou mademoiselle! Pensando bem, isso é normal ao se dirigir a alguém. Aqui no Brasil nosso “esquecimento” é comum (alguns chegam à padaria: “Me dá quatro pãezinhos!” e nem dizem bom dia ao rapaz do balcão), mas lá as regras de cortesia são mais rígidas.

Então vamos lá: “bom dia” é bonjour (bonjúrr), usado desde a manhã até o sol se pôr. Não há uma expressão especial para se dizer “boa tarde”. Bonsoir (bonsuárr) é a “boa noite” para se cumprimentar alguém à noite. Já bonne nuit (bonuí) só é usado para desejar boa noite para quem está indo dormir.
“Por favor”, “obrigado”, “com licença” e “desculpe” são outras expressões obrigatórias. S’il vous plaît (sivuplé), para as pessoas com quem você usa vous (quase todo mundo) ou s’il te plaît (silteplé), para os íntimos, significam “por favor”. Se for ceder a passagem para alguém no elevador ou dar lugar a uma senhora no ônibus, pode usar também o s’il vous plaît. Merci (merrcí) é “obrigado” e merci beaucoup (merrcí bocú) é “muito obrigado”. Para pedir licença, diga excusez-moi (esquizemoá), e desculpas, pardon (parrdom). Pardon se usa, na verdade, para quase tudo: também para pedir licença, quando se aborda alguém para uma informação etc. Para se despedir, há várias expressões. Au revoir (ôrrevoárr) é a despedida mais usual, usada correntemente como o nosso “tchau”. Adieu (adiê) é adeus mesmo, para quem você não está pensando em rever ou provavelmente não vai ver de novo. A tout à l’heure (atutalérr) ou à bientôt (abiantô) querem dizer “até já”, “até logo”.
Todas essas expressões devem ser seguidas dos pronomes de tratamento: Bonsoir, madame; S’il vous plaît, monsieur; Pardon, mademoiselle, e assim por diante.

Dicas

A maior dificuldade para os os brasileiros ao estudar francês é o fato de não termos em português diversos sons da língua francesa. Veja dicas de pronúncia.

Noções básicas de francês para viagem – Não resolvem completamente se você não fala francês. Mas ajuda bastante.

Aprenda dicas sobre fonética –  Quanto melhor  sua pronúncia em francês, mais facilmente você será compreendido.

Informações práticas sobre Paris

Como ir a Paris

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Paris

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Paris

Maquina fotografica

Paris em imagens  Fotos dos lugares de especial interesse turístico.

A França  em imagens  Verdadeira viagem fotográfica pela França. Dezenas de fotos das regiões Sul, Norte e Centro da França