Dinheiro ou cartão: o que levar na viagem?

Dicas sobre dinheiro em viagem: como transportar dinheiro cash com segurança, cartão de crédito,os cheques de viagem, cada vez mais em desuso.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Cartão Crédito em viagens

O que devo levar na viagem? Dinheiro, cartão de crédito ou cartão de débito pré-pago, do tipo Travel Money? Aqui estão nossas dicas sobre como levar seu dinheiro.

A melhor opção: cartão de débito pré-pago

O cartão de débito pré-pago para viagem internacional (do tipo Visa Travel Money) é a alternativa mais prática e segura para levar seu dinheiro. Você “carrega” o cartão no Brasil com moeda estrangeira e pode usá-lo para sacar dinheiro no exterior ou como cartão de débito. Você paga IOF no “carregamento” do cartão, mas não paga imposto. Paga apenas um tarifa nos saques feitos nos caixas eletrônicos no exterior ou quando usar a função débito.

Esses cartões de débito são geralmente aceitos nos lugares que aceitam cartões de crédito, sobretudo em localidades turísticas, onde também costuma haver caixas eletrônicos para sacar dinheiro (ATM). Mas existem exceções. Pequenos comerciantes e prestadores de serviços muitas vezes só aceitam dinheiro vivo. Algumas atrações turísticas também exigem pagamento da entrada em dinheiro. 

Dinheiro “vivo”

Além do cartão de débito, levar uma reserva em dinheiro vivo (sempre na sua bolsa interna de cintura) é recomendável. O dinheiro proporciona a segurança de que você não ficará desprovido se o cartão não for aceito, você não encontrar um caixa eletrônico ou seus cartões forem perdidos ou furtados.

O imposto sobre a compra de moeda estrangeira (IOF) é mais barato do que aquele cobrado nas compras com cartão de crédito ou de débito pré-pago. 

Isso não é motivo para exagerar na compra. Calcule quanto pode precisar por dia no mínimo, só para necessidades básicas, caso não possa usar cartões, e leve apenas esse valor. Nunca leve todo (nem a maior parte) de seu dinheiro em espécie.

Quanto dinheiro posso levar?

Qualquer brasileiro tem direito a levar consigo numa viagem o equivalente até R$ 10.000 (dez mil reais) em espécie sem precisar declarar à Receita Federal. Acima desse valor, a declaração é necessária. Ao entrar em muitos países, você deverá declarar qualquer soma em moeda estrangeira acima de um determinado valor. Pergunte antes de passar pela alfândega do país de destino se estiver portando valores elevados.

Dinheiro em viagem

Cartão de crédito

Levando cartão de débito internacional, você deve dar preferência a fazer compras e saques com ele. O cartão de crédito deve ser guardado para uso no caso de uma emergência em que você precise de mais dinheiro do que tem em espécie ou no débito, ou caso perca ou tenha seu cartão de débito roubado.

Quase todos os cartões de crédito brasileiros são aceitos no exterior. Dê preferência às bandeiras mais usadas internacionalmente: Visa, Mastercard e American Express (Amex). Os dois primeiros são os que têm maior aceitação em quase todos os países. O Amex é o mais aceito nos EUA, no Reino Unido e no sudeste da Ásia.

Você deve verificar com alguma antecedência a validade dos seus cartões e pedir a emissão de novos se for o caso, para não ter surpresas durante a viagem. Cheque também os limites.

Não esqueça de liberar o uso de seu cartão no exterior pelo app ou site do banco ou pedir para o seu gerente fazê-lo. Faça isso até a véspera da viagem.

Veja as dicas de segurança sobre como cuidar de seu dinheiro e de seus cartões.

Booking.com

Mais sobre o assunto:

Receba nossa newsletter

Dicas e detalhes de quem já passou por lá!

O Manual do Turista quer te inspirar com informações que farão a diferença na sua viagem.