Atrações turísticas no Recôncavo Baiano

Itaparica

Atrações turísticas no Recôncavo Baiano

Mapa de Vera Cruz e Recôncavo Baiano

Vera Cruz

O município de Vera Cruz, que tem por sede a cidade de Mar Grande, é bem preparado para acolher visitantes, possui monumentos históricos, vastas áreas de preservação ambiental, manguezais, praias, ilhotas e muito folclore. Para esportes náuticos, pára-quedismo e mergulho, é o paraíso.

Pantanal Baiano

 Linda região de mangues e canais onde se podem avistar muitos e variados animais. Chamado de “santuário ecológico”.

Parque Ecológico do Baiacu

Embora ainda em fase de implantação, também é excelente para caminhadas, nas quais pode-se conhecer as ruínas da igreja do Senhor de Vera Cruz, do século XVI, e ver espécimes da flora típica da região, como as gameleiras sagradas do candomblé.

Cacha-Pregos

 Existe e fica lá em Cacha-Pregos ou, melhor explicando, onde Judas perdeu as botas, lá no extremo meridional da Ilha de Itaparica. A animada vila possui pousadas e restaurantes e é ponto de partida de passeios de barco para o Pantanal Baiano, a Ilha de Matarandiba, onde fica a Fonte do Tororó, a Ilha de Saraíba, o Recife das Pinaúnas e o Recife das Caramuanas, piscina natural no meio do mar, com águas límpidas e peixes multicoloridos, dentre os mais populares. A praia de Cacha-Pregos, de águas calmas, tem um pôr-do-sol fascinante.

Vídeo de turismo sobre o Recôncavo Baiano

Outras ilhas

Ilha de Maré

As praias desta ilha situada bem no meio da Baía de Todos os Santos, algumas das quais são quase desertas, possuem águas calmas e piscinas naturais. A ilha conta com boa estrutura turística. Quer fazer algo diferente? Contrate um passeio de jegue… Um barato! Travessia de 0h20 a partir do Porto de Paripe ou do Terminal Marítimo, atrás do Mercado Modelo. Partidas de hora em hora das 8h às 18h.

Ilha dos Frades

 Pequena, não possui meios de hospedagem, mas é uma das mais visitadas e dispõe de ótimas praias. Algumas, com águas calmas, são ideais para banhos, esportes náuticos e mergulhos. Outras são desertas, como a Praia da Viração, procurada por naturistas. Em Madre de Deus (ônibus no Terminal da Pituba – Av. ACM, 4362) alugam-se barcos para ir a Paramana ou à Ponta de Nossa Senhora.

Ilha de Bom Jesus dos Passos

 Bem próxima à Ilha dos Frades. Nela, a natureza se apresenta exuberante e florida. A população tem como meio de subsistência a pesca e a carpintaria. As atrações são a Igreja de Bom Jesus dos Passos, o Solar dos Duarte, e as fontes da Rua, do Porãozinho e Grande. As praias da Pontinha e da Ponte do Padre são boas para banho e esportes náuticos. Em Madre de Deus (ônibus no Terminal da Pituba – Avenida ACM 4362), alugam-se barcos que levam à ilha.

São Francisco do Conde

A cidade, tem por volta de quarenta e poucos mil habitantes. Sua população tem expressiva maioria negra, descendete de africanos que vieram trabalhar na produção de cana de açúcar. Graças a Petrobrás São Francisco do Conde tem um recolhimento de impostos pra lá de satisfatório e é um dos municípios de maior renda do Nordeste.
Saiba mais sobre São Francisco do Conde.

Madre de Deus

Madre de Deus, outro município do Recôncavo Baiano com PIB alto e povo pobre, situa-se em uma ilha acessível por uma ponte. As instalações da Petrobrás ocupam 60% do território, mas sobra espaço para muitas atrações turísticas.
Saiba mais sobre Madre de Deus

Candeias

Candeias surgiu como povoado por volta de 1640 com centro religioso alimentado pela crença sobre as qualidades milagrosas da água de um riacho que logo foi chamado pela população de “fonte dos milagres”. Isso atraiu peregrinos que acabaram se estabelecendo na cidade. A cidade tem, porém, nos dias de hoje, se desenvolvido não pelos milagres de seu riacho, mas por seu porto, por fazer parte do Centro Industrial de Aratu e pela proximidade da Refinaria Landulfo Alves. Saiba mais.

Santo Amaro da Purificação

A terra de Caetano Veloso e Maria Betânia é se de eventos eu homenageiam a padroeira da cidade, Nossa Senhora da Purificação. Saiba mais sobre Santo Amaro

Cachoeira

Durante os séculos XVIII e XIX, a riqueza gerada pela cana-de-açúcar e pelo fumo conferiam a Cachoeira poder e prestígio, que se refletiam no requinte dos edifícios desse período na cidade, considerada, na época, a segunda mais importante da Bahia. Saiba mais.

Informações práticas

Como ir

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Salvador