Alcobaça
Alcobaça, Portugal
Alcobaça, Portugal

Uma cidade bem antiga

Alcobaça já existia desde o tempo dos romanos. Seu nome atual, como praticamente todos iniciados por “al”, foi dado pelos árabes, que ocuparam a região durante séculos. A história da cidade é interessante: o rei Afonso Henriques prometeu que, se conseguisse expulsar os árabes de Santarém, construiria uma igreja para os monges cisternenses em Alcobaça. Vitorioso, o rei cumpriu sua promessa.

Mapa de Alcobaça e região

Como ir a Alcobaça

Carro

De Lisboa utilize a A1 ou a A8. Se preferir a A1, pegue na rotatória a direção Aveiras. Lá você verá placas indicando Alcobaça a aproxiadamente 80 km adiante. De Óbidos(40 km) utilize a IC1 . O estacionamento, pago, em frente ao mosteiro, permite parada de apenas duas horas. Sua visita pode tomar mais tempo. Atrás do Posto de Turismo há ruas onde é possível estacionar. É gratuito e sem limite de tempo.

 Ônibus

Há conexões diretas de Lisboa pela Rede Nacional de Expressos (tempo de viagem: 1h40). A rodoviária fica na R. Manoel da Silva Carolino.

Trem

Há trens de Lisboa, mas a estação ferroviária fica a 5 km do centro.

Hospedagem

Escolha e reserve seu hotel em Alcobaça

Como ir

Veja preços de pacotes e passagens aéreas para Portugal

Melhor época

De abril a maio e de setembro a novembro

Atrações turísticas em Alcobaça

No começo do século XIV, Dom Dinis iniciou as obras do claustro gótico do monumental mosteiro. Com a construção do mosteiro, incentivada pelos monges, Alcobaça desenvolveu-se e tornou-se um dos polos da produção agrícola regional.

Mosteiro de Alcobaça

O complexo de Alcobaça, classificado pela Unesco como patrimônio da humanidade, é formado pela igreja, a primeira em Portugal toda em estilo gótico e o maior templo católico do país. Absolutamente imperdível é o Claustro de Dom Dinis, do século XIV. Em torno dele ficavam as dependências usadas pelos monges: a sala do capítulo, o refeitório, a sala dos monges, o dormitório e o parlatório. A antiga cozinha, contemporânea aos demais cômodos medievais, não existe mais. A que você conhecerá é do século XVIII.

Turismo em Portugal, Mosteiro de Alcobaça

cobaça O mosteiro, como aconteceu com praticamente todas as construções da Idade Média em toda a Europa, passou por transformações e reformas. O Claustro do Cardeal, o Palácio Abacial, o Claustro da Portaria e a Sala das Conclusões datam do século XVI. Como novos estilos arquitetônicos foram surgindo com o passar dos séculos, o conjunto do mosteiro possui também um núcleo barroco formado pela Sacristia Nova, a Capela Relicário e a Capela do Desterro. A sacristia do início do século XVI, construída por ordem de Dom Manuel I, foi arrasada no terremoto de 1755. Sobraram somente o átrio e o portal. Quando a reconstruíram em 1770, adotaram o estilo que estava em moda: o barroco.

Na Capela Relicário, erguida na segunda metade do século XVII para abrigar relíquias, o retábulo poligonal é de talha dourada; vamos lembrar que naquela época navios carregados de ouro chegavam o tempo todo do Brasil. A Capela do Desterro, do começo do século XVIII, possui uma fachada ricamente ornamentada com interior revestido de azulejos, que tem como tema a Fuga e o Regresso do Egito e episódios da história de Cristo. Finalmente, a igreja abriga também os túmulos de Dom Pedro I (não confunda com nosso Dom Pedro I) e sua amada, Inês de Castro.

Atrações nos arredores de Alcobaça

Nos arredores de Alcobaça há inúmeras atrações fáceis de serem visitadas, principalmente se você estiver de carro. Veja Atrações nos Arredores de Alcobaça

Informações práticas sobre a Região de Lisboa

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Lisboa

Escolha e reere seu hotel em Lisboa

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.