Viajando de carro para Pompeia e Herculano

De Amalfi a Pompeia e Herculano

Sempre conservando nossa base em Amalfi, resolvemos guardar um dia para visitar Pompéia e outro para Herculano. Existem dois caminhos para se alcançar os sítios aqueológicos soterrados pelo Vesúvio. Um deles via Ravello pela SP1 até a auto-estrada A3, direção Nápoles. O outro é descendo a Costa Amalfitana até Vitri Sul Mare: você pega esquerda e segue a indicação a A3 mais para o sul. Esse caminho é mais longo, mas você roda principalmente pela A3, autoestrada de alta velocidade.

O mesmo caminho vale para Pompéia e Herculano, já que os dois sítios são bem próximos. Resolvemos ir a Herculano pelo caminho mais demorado (e também mais perigoso…) pela estrada da costa só para apreciar as vistas maravilhosas.

Pompeia

Pompeia é o sítio arqueológico romano mais importante do planeta. Era uma cidade relativamente grande no início da Era Cristã, com uma população estimada de 20 mil habitantes.

Sempre há turistas em Pompéia, mas nessa época do ano o sítio não estava lotado. Pudemos, sem pressa percorrer seu fórum, o circo, as termas, tavernas, residências nobres e até mesmo visitar um Lupanar (bordel) da época, com algumas decorações eróticas. Em frente ao Lupanar deparamos com um grande grupo de turistas esperando sua vez para visitar um dos locais que desperta mais curiosidade nos visitantes de Pompéia… Os famoso afrescos eróticos estão mal preservados. Em Pompéia é possível igualmente ver os moldes de corpos de pessoas que morreram em segundos, atingidos por uma nuvem piroclástica. A visão de pessoas abraçadas no momento da morte, mães agarradas a seus bebes é meio chocante.

O Vesúvio, o vulcão que soterrou a idade romana é facilmente visto de Pompeia, como pano de fundo. Tem o aspecto tranquilo de uma montanha. Essa paz é, entretanto, aparente, o vulcão continua ativo e uma nova erupção pode ocorrer a qualquer momento. Pompéia precisa de mais tempo para ser visitada do que Herculano. São ruas inteiras, com construções dos dois lados. Você anda muito, horas seguidas. O calçamento é muito irregular, é fácil tropeçar. O ideal é tênis. Salto alto é tombo na certa.

Saiba mais sobre Pompeia

Herculano (Ercolano)

Herculano, um dos principais sítios arqueológicos romanos, é bem menor do que a vizinha Pompéia, também atingida pela erupção do Vesúvio em 79 d.C., mas mais bem preservada. Junto às ruínas existe estacionamento. Você paga ao sair e o valor depende do tempo que permanecer no parcheggio. Próximo à entrada das ruínas há lugar onde comer ou beber algo. A visita toma umas duas horas apenas porque o sítio, embora bem interessante, é pequeno. Ao contrário de Pompéia e outros sítios, Herculano conservou objetos de uso doméstico de madeira e outros materiais. Algumas casas possuíam ainda suas portas. Herculano foi descoberta e começou a ser escavada quando já existia uma cidade nova construída sobre as ruínas, soterradas sobre muito metros de lava. As escavações começaram a ser feitas sob as construções atuais. Por isso mesmo é curioso que, exatamente ao lado do sítio, separado por uma grade, já existem prédios e construções modernas.

Saiba mais sobre Herculano

Mapa de Pompeia e Herculano

A etapa seguinte deste roteiro

Viajando de carro pelo Lácio – Ostia Antica e Roma.

As etapas anteriores

Como planejamos nossa viagem de carro pelo sul da Itália

Viajando de carro pelo Abruzzo  L’Aquila, Sulmona e Scanno.

Viajando de carro pela Puglia – Bari, Polignano a Mare, Ostuni, Lecce e Alberobello.

Viajando de carro pela Basilicata – Matera, Castelmezzano, Melfi e Venosa.

Viajando de carro pela Costa Amalfitana – Amalfi, Positano, Sorrento, Atrani, Ravello, Minori e Maiori.