Positano

Sobre Positano

Positano, na Costa Amalfitana, pertencente à região italiana da Campânia, é uma cidade feita praticamente na vertical, onde tudo acompanha o relevo e as casas são construídas de maneira inusitada, para ocupar completamente o pouco espaço disponível. Alguns hotéis têm, justamente por causa da topografia, uma planta curiosíssima: você atravessa um corredor, toma um elevador e sobe três andares, depois atravessa outro corredor, toma outro elevador e desce dois andares… Só para chegar ao quarto. Uma loucura!

Em Positano há apenas uma rua na qual a circulação de veículos é permitida. Super estreita e de mão única, ela serpenteia para cima e para baixo e muda de nome três vezes. Estando de carro, se quiser ir para trás, ou seja, para onde a rua não dá mão, você tem que sair de Positano, pegar um trechinho da estrada e pegar a tal rua desde o começo… Por causa disso, o único ônibus que existe é, evidentemente, um circular, aliás muito útil, porque, francamente, encarar todo esse sobe e desce a pé não é para quem está de férias.

A paisagem da baía com o pequeno porto, vista do alto, é espetacular. O mar tem diferentes tons de verde e azul, e ao longe se vê um pequeno arquipélago chamado Li Galli ou Sirenuse, onde moravam as sereias que, com seu canto, atraíram os companheiros de viagem de Ulisses, fazendo com que se atirassem ao mar (ele próprio só resistiu porque amarrou-se ao mastro do navio).

Por ser uma antiquíssima vila de pescadores, Positano tem outras lendas além dessa história de sereias, como a do ícone bizantino da Virgem Maria que está na Chiesa di Santa Maria Assunta, pertinho do mar. Dizem que essa imagem estava em um barco vindo do Oriente e, quando o barco chegou próximo da vila, uma calmaria impediu o prosseguimento da viagem. Então os marinheiros ouviram a voz da Virgem dizendo “Posa, posa!” (“Pousem, pousem!”) e entenderam que ela queria ficar ali em Positano. Eles conseguiram levar o barco em direção à vila, entregaram o ícone aos moradores e seguiram viagem tranquilamente. Mito ou realidade, não há dúvida de que o ícone que está na igreja é bizantino.

Na Positano moderna, a região mais próxima à praia é área só de pedestres. É lá que rola o agito turístico e onde ficam muitos restaurantes e lojas, a maioria delas de roupas femininas de alto verão (coloridas, bonitas e caras!). Depois de ter sido frequentada nos anos 1950 pelos ricos e rebeldes da dolce vita italiana, a cidade é hoje um ponto quase obrigatório para turistas do mundo inteiro, seja só para passar um dia e conhecer, seja para hospedar-se e dar-se ao luxo de ficar uns dias relaxando e apreciando a paisagem de um dos lugares mais bonitos e charmosos do planeta.

Como ir a Positano

Em Nápoles, pegue a A3 e, depois de Angri, a estradinha secundária em direção a Ravello e Amalfi.

Hotéis em Positano

Escolha e reserve seu hotel em Positano

Melhor época em Positano

Positano pode ser visitada o ano todo, mas o auge do verão e o auge do inverno não são tão agradáveis como o outono e a primavera. Saiba mais sobre a melhor época para viajar pela Itália

Mapa de Positano