Musée d’Orsay
Musée d'Orsay, Paris
Musée d’Orsay, Paris

O museu dos impressionistas

Musée d’Orsay Quai Anatole France Desde sua inauguração, em 1986, o Orsay é um dos principais museus de arte da Europa e um enorme sucesso de público. Seu acervo é composto por obras, sobretudo pinturas, produzidas por artistas ocidentais de 1848 a 1914.

Quatro mil obras São aproximadamente 4 mil obras espalhadas por 80 salas e galerias, vindas na maior parte do Louvre, do Jeu de Paume e do antigo Museu de Arte Moderna e visitadas por mais de 2,3 milhões de pessoas por ano.

Localização do Museu d’Orsay

Organização cronológica das peças expostas

Térreo

A coleção do museu segue uma sequência cronológica: no térreo estão obras do período que vai de 1848 até aproximadamente 1870, com artistas mais clássicos como Ingres e Delacroix, mas também apresenta nomes já inovadores como Degas, Couture, Gustave Moreau e Puvis de Chavannes.

Andar superior

No andar superior, de um lado estão Manet, com o seu escandaloso (para a época) Le Déjeuner sur l’herbe, e outros grandes impressionistas do fim do século XIX e começo do XX: novamente Degas, Monet, Renoir, Pissarro, Sisley, Cézanne e Van Gogh, e de outro Gauguin, Toulouse-Lautrec e os neo-impressionistas Signac e Seurat.

No nível médio

Nessa parte do museu existem obras variadas, tanto de artes decorativas quanto de artistas estrangeiros, como Klimt e Munch, e pastéis de diversos autores, dentre eles Degas e Manet.

Uma antiga estação ferroviária transformada em museu

O prédio do museu, uma atração à parte, é uma linda estação ferroviária, a Gare d’Orsay. Construída em 1900, sua estrutura metálica pesa 12 mil toneladas e o prédio tem nada menos do que 35.000m2 de vidros! Em 1939, em razão de os trens estarem se tornando cada vez mais compridos, essa estação deixou de servir as grandes linhas ferroviárias do sudoeste e destinou-se apenas aos trens da periferia parisiense. No fim da Segunda Guerra, serviu para receber os prisioneiros libertados e, mais tarde, foi cenário do filme O Processo, uma adaptação da obra de Kafka por Orson Welles.

O lindo prédio escapou por pouco de ser demolido

Depois de quase ser demolida na década de 1970 (queriam fazer um hotel moderno bem ali, argh!), a estação foi finalmente classificada em 1978 como monumento histórico e destinada a abrigar o museu, inaugurado por François Mitterrand. O projeto aprovado respeitou a arquitetura original: vista de fora, ainda é uma estação de trem; por dentro, os elementos básicos foram preservados, mas ao invés da linha da estrada de ferro há um amplo e bem iluminado salão com mezaninos. Estando lá, não deixe de observar o lindo relógio no alto.

Um museu para os amantes do Impressionismo

Para quem gosta da arte impressionista, a visita ao Musée d’Orsay pode levar um dia todo. Se for o seu caso, há no museu um restaurante, que fica em um salão estilo 1900, e uma cafeteria para refeições ligeiras.

Informações práticas sobre Paris

Como ir a Paris

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde dormir em Paris

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Paris

Maquina fotografica

Paris em imagens  Fotos dos lugares de especial interesse turístico.

A França  em imagens  Verdadeira viagem fotográfica pela França. Dezenas de fotos das regiões Sul, Norte e Centro da França