Bruxelas

Bruxelas, a capital da Europa

A capital da Bélgica, Bruxelas, que também é capital da Comunidade Européia. Bruxelas é também uma excelente base para você visitar o país, que é pequeno. Você dorme em Bruxelas, anda uma meia hora ou uma hora de trem, visita outra cidade e volta no final da tarde. Dá para ir e voltar no mesmo dia a cidades como Bruges, Antuérepia, Louvain etc.

Mapa de Bruxelas

Como ir

Há voos de São Paulo e do Rio de Janeiro com conexão e troca de avião em outra capital européia, como Madri, Paris, Milão, ou Londres.

Veja passagens aéreas e pacotes

Hospedagem

A região em volta da Grand Place é a mais interessante a agradável.

Escolha e reserve seu hotel em Bruxelas

Atrações turísticas en Bruxelas

A Grand Place É considerada uma das mais bonitas praças do mundo. Os prédios da Grand Place formam um lindo conjunto arquitetônico, especialmente à noite, quando iluminados. Deles se destacam o Hôtel de Ville, a neo-gótica prefitura de Bruxelas, a Maison de Roi (que nunca serviu de residência para rei algum…) que abriga o Musée de la Ville (Museu da Cidade), a Maison des Ducs de Brabante, em estilo neo-clássico e outros lindos edifícios. Na praça e nos seus arredores concentra-se o agito de Bruxelas: lojas chiques, restaurantes, cafés e cervejarias sempre lotados.

Manneken Piss – Outra atração turística de Bruxelas é a estátua do Manneken Piss, um menino urinando, e que atrai um monte de curiosos do mundo inteiro. A primeira estátua do Manneken Piss data de 1619, mas foi roubada e mutilada por um maluco em 1817. A estátua que você é uma cópia instalada no final da década de 1820.

Catedral de St- Michel e St-Gudole – Em estilo gótico, começou a ser construída na década de 1220 e suas obras tomaram cerca de 300 anos. Seu vitral do século XVI representa o Juízo Final.

Principais museus – Entre os museus de Bruxelas destacam-se os Musées Royaux des Beaux-Arts, que incluem diversos outros museus, como o Musée d Art Ancien, o Musée d Art Moderne. Ambos abrigam um rico acervo de obras de artistas belgas e de outros países da Europa.

Place du Grand Sablon – Se você visitar Bruxelas, não deixe de dar uma chegada também na Place du Grand Sablon, com seus bares da moda, bons restaurantes e lojas. Um bom momento para visitar a Place du Grand Sablon e tomar uma cerveja é a noite. Durante o verão a animação estende-se até tarde.

Parc du Cinquantenaire – Sobretudo no outono e na primavera, quando fica lindo, o Parc du Cinquantenaire, inaugurado em 1880 é a mais agradável área verde de Bruxela. No parque funcionam dois interessantes museus, o Musée Royal d Art et d Histoire e o Musée Royal de l Armée e d Histoire Militaire.

Veja matérias especiais de Ana Laura Vicentini:  A experiência de uma brasileira na Bélgica, o relato de viagem sobre Bruges e As Três Bélgicas.

Links afins