Bruges

Sobre Bruges

Por Ana Laura Visentini

Um passeio por Bruges, a cidade turística belga

Conhecida como “a Veneza do Norte”, Bruges é uma pequena cidade na região norte (ou Flandres), próximo à capital Buxelas. Suas ruas, casas e castelos medievais nos permitem vivenciar a vida na época da Idade Média.  A antiga arquitetura permanece intacta, igual a quando foram construídas (séculos 13 a 15), em pedra e madeira e a proximidade entre as estreitas maisons de mâitre, de dois a cinco pavimentos, faz com que elas formem um aglomerado de casinhas coloridas, que mais parecem de brinquedo.

Mapa de Bruges

Essas construções são habitadas até hoje e os moradores fazem questão de enfeitar as entradas e os quintais com flores e plantas. Como a cidade é cheia de canais, muitos dos quintais ficam às margens deles, o que permite aos proprietários entrarem e saírem de casa por via marítima.

Como ir

Há ligações de trem com a capital, Bruxelas e com outras capitais europeias, como Paris ou Amsterdã.

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Bruges

Todos querem ir Bruges

A cidade é um mimo, super charmosa! Reconhecida mundialmente como um centro turístico na Bélgica, muito por seus canais e passeios de barcos, Bruges está na programação de milhares de turistas que passam pelo país ou também como “paradinha” de duas horas para turistas que estão em viagem entre Paris e Amsterdam na Holanda. Seu Centro Histórico é Patrimônio Mundial da UNESCO desde o ano 2000 e isso só fez aumentar o gosto pela região, que recebe mais de 3 milhões de turistas por ano.

Realmente, a beleza da arquitetura e o cuidado que as autoridades e os moradores têm com o turismo local impressiona. Tudo é bonito e preparado para receber os milhares de visitantes que chegam diariamente, mesmo as construções que não são tão belas chamam a atenção pelo cuidado e pelo capricho. As ruas e calçadas são limpas, muitas lixeiras estão à disposição e sempre tem um guarda municipal ou agente turístico para dar informação.

A cidade dos apaixonados

O destino perfeito dos apaixonados. Como uma cena de filme romântico, o charme e o aconchego das ruelas de pedra que atravessam os canais torna a região ainda mais charmosa.

É encantador passear pela cidade de mãos dadas, visitar e comprar uma boa variedade dos famosos chocolates nas famosas chocolateries, andar de charrete ao som das rodas de madeira batendo na pedra, conhecer a cidade em passeios de barco e no final do dia, escolher um típico restaurante todo decorado para degustar os prazeres da culinária, a dois, e experimentar alguns rótulos das cervejas locais.  Para finalizar o belo passeio, pegue aqueles chocolates escolhidos a dedo e delicie-se com seu par às margens de um dos canais. C´est très chic!

A cidade é pequena, porém, como todo o local turístico, Bruges oferece um grande número de hotéis para passar uma noite ou mais, basta reservar com antecedência. E o cenário é perfeito para comemorar um aniversário de casamento ou a lua de mel de um jovem casal.

Dicas para sua viagem a Bruges

A cidade fica a 55 minutos de trem da capital. Nos finais de semana é possível comprar os bilhetes de ida e volta pelo valor de apenas um. Custa 15,20 (euros) e o único problema é que só poderá ser utilizado no mesmo dia. Mas quanto a isso, tudo bem. Se o passeio for curto, vale a pena sair cedinho e voltar à noite, ou se preferir, ainda dar uma passadinha na histórica Gent, que fica no meio do caminho entre Bruges e Bruxelas.

Sobre a autora da matéria

Ana Laura Visentini, uma moça de espírito aventureiro, mudou-se para a Bélgica para vivenciar novas culturas, aprender a língua local e adquirir conhecimentos. É pós-graduada em Moda, Mídia e Inovação e seus destinos preferidos são “aqueles que enchem os olhos”, estimulando sua imaginação e seu intelecto. Para contar suas experiências, criou o blog Alto Baixo Bélgica.

Ela é também autora das matérias: “A Bélgica vista por uma brasileira” “As três Bélgicas“,  “Louvain” e a “Bélgica, na mira do terrorismo”.