Segurança na Bahia
Mercado Modelo, de Salvador, uma atração turística da cidade
Mercado modelo de Salvador

Segurança na Bahia, as precauções

Os visitantes das cidades com maior afluxo de turistas estão mais sujeitas à ação dos malfeitores de plantão. Infelizmente, na Bahia como no mundo inteiro, ocorrem furtos de bagagem nos aeroportos e terminais rodoviários, bem como existem batedores de carteira e assaltantes de olho nos recém-chegados. Assaltos a mão armada não são comuns, mas podem acontecer. A perda de uma peça de bagagem, de documentos, de cartões de crédito ou de quantia significativa de dinheiro pode estragar sua viagem; esteja atento!

Dicas para todos

Não se fantasie de turista

Para conhecer tudo, andar de ônibus e caminhar por todos os lugares, inclusive fora dos roteiros turísticos, cuide do seu visual e, se possível, não deixe muito evidente que você é turista. Nada de máquina fotográfica pendurada no pescoço, relógio caro, jóias, folhetos turísticos à vista nas mãos. Mesmo que seu tipo físico seja diferente do povo do lugar, tente passar despercebido.

Como transportar seu dinheiro

Não transporte muito dinheiro nem documentos originais em bolsas a tiracolo ou na carteira. Deixe-os no cofre do hotel ou coloque sua carteira no bolso da frente da calça; nunca no bolso de trás. Na medida do possível, mantenha na carteira apenas a quantia que for precisar de imediato.

Táxis

Tome apenas táxis credenciados, principalmente em Salvador. Confira o selo no pára-brisa. Os de pontos perto de hotéis são mais seguros.

O cofre do hotel

Dinheiro e objetos de valor de pequeno porte devem ser guardados de preferência no cofre do hotel ou, se o estabelecimento não tiver essa facilidade, dentro dentro de sua mala trancada a chave. O mesmo vale para filmadoras, notebooks e máquinas fotográficas.

 Carnaval

Durante o Carnaval, evite tomar ônibus urbanos. Em Salvador, os “arrastões” nos coletivos são a cada ano mais freqüentes. Se não houver alternativa, leve consigo apenas o essencial: cópias de documentos e o dinheiro que irá necessitar no momento.

Caixas eletrônicos

Ao usar caixas eletrônicos, seja discreto; evite que, ao sair do quiosque, quem estiver nas proximidades saiba onde você guardou o dinheiro.

Onde ocorre os furtos

Furtos ocorrem com maior freqüência em locais onde há concentração de pessoas: mercados, estações, ônibus. Bolsas de mão podem ser alvos de cortes com gilete ou navalha.

Bagagem

Ao viajar de ônibus, tome cuidado com a bagagem. Sempre pode existir um “distraído” que se “confunda” e a leve embora como se fosse dele. Outro golpe clássico: ao chegar com as malas na portaria de um hotel, fique atento se outras pessoas entrarem ao mesmo tempo que você. Pode ser que elas não sejam exatamente turistas… E enquanto você está ocupado fazendo o check-in, as malas desaparecem!

Na praia

Nas praias, não deixe sua bolsa ou outros pertences jogados na areia enquanto vai tomar seu banho de mar. Quando estiver sob o guarda-sol, coloque-os à sua frente, nunca atrás de você.

Guias turísticos

Nas cidades onde for necessário contratar um guia turístico, tome cuidado. Não aceite os free-lancers, que oferecem seus serviços a custos mais baixos. O barato pode sair caro. Prefira aqueles credenciados e indicados pelo Posto de Turismo ou pelos hotéis e pousadas.

Dicas para quem viaja sozinho

Novas amizades

Encare com cautela novas “amizades” e amáveis convites que partam de estranhos, mesmo bem apessoados.

Lugares desertos

Não ande a pé em lugares desertos ou por bairros suspeitos.

Hospedagem

Escolha bem onde vai se hospedar. Não estamos falando apenas do estabelecimento, mas também das redondezas. Opte por um local que ofereça segurança para você chegar e sair, sobretudo à noite.

Em caso de dificuldade

Peça ajuda aos recepcionistas do hotel, ao Posto de Turismo ou à polícia. Jamais a estranhos.

Bagagem desacompanhada

Não deixe sua bagagem desacompanhada ou em poder de estranhos (mesmo que para isso você precise entrar de mochila no banheiro do terminal rodoviário ou marítimo).

Dicas para a moçada

Atenção com as amizades

Existem malandros de todas as nacionalidades e aparências, de ambos os sexos e de idades variadas. Procure saber direito quem é “o cara incrível” ou “a mina gente boa” que você acabou de conhecer antes de sucumbir a seus encantos. Após uma noite de balada, na manhã seguinte você pode descobrir que está sem seus cartões de crédito, dinheiro ou jóias que portava quando saiu do hotel.

Horários tardios

Certas economias não compensam. Não ande a pé em horários tardios: tome táxi.

A Maria Juana

Mesmo que você sinta no ar o odor de cigarrinhos alternativos fumados pela moçada (ou por senhores que parecem saídos de Woodstock), não se iluda: quem for pego pela polícia fumando maconha arrumará encrenca. Na verdade o jovem na Bahia fuma uma erva como o paulistano ou o carioca, só que ele sabe onde pode fazê-lo…

Saúde é também segurança

Sol

O sol da Bahia queima mesmo, não duvide. A brisa do mar pode evitar a sensação de ardor na pele, mas ao voltar ao hotel, se não tiver usado um protetor solar, você estará vermelho como uma lagosta e com a pele pegando fogo. É recomendável igualmente o uso de óculos escuros e chapéu.

Água

Evite beber água de torneira e comer frutas cruas com casca. Não consuma maioneses. Só coma peixes e frutos do mar em lugares nos quais tenha certeza de que são frescos.

Alimentação

Pegue leve com a culinária local. Muita gente exagera, esquecendo que é super apimentada, leva óleo de dendê e temperos fortes.

Informações práticas

Hotéis em Salvador

Salvador possui hotéis e pousadas para todos os bolsos e para todos os gostos. Veja na listagem a localização e  o conforto oferecido por cada estabelecimento, com comentários.

Escolha e reserve seu hotel em Salvador

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes