Informações complementares na Itália
Farmácia em Frgidale de Friuli - Foto stefano Merli CCBY SA
Farmácia em Frgidale de Friuli – Foto stefano Merli CCBY SA

Informações complementares na Itália

Telefones e endereços úteis na Itália

Emergências

Polícia Tel. 112 e 113
Socorro Rodoviário Tel. (Soccorso) ( 116
Bombeiros Tel. 115
Urgências médicas Tel. 118
Auxílio à lista Tel. 12

Consulados do Brasil (Furto ou roubo de passaporte; problemas jurídicos; outros problemas de natureza grave)
Roma – End. Via Santa Maria dell’Anima, 32
( (06) 6889661
Celular para casos de emergência ( (39) 333-1184682
Milão – End. Corso Europa, 12, 5° andar
( (02) 7771071
Celular de plantão, inclusive aos finais de semana ( 335-7278117
consolare@consbrasmilao.it

Informações complementares

Adoçante artificial

Em italiano, diz-se dolcificante anticalorico. Mais comuns atualmente nos restaurantes do que há alguns anos, são, na maior parte das vezes, à base de ciclamato de sódio ou sacarina (arrgh!). O ideal, portanto, é levar o seu aspartame do Brasil.

Água

A água de torneira é potável na Itália, embora às vezes tenha um certo gosto de cloro ou seja muito calcária. Nos restaurantes, o comum é pedir água mineral: frizzante ou gassata – gasosa –, ou naturale – sem gás.

Banheiros

Os banheiros públicos dos locais turísticos e das estações de trem e de ônibus costumam ser limpos – e, em geral, pagos. Ande com moedinhas de 50 centavos de euro no bolso, pois serão muito úteis! Em princípio, os toaletes dos bares e restaurantes são reservados aos clientes. O que incomoda (não só na Itália, mas em toda a Europa), principalmente as mulheres, é que em muitos lugares ainda existe a privada turca: um buraco no chão!

Farmácias

Em praticamente toda grande cidade italiana você encontrará farmácias abertas 24 horas por dia nas estações ferroviárias centrais. Medicamentos mais inofensivos (para sintomas de gripe, para um problema gástrico passageiro etc.) podem ser indicados pelo próprio farmacêutico sem necessidade de receita médica.

Fumantes

Desde 2005, é proibido fumar em restaurantes e bares. Só o tempo dirá se a lei será cumprida, já que os italianos fumam bastante. Os cigarros, que são caros na Itália, podem ser comprados nos tabacchi (tabacarias), estabelecimentos que possuem uma placa pintada com um “T” pendurada na porta.

Gorjetas

Como em qualquer lugar do mundo, a gorjeta é um costume e não uma obrigação. Para o garçom, o serviço já está incluído na conta, mas você pode deixar alguma coisa. Se a conta saiu 28 a e você deu 30, deixe para lá o troco. (A não ser que você realmente não tenha gostado do serviço!). Para a camareira, dependendo do tempo de permanência, deixe de 5 a 10 a quando for embora. Independentemente disso, cada vez que ela lhe prestar algum serviço fora da rotina (pregar um botão, limpar algo que você derrubou no carpete…) dê-lhe, na hora, 2 ou 3 a. Para o carregador, dê 2 a (a não ser que você tenha um montão de malas!). Para o taxista, deixe uns 10% do valor da corrida. Saiba que em muitos diferentes lugares e situações, a gorjeta lhe será pedida, diretamente ou por meio de insinuações. É o porteiro da igreja, o remador do barquinho, o “guardador” de carros na rua… Se você cair na conversa de todos acabará indo à falência. Não se sinta obrigado a dar nada.

Horário de funcionamento de bancos e comércio

Os bancos funcionam de manhã das 8h30 às 13h30 e, à tarde, das 14h45 às 16h30, com alguma pequena variação de horário de um estabelecimento para outro. Nas grandes cidades, o comércio abre por volta das 9h e permanece aberto até as 19h30. Nos centros urbanos menores e no sul, as lojas costumam fechar para o almoço e a sesta das 12h30 às 15h30, aproximadamente. Em muitas cidades turísticas, na alta temporada, há lojas abertas até as 22h. Em geral, o comércio fecha aos domingos e às segundas-feiras pela manhã.

Voltagem

As tomadas na Itália têm pinos redondos como os brasileiros, mas a corrente elétrica é de 220 volts.