Bahia, festas e tradições
Festa popular em Salvador
Bahia, festas e tradições

Bahia: suas festas e tradições

Mapa da Bahia

O ano se encerra e se inicia com um esplendoroso evento: a Procissão Marítima do Bom Jesus dos Navegantes. No dia 31 de dezembro, centenas de embarcações saem em procissão do cais em frente à Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem e seguem até a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, seguindo a Galeota com a imagem do Bom Jesus. No dia seguinte, 1º de janeiro, a procissão faz o caminho inverso, retornando à Boa Viagem.

Lavagem do Bonfim

Acontece na segunda quinta-feira depois do Dia de Reis na Igreja do Nosso Senhor do Bonfim. Esta festa é considerada o principal evento do ano e atrai milhares de pessoas que, religiosas ou não, seguem as “Baianas do Acarajé” desde a Conceição da Praia até o Bonfim.

Festa de Iemanjá

A festa é tema de uma das mais conhecidas canções de Caymmi: “Dia dois de fevereiro… Dia de festa no mar… Eu quero ser o primeiro… A saudar Iemanjá…” Todo dia 2 de fevereiro, no Rio Vermelho, os Terreiros da Bahia se reúnem em frente à Casa de Iemanjá e saem numa procissão de barcos, levando oferendas de flores e perfumes para jogar no mar em homenagem a Iemanjá, deusa do mar, pedindo bênçãos e graças. É uma festa sem igual; todas as ruas do Rio Vermelho são tomadas por barracas com comidas típicas, bebidas, artesanatos etc.. Nesse dia, todo mundo se encontra: jovens, velhos, pobres, ricos, intelectuais, artistas, políticos, estrangeiros de toda parte do mundo. Grupos de percussão se exibem e a coisa mais linda é a queima de fogos que se dá na saída dos barcos, ao pôr-do-sol. As pessoas que não pertencem aos Terreiros não podem participar da procissão, mas podem solicitar a alguém que vá participar para levar sua oferenda ao mar. É uma festa imperdível.

Procissão marítima do Bom Jesus dos Navegantes

No dia 31 de dezembro, centenas de embarcações saem em procissão da Praia da Boa Viagem ao cais do comando do 2º Distrito Naval, em frente à Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, acompanhando a Galeota Gratidão do Povo, que transporta a imagem do Bom Jesus. No dia seguinte, após a missa campal, a procissão retorna com a imagem até a Igreja e Hospício da Nossa Senhora da Boa Viagem. Depois que ela chega, uma festa para ninguém botar defeito acontece nas imediações da igreja e se estende pelo bairro da Boa Viagem.

Carnaval

O Carnaval da Bahia já se tornou famoso pela sua animação e participação popular. Desde que Dodô e Osmar inventaram os trios elétricos, o brilho desta festa tem se tornado cada ano mais intenso. Gigantescos carros de som arrastam multidões pelas ladeiras e avenidas na maior alegria, dançando e cantando as músicas de suas bandas favoritas.

Para participar do Carnaval em Salvador, o bom é fazer sua reserva com antecedência. Nessa época a cidade fica superlotada de gente de todo canto do Brasil e do mundo. Os desfiles se dividem em dois roteiros: o circuito Dodô, que sai do Farol da Barra e vai até Ondina num percurso de 4 km, e o circuito Osmar, que sai do Corredor da Vitória, vai pela Av. Sete de Setembro e percorre o centro de Salvador até o Hotel da Bahia, num total de 6 km. Programe-se. Procure chegar à cidade alguns dias antes do início da grande festa e decida de onde quer assistir: compre seu ingresso para um camarote ou escolha um lugar de boa visualização. Se não conseguir, compre seu abadá (fantasia personalizada de um bloco) e caia na folia.

Vídeo sobre Salvador

Dicas
  • Como em Salvador faz muito calor no Carnaval, vista-se com roupas leves e use calçados confortáveis (tipo tênis, sapatilhas ou sandálias de tiras bem presas no pé) e um boné ou chapéu. Evite carregar bolsas e outros volumes, a não ser, claro, uma garrafinha dágua. Não leve documentos originais, só uma cópia autenticada, dinheiro apenas suficiente para o que vai precisar durante o dia e sinta-se livre, leve e solto para se divertir muito. Quem quer curtir o Carnaval em Salvador com menos agito pode optar pelo circuito da Batatinha, no Centro Histórico. Na Praça Municipal a prefeitura promove desfiles de fantasias e há a apresentação de charangas que tocam marchinhas de antigos carnavais.
  • Em Salvador há festas e eventos o ano todo. Há que se destacar, além do Carnaval, a Semana Santa e as festas juninas, com rastapé no Pelô e muitas comemorações pela cidade. Para saber sobre o que estará ocorrendo em Salvador durante sua estada por lá, acesse o site oficial de turismo de Salvador e procure em A Cidade Cultura – Festas Populares – Calendário.

O Candomblé

Salvador exala magia, é o clima da cidade, é o que a deixa atraente, misteriosa e festiva. Os Terreiros de Candomblé estão espalhados por toda a cidade e alguns deles se tornaram famosos, mas o acesso aos visitantes só é permitido através de convite ou então em horários determinados e em dias de festa. Se você estiver mesmo interessado em visitar algum terreiro, o melhor é se fazer acompanhar por um guia. Nesses locais considerados sagrados, não é permitida a entrada de pessoas vestindo bermudas ou roupas de banho, sem camisa etc. Informe-se antes para depois não ter que voltar da porta.

Informações práticas

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotel em Salvador

Salvador possui hotéis e pousadas para todos os bolsos e para todos os gostos. Veja na listagem a localização e  o conforto oferecido por cada estabelecimento, com comentários.

Escolha e reserve seu hotel em Salvador