Viena

Viena, a capital da música clássica

Viena, que foi capital do Império Austro-Húngaro, é a mais interessante das cidades austríacas e um grande destino turístico dentro da Europa: tem intensa vida cultural, concertos, exposições, museus, parques e uma bela e diversificada arquitetura.

Mapa da Áustria

Viena: como ir

Não há voos diretos do Brasil, mas Viena tem ligações ferroviárias, rodoviárias e aéreas com toda a Europa. Uma boa opção é descer em Zurich, na Suíça e tomar um trem para Viena.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar

O Centro Histórico de Viena é bonito,  cheio de atrações e tem localização prática.

Escolha e reserve seu hotel em Viena

Melhor época em Viena

O inverno em Viena é realmente gelado… O quanto isso o incomoda?

Por outro lado, o verão vienense é animado por festivais ao ar livre de música e dança, e concertos de música clássica e jazz.

Atrações turísticas em Viena

Catedral gótica de Stephansdon -Existe desde a Idade Média, bem como as ruelas e antigas praças da Cidade Velha, que abriga os principais palácios e edifícios vienenses, muito bem conservados, em estilos que vão do medieval ao moderno, passando pelo barroco e pelo art nouveau.

Hoher Markt – Na mais antiga praça, a Hoher Markt, onde funcionava um mercado medieval, há ruínas romanas dos séculos II e III. Também na parte velha da cidade fica a catedral Stephansdom e a mais antiga sinagoga de Viena, a Stadttempel, no antigo bairro judeu, hoje muito animado com diversos bares, restaurantes, lojas e discotecas. A comunidade judaica austríaca, entretanto, muito perseguida pelos nazistas, é hoje pouco numerosa.

Palácio Hofburg  – Alguns bairros de Viena guardam vestígios dos tempos imperiais e são bem aristocráticos, cheios de palácios, muitos dos quais ocupados por embaixadas, e de sofisticados casarões barrocos. É o caso de Hofburg, onde fica o palácio imperial do mesmo nome, cujos calçadões abrigam as lojas mais finas da cidade. O Palácio Hofburg pode ser visitado e guarda importantes coleções de móveis de época, porcelanas, pratarias e objetos de arte e vários museus. Visita obrigatória.

Dois dos mais bonitos jardins de Viena ficam também em Hofburg: o Volksgarten e o Burggarten. No Belvedere, um conjunto de edifícios da era imperial, funciona um excelente museu de arte.

Os famosos cafés de Viena – A capital austríaca é famosa também por seus cafés; muitos deles conservam a decoração original e são verdadeiras atrações turísticas, como o Central, o Landtmann (favorito de Freud), o Hawelka, o Eiles, e o Frauenhuber. Servir café, nessa cidade, é uma arte, e saboreá-lo, um dos programas favoritos: nos cafés pode-se também ler jornais e revistas, almoçar, provar deliciosos doces e tortas, encontrar os amigos, ver e ser visto, tomar uma cerveja ou um vinho…

Palácio de Schönbrunn – Nos arredores de Viena fica o luxuoso palácio de Schönbrunn, construído pelos Habsburgos no começo do século XVIII. Caminhando pelos jardins tem-se a impressão de voltar aos tempos da imperatriz Sissi. O palácio, que foi residência de verão da família imperial possui magníficos jardins que por si só valem a visita.

Kunsthistorisches Museum  – Abriga um respeitável acervo de pinturas e objetos de arte de vários países da Europa e de difernetes épocas. Uma vistia obrigatória para quem gosta de arte e vai a Viena.

Naturhistoriches Museum  – Expõe interessantes coleções arqueológicas, de antropologia e mineralogia, esqueletos humanos de diferentes época, peças da Idade do Bronze e até a ossadas de dinosauros

Freud Museum  – Na Bergasse 19, em Viena, fica o apartamento onde Sigmund Freud, o pai da psicanálise viveu e trabalhou durante várias décadas. Você verá sua sala de espera e como era uma residência vienense na época.

Site oficial de turismo de Viena

Links afins