Glaciar Perito Moreno
Glaciar Perito Moreno, Argentina
Glaciar Perito Moreno, Argentina

 

Glaciar Perito Moreno

Mapa de El Calafate e Glaciar Perito Moreno

Como ir

Para visitar o Glaciar Perito Moreno no Parque Nacional Los Glaciares, você terá primeiro que ir até El Calafate.  Lá terá que alugar um carro ou combinar uma corrida de táxi. Combine a corrida de ida e volta a preço fixo com um taxista, especificando quanto tempo deseja ficar no local (3h ou 4h de permanência são suficientes). Outra opção é contratar um tour em uma das diversas agências de viagens da cidade; ou tomar ônibus da empresa Cal Tur (2 partidas diárias).

 Avião

O Aeroporto Internacional de El Calafate, a 23 km da cidade, inaugurado no ano 2000, facilitou muito a visita ao Glaciar Perito Moreno. Há voos de Buenos Aires, diretos (3h10) ou com escala em Río Gallegos (3h40); de Río Gallegos (0h45); de Bariloche (1h45); e de Ushuaia (1h10). Há mais voos no verão; no inverno as opções são reduzidas pois muitos voos são cancelados devido às condições climáticas.

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Onde se hospedar

Embora nas cercanias do Glaciar Perto morenoi exista algumas opções de hospedagem, o mais fácil é se hospedar em El Calafate, onde elas são muito mais variadas.

Escolha e reserve seu hotel em El Calafate

Vídeo a ruptura do paredão de gelo no Glaciar Perito Moreno

Uma visão fascinante

Embora não seja a maior geleira da Argentina, título que cabe ao glaciar de Upsalla, Perito Moreno é a mais bonita, interessante e, consequentemente, a mais visitada delas. Fotos, filmes ou descrições feitas por amigos não conseguem transmitir a emoção do espetáculo ao vivo e em cores dos imensos blocos soltando-se de um verdadeiro rochedo de gelo azulado e despencando no lago, onde flutuam como icebergs…

As pessoas ficam horas ali sem tirar os olhos daquele cenário. Para você não perder nada, há mirantes montados bem em frente à ribanceira; de alguns a vista é panorâmica, de outros você aprecia a cena mais de perto. Em razão do aquecimento global, o glaciar está avançando 2m por ano; o gelo formado no alto dos Andes vai deslizando montanha abaixo, formando uma espessa capa sobre o terreno. Nos pontos mais altos, o paredão alcança 80m de altura.

Um dique natural de gelo

O glaciar tem 5 km de comprimento e 15 de extensão e bloqueia uma seção do lago – o Brazo Rico – formando um dique natural. Com o aumento da pressão, ocorre por vezes a ruptura dessa barragem, provocando um estrondo que é ouvido a quilômetros de distância. Foi assim às 22h50 do dia 13 de março de 2006, em plena lua cheia. Dez minutos depois, a enorme ponte de gelo despencava sobre o lago.

Trekkings sobre o Glaciar

Há trekkings de aproximadamente 2h sobre o glaciar. Você terá que tomar o barco no embarcadouro de Bajo de las Sombras para cruzar o Brazo Rico e chegar ao refúgio-base. Do refúgio até o início da geleira, a caminhada toma uns 20 minutos. Ali os guias colocam grampões especiais para caminhar sobre o gelo nos sapatos dos excursionistas. O menor número é para calçado 31. Crianças muito novas não podem, portanto, participar. O passeio sobre o glaciar leva 2h.  Não é preciso ter prática nem conhecimentos especiais, mas os que não são habituados a exercícios físicos sofrerão um pouco.

Excursão com direito a piquenique no meio do Glaciar

Há também excursões de 3h até o centro do glaciar, com direito a um piquenique no meio do gelo. Boa forma física é indispensável. Opção menos cansativa é pegar um barco e assistir de perto blocos de gelo se desprenderem, caindo no lago com um estrondo. O barco tem salão aquecido, uma vez que o vento do lago é gelado. Embora o clima em El Calafate no verão possa ser ameno, inclusive bem agradável, na geleira é diferente sem roupas quentes, calçados adequados, gorro e luvas, você não agüenta o frio. O conselho vale sobretudo para quem vai fazer o trekking no glaciar ou o passeio de barco.

Perito Moreno

Viajando pela Patagônia Andina, deparamos constantemente com o nome de Francisco Pascaia Moreno (1852-1919), o “Perito Moreno” que dá nome à famosa geleira. Trata-se de justa homenagem ao pioneiro da exploração da Patagônia, o primeiro homem branco a chegar ao lago Nahuel Huapi. Ainda jovem, Moreno fez diversas expedições de cunho científico, sobretudo geográfico, trazendo à luz informações sobre um território ainda desconhecido. Obteve ainda dados valiosos sobre os povos nativos.

Em razão da seriedade de seus estudos e descobertas, tornou-se o mais respeitado conhecedor da região, o que lhe valeu a designação, em 1897, de perito do governo argentino no litígio de demarcação da fronteira entre Argentina e Chile nessa acidentada região repleta de lagos, geleiras e montanhas. O rei britânico Eduardo VII, árbitro do conflito, acolheu seu laudo, vantajoso para a Argentina. Como recompensa pelos serviços prestados, Moreno recebeu terras que doou em parte para a criação do que é hoje o Parque Nacional Nahuel Huapi. Os restos mortais de Moreno estão enterrados na Isla Centinela, no Lago Nahuel Huapi.

Informações práticas

Onde se hospedar em outras regiões da Argentina

Reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso; é bem possível que pague menos do que reservando diretamente com o hotel. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos, provavelmente pagando menos e sem ter trabalho algum.

Hotel na Argentina

Classificação por ordem alfabética – principais localidades turísticas

Hotel em Buenos Aires • Hotel em Bariloche •  Hotel em Cafayate  
Hotel em Córdoba •  Hotel em El Calafate •  Hotel em El Chaltén •  Hotel em Jujuy
Hotel em Junin de los Andes •  Hotel em Las Leñas •  Hotel em Mendoza

Hotel em Puerto Madryn • Hotel em Humahuaca •  Hotel em San Rafael 
Hotel em Puerto Iguazú • Hotel em Rio Gallegos •   Hotel em Salta 
Hotel em San Martin de los Andes •  Hotel em Tilcara • Hotel em Ushuaia
Hotel em Villa La Angostura

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes

 

A Argentina em imagens
Maquina fotografica

 

Álbum fotográfico com dezenas de fotos da
Argentina separadas em slide-shows
 sobre a as regiões mais interessantes do país.