Vida noturna em Buenos Aires
Vida noturna em Buenos Aires, show de tango
Vida noturna em Buenos Aires, show de tango

SumárioÍndice remissivo

Vida noturna em Buenos Aires, onde sair à noite

Os portenhos têm hábitos boêmios que para nós parecem super particulares, diferentes de todos os povos do mundo (exceto talvez dos espanhóis): trabalham, curtem às vezes uma happy hour, vão para casa, dormem e lá pela meia-noite saem de novo! À uma e meia da manhã os primeiros clientes vão ocupando as mesas dos bares e as pistas das danceterias (chamadas de boliches, mas que não têm nada a ver com o jogo). A balada se estende madrugada adentro.

Mapa de Buenos Aires

Procure lugares que combinem com você

Note que cada tipo de casa noturna tem seu público; vista-se de acordo. O ideal é dar uma “farejada” nos locais que lhe parecem mais interessantes, passando em frente para sentir o ambiente. Se perceber que não está com a roupa apropriada, volte mais tarde, lembrando que a madrugada portenha é longa e você tem tempo de sobra para isso. Se você caminhou o dia toda e está cansado, mas quer curtir a noite portenha, jante cedo e vá dormir. Coloque o despertador para meia-noite. Ao acordar tome um banho para cortar os bocejos, vista-se e parta para a noite que estará apenas começando.

Coloque as roupas certas na sua bagagem

De modo geral, os lugares mais elegantes exigem terno e gravata ou um blazer mais chique. Se não curte gravata, um foulard (lenço) de seda de qualidade pode ser suficiente. Obviamente não se vai a uma casa noturna fina de tênis! Ou seja, se sua intenção é curtir a noite portenha, enfie na mala as roupas e sapatos certos. A recomendação quanto às roupas adequadas para curtir a noite vale também para as mulheres, que devem separar vestidos, meias, sapatos de salto alto e maquiar-se. As portenhas são vaidosas. Esses conselhos são duplamente importantes para aqueles que têm intenção de paquerar, ou pelo menos de ver e serem vistos.

Uma vida noturna intensa

A cidade tem um grande número de pubs, casas de jazz, bares, bodegas, casas de espetáculos, boates e lugares para dançar, que ficam lotados. No Brasil talvez apenas São Paulo tenha uma vida noturna quase tão intensa.

Vídeo sobre espetáculo de tango

Buenos Aires possui algumas dezenas de estabelecimentos chamados comumente pelos brasileiros de “casas de tango”. Esse rótulo abrange shows de tango, lugares onde dançar (as milongas), onde tomar aulas de dança e barzinhos onde se escuta tango. Na prática, em diversos lugares, após os cursos, você pode ficar e participar da milonga. Em outros há dança e show ou então (os que se sentem mais seguros podem dançar com os artistas).

Os shows de tango

É claro que o tango apresentado no show é mais sequência de (espetaculares!) acrobacias do que outra coisa. Aviso aos nossos leitores homens: se você for dançar não é bom tentar imitar os dançarinos portenhos ou correrá o risco de enviar sua gentil parceira (ou a si próprio) a um ortopedista.

Pacotes que incluem aulas de tango

Hoje em dia alguns pacotes de viagem para Buenos Aires incluem até aula de tango. É obvio que nessas aulas rápidas para turistas aprende-se muito pouco. Você não voltará ao Brasil como um grande tanguista… Para dançar realmente bem o tango você precisará de pelo menos dois anos, se treinar algumas horas por dia.

Tanguerias tradicionais

Há tanguerias tradicionais frequentadas por portenhos, que são lugares para ouvir música e dançar. Em outras, mais turísticas, há shows de gêneros variados, desde os mais intimistas até superproduções à la Broadway ou Moulin Rouge. As primeiras são mais autênticas, mas esses super shows podem ser mais divertidos, mesmo porque contam com um corpo de bailarinos de primeira linha, verdadeiros artistas e boas coreografias.
Recomendamos sempre telefonar antes para confirmar a necessidade de reserva e para se informar sobre a programação é bem variada, conforme o dia da semana.

Os bares e casas noturna portenhas

Uma dificuldade em classificar os bares de Buenos Aires por estilo é que a maioria oferece um pouco de tudo, dependendo do dia da semana: shows, música instrumental, lugar para dançar, café com espetáculos de tango (sem chegar a ser uma “casa de tango”), às vezes diversões eletrônicas, apresentações de jazz etc. Quase todos servem também refeições; uma ideia interessante para quem quer jantar e curtir. O melhor é ler com atenção a descrição dos lugares que mencionamos neste guia para encontrar exatamente o que procura.

Atenção – Os cafés tradicionais abrem também durante o dia; os bares que têm happy hour, por volta das 18h ou 19h.

Informações práticas

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Buenos Aires

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes

A Argentina em imagens
Maquina fotografica

Álbum fotográfico com dezenas de fotos da
Argentina separadas em slide-shows
 sobre a as regiões mais interessantes do país.