Arquivo da tag: portugal

Pousada de Portugal em Guimarães, Mosteiro Dona Marinha
Hotel em Portugal, Pousada de Portugal em Guimarães, Mosteiro Dona Marinha

Tipos de estabelecimentos

Hotéis

São, como em outros países europeus, classificados por estrelas. Muitos deles funcionam em edifícios antigos reformados e possuem inegável charme. Outros são modernos, instalados em prédios novos, construídos para atender ao aumento da demanda turística nas últimas décadas.

Pousadas de Portugal

As Pousadas de Portugal, do grupo hoteleiro Pestana, são estabelecimentos sofisticados, caros e charmosos, instalados em edifícios históricos, como castelos e palácios, ou que se destacam por sua localização privilegiada em cenários de grande beleza natural, como na Serra da Estrela.  Pousadas de Portugal

Solares de Portugal

Também merece destaque a rede Solares de Portugal, com estabelecimentos mais rústicos e menos chiques do que as Pousadas, mas que esbajam charme. Muitas vezes ficam no meio rural, em lugares lindos. São uma opção para quem está viajando de carro porque frequentemente ficam a alguns quilômetros dos centros urbanos. Solares de Portugal.

Pousadas da Juventude

Primeiro é preciso não confundir. Pousada da Juventude em Portugal é hostel. No Brasil essa opção de hospedagem econômica chamava-se Albergue da Juventude; hoje a rede chama-se Hostelling International Brasil. As Pousadas da Juventude portuguesas oferecem com frequência quartos duplos com banheiro privativo, além dos dormitórios coletivos. Sempre são lugares decentes, muito limpos e simpáticos. 
Pousadas da Juventude
.

Pensões, albergarias e residenciais

As diferenças entre tipos de estabelecimentos são tão sutis que confundem até os próprios portugueses. Albergarias e residenciais são, grosso modo, o equivalente lusitano de nossas pousadas ou Bed & Breakfast.

Hostels independentes

Em geral, são direcionados ao público jovem ou mochileiro, mas nada impede que viajantes não tão jovens e pouco exigentes quanto a conforto se hospedem neles caso precisem economizar. Existem hostels e albergues com perfis diferenciados; muitos possuem quartos duplos com banheiro privativo e competem com os hotéis. Alguns são decorados com gosto e são mais caros e confortáveis do que os hotéis de 1 ou até de 2 estrelas.

Localização dos estabelecimentos

A localização do estabelecimento é um ponto-chave. Exceto se você resolver ficar num lugar isolado, porque curtiu a paisagem, em qualquer cidade que visitar o centro sempre será a região mais prática para se hospedar. Nas regiões rurais, ocupadas por vilas e cidadezinhas, se você tiver alugado um automóvel poderá escolher pousadas a alguns quilômetros do centro.

Importante Os preços variam segundo a categoria do estabelecimento, o tipo de aposento escolhido, por ser alta ou baixa estação e em decorrência de flutuações cambiais. Devem, portanto, ser confirmados por ocasião da reserva, recomendável.

Onde se hospedar em Portugal

Reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não tem trabalho algum e provavelmente conseguirá preços melhores. E não paga nada a mais por isso! Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos.

Mapa de Portugal

Alentejo
Escolha e reserve seu hotel na região do Alentejo
Beja • Elvas • EstremozÉvora  • PortalegreVila Viçosa

Algarve
Escolha e reserve seu hotel no Algarve
Albufeira • Faro • Lagos • Portimão • Sagres • Vila Real de Sto. Antonio  Tavira

Coimbra e Beiras (Centro)
Coimbra  Guarda  Serra das Estrela Viseu 

Lisboa e região
Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa
Alcobaça | Lisboa |  Óbidos | SintraTomar

Porto e Norte
Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro
Braga • Bragança  Caminha Guimarães Ponte de Lima • Viana do Castelo • Vila Real

Centro de Portugal, Vila Pouca da Beira
Como ir a Portugal

Como ir a portugal

O preço da passagem aérea de ida e volta em classe econômica de São Paulo a Lisboa tem importantes variações entre a alta e a baixa estação. Esta vai de meados de setembro a meados de dezembro e de meados de janeiro a meados de junho.

Voos para Lisboa e para o Porto

A TAP tem voos diretos e diários de São Paulo para Lisboa. Para o Porto, poucos voos são diretos. O tempo de viagem para ambos os destinos é de aproximadamente 11h.
Há voos também da TAP a partir do Nordeste, mas com menos opções de horários: de Salvador (tempo de viagem: 8h15), Fortaleza (7h), Recife (7h30) e Natal (7h).
Lisboa e o Porto possuem conexões aéreas diretas com as principais capitais europeias.
TAP /  www.flytap.com

Veja passagens aéreas e pacotes

Alternativas de viagem

Pacotes

Principalmente na alta temporada, há grande oferta de pacotes para Portugal, que incluem a passagem, o hotel, o traslado e, em alguns casos, passeios e até mesmo o aluguel de veículo. Fale com seu agente de viagens. Alguns deles podem ter preços interessantes. Uma vantagem dos pacotes, além da praticidade, é que muitas vezes podem ser pagos em parcelas.

Antes de optar por pacotes  – Faça uma estimativa de quanto você gastaria por conta própria e compare os preços. Muitas operadoras têm pacotes vantajosos, pelos quais você paga bem menos do que comprando a passagem e pagando o hotel em separado. Algumas delas, aliás, podem montar pacotes sob medida para você. Quase sempre os hotéis são bons, mas não há muita flexibilidade na escolha dos estabelecimentos. Antes de comprar, informe-se sobre os hotéis em que ficará hospedado, principalmente quanto à localização e ao padrão de conforto que oferecem.

Excursões

Estas são uma boa opção para aqueles que não se sentem seguros em viajar sozinhos ou não querem se preocupar com nenhum detalhe da organização da viagem. Antes de se decidir, veja se esse tipo de viagem tem a ver com você: se está disposto a obedecer a uma programação, a ter que ir a todo canto acompanhado pelas mesmas pessoas e jantar em um restaurante escolhido pelo guia.

Dicas – Uma opção intermediária é você ir para Portugal por sua conta e lá chegando pegar excursões locais de curta duração para fazer determinados roteiros, city tours etc.

Operadoras de turismo que trabalham com pacotes e excursões para Portugal
Algumas dessas operadoras possuem agências de viagens próprias. Nos demais casos, consulte os pacotes disponíveis e fale com seu agente de viagens.

ADV • AgaxturCI • CVC • Designer Tour •  Flot  •  Interrpoint •  Maktour
Marsans • Nascimento Turismo  •  New Line Tour •  Queensberry

Por conta própria

Se você tem se sentido tentado a encarar uma viagem por conta própria e nunca se decidiu, esta é uma ótima oportunidade de começar. Fazer turismo em Portugal é muito fácil. Veja as dicas para organizar sua viagem a Portugal por conta própria

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Portugal

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Informação sobre os guias da série GTB (Guia do Turista Brasileiro)

Capa do Guia Online GTB Portugal

Os guias GTB impressos não estão mais à venda…
Enquanto isso, confira todo o conteúdo completo e atualizado do guia impresso, substituído pelo  Guia GTB ON Line Portugal, gratuito, e com dezenas de fotos. Basta ter sinal de internet no local onde você estiver.

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

 

Links afins

Linhares, Serra da Estrela
Portugal essencial. Linhares, na Serra da Estrela no norte de Portugal

Portugal essencial

Portugal é um país pequeno, mas não se engane; tem tanta coisa interessante para ver e visitar que selecionar o essencial é tarefa difícil. Em todo caso, segue abaixo o mínimo que você deve incluir em seu roteiro de uma visita a Portugal. Esse “mínimo”, depende, naturalmente do tempo que você dispõe para sua viagem. Normalmente quem tem apenas uns poucos dias acaba ficando apenas em Lisboa, onde já existe muito para se ver e conhecer. Mas é uma pena, porque cidades como Porto, por exemplo, são tão interessantes quanto Lisboa. Enfim, se for percorrer rapidamente o país, não deixe de alugar um carro. Você vê mais e ganha tempo.

Mapa de Portugal

Principais pontos de interesse em Portugal

• Os múltiplos encantos antigos e modernos de Lisboa. A vista do alto do Castelo de São Jorge é simplesmente espetacular.

• O mosteiro de Alcobaça, onde estão os túmulos de Inês de Castro e de Pedro, o Cru.

• O mosteiro da Batalha, obra-prima da arquitetura gótica e manuelina portuguesa.

• O castelo e o Convento de Cristo, em Tomar.

• A graciosa cidade de Sintra e seus palácios.

• A vila medieval de Óbidos.

• A incomparável Évora romana, medieval, renascentista e barroca. Perto de Évora existem pequenas cidades medievais no alto de colinas, que são encantadoras.

• As margens do rio Douro, no Porto.

• A cidade de Lagos, no Algarve e vizinhanças.

• A Serra da Estrela, sobretudo no outono, quando  vegetação assume belíssimos tons avermelhados.

• Guimarães e Valença do Minho, no norte de Portugal, que impressionam por sua arquitetura.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Portugal

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Vendedora de castanhas, Porto
Os portugueses. Vendedora de castanhas no Cais da Ribeira, cidade do Porto

Os portugueses

Sangue e afinidades

Para entender Portugal e os portugueses você tem em primeiro lugar que saber que não há outro povo nem outro país no mundo que tenha tanto a ver com o Brasil. Mesmo no sul e no sudeste do Brasil, onde ocorreu forte imigração italiana e de gente de tudo quanto é país, a presença portuguesa ainda é a mais importante. Quase todos os brasileiros têm, em maior ou menor escala, sangue lusitano correndo nas veias.

A origem dos sobrenomes portugueses

Como se sabe, os sobrenomes na Idade Média em toda a Europa indicavam, com frequência, a origem geográfica ou a profissão da pessoa. Em Portugal, Ferreira (corruptela antiga de “ferreiro”) indica a profissão de algum antepassado do cidadão, enquanto alguém de sobrenome Coimbra certamente possui ancestrais originários dessa cidade. Ao percorrer Portugal você passará por cidades cujos nomes correspondem à maioria dos sobrenomes brasileiros de origem portuguesa. Se você se chama Guimarães, creia-nos, seus ancestrais vieram de lá! Seu dentista se chama Dr. Almeida? Bom, pode ter certeza de que um dos ancestrais dele, oriundo dessa cidade, embarcou numa caravela há séculos e veio parar no Brasil. Embora o norte de Portugal tenha fornecido a maior parte dos imigrantes que se fixaram no Brasil, você encontrará também sobrenomes oriundos de outras regiões, como Lisboa, Montemor, Braga ou Vianna.

Os sobrenomes de origem judaica

  Já muitos outros sobrenomes portugueses, em geral aqueles que indicam nomes de plantas, árvores, animais ou objetos (Pereira, Leite, Coelho, Machado), foram adotados por judeus, principalmente do leste do país, convertidos ao cristianismo.
Grosso modo, o povo português é um misto de descendentes de celtas, lusitanos, mouros e judeus.

Miséria e perseguição religiosa incentivou a imigração portuguesa no Brasil

– Não todos, mas a esmagadora maioria dos portugueses que vieram para o Brasil saiu de cidades do norte do país, fugindo, mais recentemente, da miséria ou, durante o período colonial, da perseguição religiosa contra os cristãos-novos, incentivada pela Inquisição.

A imigração portuguesa no Brasil

Os portugueses só começaram a vir para cá uns 30 anos depois da descoberta do Brasil. Os primeiros a chegar eram oriundos da pequena nobreza, beneficiados com grandes extensões de terra – as Capitanias Hereditárias, seus serviçais, militares e degredados. O Brasil de então era um destino tão bom, com seu clima tropical, seus índios mal-humorados e seu afastamento da civilização, que ser enviado para cá era uma punição.

O degredado não era necessariamente um “criminoso”

 Muitos eram pessoas que se indispuseram com a monarquia, hereges, judeus e cristãos-novos acusados de continuar a seguir a religião judaica e pessoas presas por dívidas. O maior contingente provavelmente foi o de cristãos-novos, que nem sempre, como muita gente acredita, tinham sobrenomes como Coelho ou Carvalho. Numa antiga sinagoga descoberta em Recife (Sinagoga Kahal Zur Israel), aberta à visitação, você verá um painel com a inscrição: “Os judeus exerciam as mais diferentes atividades econômicas, em especial o comércio. Eram também senhores de engenho e profissionais liberais. Entre estes vale citar Abraham de Mercado, médico; Michel Cardoso, advogado; e o construtor Balthazar da Fonseca”. São mencionados outros como Serra, Peixoto, Rodrigues, Costa, Alves, Nunes, Gomes, Dias, Castro…

O fluxo migratório

 Embora a imigração portuguesa para o Brasil tenha sido uma constante durante o período colonial, ela se acentuou quando as tropas napoleônicas invadiram Portugal em 1808 e o rei Dom João VI teve que fugir para o Brasil. No século XIX e no começo do século XX, a miséria assombrou Trás-os-Montes e outras regiões do campo português. Quem pôde juntou seus pertences e veio para o Brasil.
O imigrante português – Ao contrário dos italianos e espanhóis, os portugueses que se fixaram no Brasil nos últimos séculos eram pouco politizados e tiveram menos participação nos movimentos populares ou operários. Aqui chegando, montaram sua hortinha, suas quitandas, vendas, padarias, sapatarias ou foram trabalhar na construção civil. A grande maioria conseguiu obter sucesso, com muito trabalho, muita economia, guardando cada tostão. Hoje, seus descendentes – com alguma mistura de sangue índio, africano e de outros povos europeus – somos nós, brasileiros. Com a mesma língua, a mesma cultura (que acabou integrando outras influências) e até um jeito muito parecido de ser. Os portugueses que chegaram ao Brasil, apaixonando-se pelo futebol, terminaram por criar dois times famosos: a Portuguesa de Desportos, em São Paulo, e o Vasco da Gama, no Rio. Na culinária, introduziram suas receitas: o bacalhau (que mesmo sendo classificado como prato português é super comum no Brasil); doces, como o arroz doce e outros, à base de ovos; ervas aromáticas etc.

Piada de português

 Os imigrantes que deixaram Portugal no início do século eram oriundos das parcelas mais pobres da população, quase sem nenhuma formação, em geral iletrados, já que os ricos e cultos raramente deixavam o país. Por isso mesmo, deram origem a tantas “piadas de português”, as mesmas que ingleses contam sobre os irlandeses e franceses sobre os belgas.
Quando vamos para Portugal e viajamos pelo país, com frequência lidamos com pessoas que exercem profissões simples – carregadores de malas, frentistas de posto de gasolina, um camponês a quem, em pleno campo, pedimos uma informação. De um lado, nem sempre conhecem os termos utilizados por brasileiros ou não entendem nosso sotaque. De outro, como é seu costume, pegam tudo ao pé da letra, ao contrário de nós. Assim, quando paramos em um posto de gasolina, num recanto perdido de Trás-os-Montes e pedimos para “encher o tanque”, o frentista nos olhou, franziu a testa e perguntou: “É para encher cheio?”. Numa outra ocasião, quando quisemos saber a que horas era o check-out naquele hotel, o rapazinho que carregou as malas para nós do carro até o quarto não entendeu. Mudamos a frase: “A diária. A que horas termina a diária aqui?”. Seu rosto iluminou-se: “O dia em Portugal termina à meia-noite!”. Entreolhamo-nos e tivemos que conter o riso. Mas, sejamos justos, se estivéssemos viajando pelo sertão do Brasil teríamos, talvez, respostas parecidas. Vá a uma das maiores cidades de Portugal e converse com portugueses de classe média (que em geral são mais ilustrados e leem bem mais do que muita gente por aqui: você verá que são bem informados e cultos. No mínimo sabem votar muito melhor do que nós ! E a corrupção, embora exista também em Portugal e no resto do mundo não é institucionalizada como acontece no Brasil.

Piada de brasileiro

Uma vez perguntei a um amigo português se em Portugal também faziam piada de brasileiros, e ele respondeu: “Olha, pá, não é necessário…”. (Uma coisa  é verdade: parecem que pelo menos sabem votar muito melhor do que nós!)
Os portugueses, aliás, parecem não dar muita bola para essas anedotas. Como me disse o mesmo amigo, ”os colonizados costumam fazer piadas sobre seus colonizadores.”

Portugal em imagens

Mapa de Portugal

Lisboa e região (Tomar, Sintra, Óbidos)

Essa é a região mais visitada pelos nosso viajantes, já que Lisboa é a principal porta de entrada dos brasileiros em Portugal.
A luminosa capital portuguesa, às margens do Tejo, reúne um patrimônio arquitetônico de diferentes épocas – medieval, renascentista, barroco, manuelino. Também ficam em Lisboa os principais museus portugueses com um variado acervo de peças de arte, armas, objetos, réplicas de caravelas e outras embarcações do período do Descobrimento. Lisboa, que é igualmente a capital do Fado, tem vida noturna animada, muita badalação e ótima gastronomia. Na região de Lisboa ficam pequenas cidades muito graciosas, como Sintra, Queluz, Óbidos e Tomar, famosa por sua fortaleza medieval. Todas elas podem ser visitadas facilmente a partir de Lisboa.

Gostou de Lisboa e sua região (Região Centro)? Então veja dicas e informações para organizar sua viagem!

 Porto, Minho, Douro e Norte de Portugal

Foi nessa região, mais exatamente na cidade do Porto, que nasceu Portugal, que teve como semente o Condado Portucalensis.
A cidade mais importante da região é Porto, famosa por suas vinícolas, embora elas, na realidade, se concentrem em Vila Nova de Gaia, do outro lado do rio Douro, um outro município. Vila Nova de Gaia é  ligada à cidade do Porto por diversas pontes, algumas bem imponentes, sobre as quais trafegam bondes e outros veículos. O Cais da Ribeira, em frente a Vila Noa de Gaia, é a região mais pitoresca da cidade do Porto. Pode-se, em excursões de barco visitar a região vinícola do Douro. Não longe do Porto, na mesma região ficam belas cidadezinhas, como Amarante, Ponte de Lima, Guimarães e Valença do Minho que conservam um importante conjunto de fortaleza, monumentos, castelos e belas construções, boa parte delas do período medieval.

 

Gostou da Região do Porto, Minho e Douro ? Então veja dicas e informações para organizar sua viagem!

Coimbra e Beiras

Finalmente, vale a pena conhecer a Serra da Estrela, região de rara beleza, a mais alta de Portugal, onde no inverno costuma nevar.

Gostou de Coimbra e Beiras (Região Centro)? Então veja dicas e informações para organizar sua viagem!

Alentejo

O Alentejo é uma das regiões portuguesas mais visitadas pelos brasileiros em razão do interesse de suas cidades, a começar por Évora, sua capital, mas também em razão de suas belas paisagens. O Alentejo é também famoso por sua gastronomia e de seus vinhos. Além disso, para quem está em Lisboa, é facílimo visitar o Alentejo, pois há ônibus diretos para Évora. Alugar um carro, entretanto uma ótima opção para conhecer não apenas Évora, mas todo o Alentejo.

Gostou do Alentejo? Então veja dicas e informações para organizar sua viagem!

Algarve

O Algave foi a últma região incorporada a Portugal após a expulsão dos mouros. Por isso mesmo, os algarvinos mantém costumes próprios, bem como uma culinária e uma arquitetura particular. O Algarve no verão fica lotado do turistas vindos principalmente do norte da Europa em busca de sol e praia. Muito, inclusive possuem casas no Algarve. A costa do Algave é recortada com lindas baiazinhas escondidas onde o top-less pode ser praticado com discrição. A noite as ruas de Lagos e outra cidades do Algave, oucupadas por lojas, bares e restaurantes  ficam lotadas

Gostou do Algarve? Então veja dicas e informações para organizar sua viagem!

Todos os direitos reservados. Havendo interesse em reproduzi-las essas imagens, fale conosco.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Portugal

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Portugal

Portugal ocupa apenas 16% da Península Ibérica. Banhado a oeste e ao sul pelo Oceano Atlântico, faz fronteira unicamente com a Espanha a leste e ao norte. Portugal oferece para o turista brasileiro, quaisquer sejam suas preferências ou seu orçamento de viagem, as mais diversas atrações, paisagens, castelos e cidades  medievais, ótimos vinhos e excelente gastronomia.

Para aqueles que se interessam por cultura e arte, Portugal tem muito a oferecer no que se refere a arquitetura, cinema, literatura ou música. Além disso, em nenhum país da Europa o povo é tão simpático. Vale a pena conhecer Portugal.

Você pode pegar excursões para Portugal ou viajar por conta própria, o que é facílimo.

Mapa de Portugal

Como ir

Avião

Há voos diretos do Brasil para Lisboa e para o Porto. Há ligações aéreas entre as principais capitais europeias e Lisboa.

Passagens aéreas e pacotes para Portugal

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel nas principais cidades portuguesas

Melhor época

Veja quando é melhor ir a Portugal

Atrações turísticas

Lisboa e sua região 

Essa é a mais povoada, rica, industrializada e politizada região de Portugal, diferente do resto do país. Lisboa é a cidade portuguesa que mais se parece com as demais metrópoles europeias. Nessa região ficam atrações imperdíveis. Além da própria capital, Lisboa, nos seus arredores e em toda a região há muito o que ver e visitar, como Tomar, onde há um magnífico convento medieval e um castelo templário construído em 1160; Óbidos, uma cidadezinha medieval rodeada de muralhas; e Sintra. Lisboa e sua região 

Coimbra e as Beiras

A região das Beiras é uma área agrícola, produtora de grãos, cortada por vários rios, como o Mondego, o Zêzere e o Dão. Ali também estão Coimbra, os arredores de Coimbra, Viseu, AveiroGuarda, Castelo Branco e a região mais alta de Portugal, a Serra da Estrela, com povoados encantadores, lindas paisagens de montanhas e castelos medievais.
Coimbra e as Beiras

Alentejo

O Alentejo, onde fica a encantadora cidade de Évora, é uma imensa planície ocupada por grandes plantações: trigais, olivais, vinhedos. Uma serra baixa, de aproximadamente 900 m de altitude, separa o Alentejo do Algarve, no extremo sul, conhecido por suas belas praias de areia dourada, seu mar de tons esmeralda e falésias. Recebe, sobretudo no verão, turistas de todos os cantos da Europa. É visitável facilmente a partir de Lisboa. É onde ficam belas cidades como Évora, Elvas, Beja, EstremozVila Viçosa e Portalegre , bem como aldeias encantadoras como Castelo de Vide, Marvão, Crato e Alter do Chão, famosa por seus cavalos. Os vinhos alentejanos e sua gastronomia são reputados. Alentejo

Algarve

A última região a ser conquistada dos mouros guarda características próprias. Sua capital, Faro, é tranquila, com alguns edifícios antigos no centro histórico e charmosas vilas em seus arredores. Lagos e também seus arredores possuem praias de areia dourada entre rochedos. Durante o verão, o litoral do Algarve é muito procurado por turistas de outros países europeus. Algarve

Porto, Minho e Douro

Quem conhece a cidade do Porto e o Norte de Portugal se encanta. É tanta coisa bonita e interessante para ver que você fica perdido, sem saber por onde começar. É no norte de Portugal que ficam, além da imperdível cidade do PortoVila Nova de Gaia,  Amarante, Braga, GuimarãesViana do Castelo, Valença do MinhoVila Real e Bragança.
Porto, Minho e Douro

Portugal na União Europeia

Após o ingresso na Comunidade Econômica Europeia (hoje União Europeia), em 1986, o país, já em plena normalidade democrática depois do período de turbulência que se seguiu à queda, em 1974, da ditadura de Salazar, passou por rápido desenvolvimento. Sua renda per capita dobrou. Ultimamente, porém, o país tem enfrentado problemas econômicos de certa gravidade, como outras nações da União Europeia, que não conseguem estabilizar suas contas.

Dicas

Compras Portugal tem roupas finas por preços bem melhores do que os praticados em Paris, Londres e outras cidades da Europa. Aproveite para refazer seu guarda-roupas.

 

Maquina fotografica

Portugal em imagens Fotos dos lugares de especial interesse turístico.

 

Algarve: atrações

O Algarve corresponde a uma faixa de terra no extremo sul de Portugal, às margens do Oceano Atlântico. Seu litoral é lindo. No verão, fica lotado de turistas de toda a Europa em busca de sol e praia. Não é exatamente isso que o brasileiro procura em Portugal, mas no Algarve há cidades históricas, castelos mouriscos, igrejas barrocas, palacetes renascentistas e muito mais.

Mapa do Algarve

Como ir

Não há voos diretos do Brasil, Você terá que pegar um avião até Lisboa e em seguida uma conexão.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar no Algarve

Escolha e reserve seu hotel em Lagos
Escolha e reserve seu hotel em Faro

O Algave permaneceu muito empo sob dominação foi a última região a ser reincorporada a Portugal. Por isso mesmo tem uma cultura própria e cultiva suas tradições.

O melhor do Algarve para brasileiros

Embora as praias algarvinas façam muito sucesso na Europa, não é exatamente isso que o brasileiro procura em Portugal. No Algarve há cidades históricas com ruelas imaculadamente brancas, castelos mouriscos, igrejas barrocas, palacetes renascentistas e muito mais.

A beleza do litoral do Algarve

O litoral do Algarve, embora diferente do brasileiro é belíssimo, com seu mar cor de esmeralda e pequenas enseadas escondidas, no meio de rochedos esculpidos pela ação do vento ao longo de séculos. Para nós é principalmente a beleza das paisagens e a riqueza do patrimônio cultural e arquitetônico algarvino o que mais interessa.

Vídeo sobre o turismo no Algarve

Visite o Algarve fora da alta temporada

Por isso mesmo, compensa mais visitar a região fora da alta temporada quando há menos turistas e as temperaturas não são tão elevadas. Se você for alugar um carro, por exemplo, durante a alta estação terá dificuldade para estacionar e a circulação pode se tornar infernal.

A culinária do Algarve

Também é verdade que a culinária local baseada principalmente em peixes e frutos do mar, é de primeira linha. Cada restaurante tem sua receita para preparar polvo, lula, ou pescado, todas deliciosas e criativas.

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Portalegre, catedral
Catedral de Portalegre, no Alentejo, Portugal

Portalegre, uma cidade moderna e agradável

Portalegre, no Alentejo,  é uma cidade relativamente moderna para os padrões portugueses. Situada sobre um platô na vertente sul da Serra do Mamede, Portalegre não deixa de ser uma cidade simpática e mais agradável no verão.

Mapa de Portalalegre

Portalegre: como ir

Carro

De Lisboa são 226 km; quase todo o trecho é feito pela autoestrada A6. De Estremoz são 57 km e, de Évora, 102 km.

 Ônibus

Há conexões diretas pela Rede Nacional de Expressos de Lisboa (tempo de viagem: 3h), de Évora (tempo de viagem: 1h25) e de Estremoz (tempo de viagem: 0h45).

Trem

Trens de Lisboa, do Porto e de Elvas, nem sempre diretos. A estação ferroviária fica a 12 km do centro.

Hotéis em Portalegre

Escolha e reserve seu hotel em Portalegre

Melhor época

Prefira o começo da primavera e o final do outono

Atrações turísticas em Portalegre

Portalegre pode servir de base para a visita a povoados nos arredores, mas peca pela precariedade de sua rede hoteleira. Eventualmente você irá preferir dormir em alguma cidadezinha da região.

Importante centro têxtil nos séculos XVII e XVIII, tornou-se muito próspera, como atestam os palacetes e mansões barrocas e renascentistas espalhados pela cidade, lembrança de seus tempos áureos.

Sua construção iniciada em 1556 foi concluída em 1575. Em 1795, foi restaurada e sua fachada foi dotada de detalhes barrocos. Seu interior tornou-se renascentista. Vale a pena ver sua sacristia, recoberta de painéis azulejados do século XVIII.

Museu Municipal

End.  R.  José Maria da Rosa <end./> 245 202 264. Abre de terça-feira a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Seu acervo é composto principalmente por arte sacra, mas o museu abriga também seções voltadas para tapeçarias, mobiliário, faianças, porcelanas e ourivesaria dos séculos XVII, XVIII e XIX. Site: Museu Municipal

Casa Museu José Régio

End. Av. Poeta José Régio. Suas coleções são voltadas sobretudo para a arte religiosa e popular: esculturas, pinturas, faianças, mobiliário etc.

Museu da Tapeçaria

End.Palacete Castelo Branco, R.  da Figueira, 9. No andar térreo, são demonstrados os processos tecnológicos de fabricação de tapeçarias dentro de uma perspectiva histórica. No segundo piso, as tapeçarias expostas são apresentadas igualmente de acordo com uma linha cronológica.

Atrações nos arredores de Portalegre

Marvão

A 21 km a nordeste de Portalegre. 4.000 hab. A encantadora vila de Marvão deve ser incluída no roteiro de qualquer visita ao Alentejo.Fica a 860 m, no topo da Serra do Sapoio, sobre um platô protegido por muralhas do século XIII que se confundem com as encostas de pedra da serra. Logo abaixo do castelo, com uma vista panorâmica única, fica a vila, com casinhas brancas enfeitadas por flores, distribuídas por ruelas de traçado irregular. Site: Marvão

Castelo de Vide

 A 20 km ao norte de Portalegre e 13 km de Marvão. 3.000 hab. Castelo de Vide é uma cidadezinha tão fascinante quanto Marvão. Também teve seu castelo reconstruído no começo do século XIV por Dom Dinis. A diferença é que as encostas na serra de São Mamede são verdejantes e não rochosas como as de Marvão. No resto, as duas cidadezinhas se parecem muito. Castelo de Vide possui, porém, a particularidade das fontes de águas minerais com qualidades medicinais. Você pode prová-las na Fonte da Vila, na Judiaria, o antigo bairro judeu que conserva uma sinagoga. Site: Castelo de Vide

Crato

A 21 km a oeste de Portalegre. 1.600 hab. Crato teve muita importância na Idade Média na condição de sede da Ordem de Malta. Em 1662, a cidade foi vítima de um ataque espanhol, pilhada e incendiada. A partir de então, semiabandonada, entrou em decadência. Sua recuperação foi lenta. Mas conserva ainda algumas belas mansões do século XVIII e XIX e as tradicionais casinhas brancas alentejanas enquadradas de amarelo. No antigo mosteiro Flor da Rosa funciona uma pousada de charme. Veja Flor da Rosa.

Alter do Chão 

 A 20 km de Portalegre e a 12 km de Crato. É outro povoado com o mesmo tipo de construções caiadas, algumas mansões barrocas e um castelo. Alter do Chão  é famosa por seus cavalos, cuja criação, adestramento e apuração da linhagem é realizada na Coudelaria Alter Real (www.dressageportugal.pt), que existe há mais de 260 anos, na Tapada do Arneiro. Para quem gosta de cavalos, é uma grande pedida. Site: Alter do Chão

Informações práticas sobre Portugal

 Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Évora, Alentejo
Praça central de Évora, Alentejo, Portugal

Alentejo: atrações

Perto de Lisboa e repleto de atrações, o Alentejo, região entre a capital portuguesa e a fronteira espanhola, que tem Évora como capital, é uma área predominantemente rural, ocupada por extensos olivais e vinhedos. Os vinhos e azeites locais são ótimos! Sua capital, Évora é uma cidade agradável e graciosa, com um centro histórico bem conservado. Saiba mais sobre Évora.

Mapa de Évora e do Alentejo

Como ir

Há vários trens e ônibus por dia entre Lisboa e Évora e outras cidades do Alentejo.

Onde se hospedar no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Atrações no Alentejo

A maior cidade da região é Évora, mas todo o Alentejo possui um grande número de cidadezinhas de arquitetura típica, com casinhas caiadas, fortalezas medievais, palácios, igrejas barrocas, resquícios da época romana e até sítios arqueológicos do Paleolítico. Sem falar, é claro, de sua gastronomia e seus vinhos, de primeira linha.

Vídeo sobre turismo no Alentejo

Atrações nos arredores de Évora

As atrações nos arredores são numerosas, mas muito perto umas das outras. Por isso é uma boa ideia alugar um carro, que lhe dará grande mobilidade e o livrará da dependência de horários de transportes coletivos. Embora o carro seja útil para se percorrer o interior de Portugal, em algumas regiões, como o Alentejo, existem cidades que têm em suas proximidades atrações absolutamente imperdíveis, como acontece, por exemplo, com Porta Alegre: próximo ficam Castelo de Vide e Marvão, dois povoados encantadores, onde você tem a impressão de ter voltado no tempo e que pode de repente, na primeira esquina cruzar com Eça de Queirós com seu bigodão, por exemplo.

O mesmo acontece com Estremoz, onde ficava o castelo da Rainha Isabel. Perto, a apenas 16 km fica Evoramonte, na Serra da Ossa, região ocupada por olivais, como acontece em muitas áreas rurais do Alentejo, é um labirinto de casinhas brancas decoradas com flores. Para os brasileiros a cidade tem uma importância histórica: foi onde os miguelistas, conservadores, partidários de Dom Miguel, que não digeriu direito nossa independência,  assinaram a paz com Dom Pedro IV (o nosso Dom Pedro I).

Como ir a Portugal

Veja preços de passagens e pacotes

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

 Coimbra e Beiras

Coimbra • arredores de Coimbra  • Viseu • Aveiro • Guarda •  Castelo Branco •  Serra da Estrela  • Mata Nacional do Buçaco • Conímbriga • Montemor-o-Velho • Piodão • Penela • Caramulo • Parque Arqueológico de Foz Côa • Trancoso • Almeida • Sabugal • Belmonte • Castelo Branco • Monsanto • Idanha-a-Velha

Mapa da Região de Coimbra e Beiras

Coimbra, capital da região, que fica a meio caminho entre Lisboa e a cidade do Porto é uma simpatia e bastante animada em razão de sua universidade, uma das mais antigas da Europa. Nos arredores de Coimbra se você estiver motorizado vai poder visitar muita coisa. Alguns povoados, minúsculos, são um charme. É o interiorzão de Portugal, onde as pessoas tem outro ritmo.

A região fronteiriça com a Espanha é salpicada de fortalezas e castelos medievais, alguns deles gigantescos, consequência da rivalidade existente na época entre os portugueses e castelhanos. Esse passado tumultuado nos legou um patrimônio arquitetônico espetacular.

Também fica nas Beiras a Serra da Estrela, ponto culminante do país, com lindas paisagens de montanha, lagos, corredores de antigas geleiras que há dez mil anos, no final da última Idade do Gelo, escorregaram montanha abaixo dando origem a vales profundos. No inverno neva, existe até pista de esqui. Portanto se você quiser ver neve é para lá que deve ir em dezembro ou janeiro. A região possui uma razoável infraestrutura turística concentrada principalmente em volta da cidade de Manteigas, a mais importante da região. Existe em Manteigas inclusive um estabelecimento filiado às Pousadas de Portugal, uma rede de hotéis de charme com uma vista linda do vale.

Hotel em Coimbra

Na parte baixa da cidade a Praça do Comércio e suas imediações pode ser uma opção. O mais agradável, entretanto, é ficar no centro histórico

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Como ir

Veja preços de pacotes e passagens aéreas para Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separada em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Artesanato de Óbidos

Portugal: o que comprar

Portugal é um dos países europeus mais interessantes para comprar roupas. Lisboa, Porto e Coimbra são os principais centros de compras. Você encontrará belos blazers, calças e saias de veludo ou lã de boa qualidade e design bonito (Portugal anda moderno!).

Não espere pechinchas ou roupas de grife a preços de banana. Comparativamente, os sapatos são mais caros do que os brasileiros. Se pensa em comprar muita coisa para uso próprio ou presente, deixe para fazer a maior parte das compras no final da viagem, evitando carregá-las por todo o país.

Especialidades regionais

Muitas cidades têm suas especialidades. É o caso de Arraiolos e seus famosos tapetes e de Barcelos e suas belas cerâmicas coloridas. Nos dois casos, o problema é o peso. Pergunte antes de comprar se o estabelecimento providencia a remessa dos produtos para o Brasil.

Mais em conta, mas não tão barato, são as toalhas de mesa bordadas e as rendas de bilro. Elas existem em todos os tamanhos, cores e preços e são vendidas em todo o litoral. Uma certa barganha é normal.

Em lugares como Valença do Minho há xales bordados à mão, maravilhosos, mas caríssimos, mais caros do que uma passagem em classe econômica do Brasil a Portugal. É só você saber quanto seu cartão de crédito aguenta.

Finalmente, existem também bebidas e especialidades gastronômicas. O problema com as bebidas é que pesam e muitas especialidades não têm embalagem adequada para a exportação. Vale mais a pena, portanto, comprar certos queijos, doces, vinhos e embutidos para comer durante a viagem. Alguns desses produtos você nunca irá experimentar em um restaurante.

Devolução de IVA

O IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado, um imposto sobre compras), genericamente aplicado sobre diversos bens em Portugal, é de 20%, mas turistas brasileiros (e de outros países não pertencentes à União Europeia) têm direito a reembolso, dependendo do valor mínimo de sua compra. Para receber o reembolso do IVA solicite uma declaração na loja ao fazer suas compras, com o valor pago, os produtos adquiridos e o total a receber.

O reembolso é obtido no aeroporto, em dinheiro, ou por cheque internacional, desde que você apresente suas compras na alfândega. Deixe-as bem à mão e reserve um tempo para as formalidades de reembolso, para não correr o risco de perder o avião.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde dormir em Lisboa

Hotel em Lisboa

Como ir à Cidade do Porto

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde dormir na Cidade do Porto

Hotel na cidade do Porto

Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Restaurante em Lisboa
Cozinha portuguesa, Nicola café-restaurante famoso em Lisboa

Cozinha portuguesa: muito mais rica do que supomos

Muitos brasileiros, quando ouvem falar em cozinha portuguesa, tendem a pensar apenas em bacalhau. Não estão errados, uma vez que, de fato, esse é o grande prato nacional lusitano. Fato curioso, já que o peixe vem do Mar do Norte, e não de águas portuguesas, onde ele não existe. É como se o prato nacional brasileiro fossem caranguejos gigantes da Terra do Fogo ou guisado de lhama. Não importa. Os portugueses podem ter ido buscar bem longe seu prato favorito, mas existe uma boa explicação histórica para esse fato: Portugal sempre foi um grande produtor de sal e trocava a mercadoria pelo bacalhau pescado na Noruega. Os barcos voltavam, portanto, carregados com o peixe salgado, que virou prato nacional. Acompanhado de um vinho bem escolhido, o bacalhau é uma grande pedida.

Mas a culinária portuguesa não é só bacalhau. A variedade de opções, se tomarmos em conta as dimensões do país, é assombrosa. Embora existam pratos comuns a várias regiões, outros são especialidades regionais, ou típicos de uma determinada cidade.

Gastronomia de muitas influências

A culinária portuguesa herdou receitas de fenícios, gregos, suavos, romanos e árabes. Depois, na época das grandes navegações, antes de outros povos do Ocidente, os lusitanos estiveram na Índia, na China, na África negra e no Marrocos, familiarizando-se com as especiarias e receitas locais. Aprenderam-nas, modificaram-nas, recriaram-nas, incorporando-as à sua cozinha.

Peixes e frutos do mar

Muitos pratos portugueses são à base de frutos do mar e de vários tipos de peixe. Certos frutos do mar são semelhantes a alguns conhecidos no Brasil, mas têm nomes diferentes. Ameijoas, por exemplo, são um tipo de vieira.

As carnes

A culinária portuguesa, além dos frutos do mar e pescado, tem ótimos pratos elaborados com carne de porco, de cabrito e de boi. Não deixe de experimentá-los e se puder vá a um restaurante frequentado pela população local.

Embora a batata seja muito consumida como acompanhamento de pratos de carne ou peixe, o arroz, introduzido pelos árabes, ao contrário do que acontece na maioria dos países europeus, também o é.

As sopas

Os portugueses igualmente apreciam sopas de todo tipo: com carnes, legumes, miolo de pão, ovos, peixes. Algumas, sozinhas, são uma verdadeira refeição. Diversas sopas, cozidos e açordas levam miolo de pão.

Culinária cada vez mais criativa

A culinária lusa talvez não tenha a sofisticação da francesa. É mais rústica, mas não menos saborosa. Ultimamente, a bem da verdade, a cozinha portuguesa tem se tornado mais requintada e as receitas de um mesmo prato podem variar um pouco segundo a região e até em razão da criatividade do chef. Hoje podemos falar de uma alta cozinha portuguesa e de uma culinária criativa.

Combinações tradicionais

Combinações tradicionais misturam ingredientes como feijão e bacalhau, frutos do mar e carne de porco, o que para alguns de nós pode parecer estranho. Certos embutidos podem ter nomes semelhantes aos brasileiros, mas não são a mesma coisa. É o caso do choriço. O de sangue é igual ao nosso, enquanto o de carne é um tipo de linguiça.

Os restaurantes em Portugal

Embora existam no país estabelecimentos refinados, em geral os restaurantes portugueses não são caros, nem têm a sofisticação dos londrinos ou parisienses. O serviço costuma ser (exceto em lugares muito turísticos e na alta estação) eficiente e cortês.

Como escolher um restaurante – Uma boa maneira de escolher um restaurante é dar uma espiada no ambiente. Há estabelecimentos simples, lotados por famílias locais nos finais de semana. Esses são os melhores.

Os petiscos – Logo que você se senta à mesa, servem petiscos (queijo, presunto etc.), que raramente são ofertas da casa e acabam encarecendo a conta. Se você não tiver interesse em consumi-los, avise ao garçom para que os retire da mesa (e da nota!).

O pão  – É grátis e não pega bem pedir para retirá-lo.

A refeição completa – Com os aperitivos, uma entrada, prato principal e sobremesa a refeição portuguesa completa provavelmente será farta demais, mas você não é obrigado a pedir todos os pratos. Também é comum, se vocês são duas pessoas acostumadas a comer pouco, pedir um prato para dois.

Dress code – Nos restaurantes mais elegantes não é adequado se apresentar de jeans, tênis ou camiseta.

Importante: Muitos restaurantes em Porugal costumam fechar um dia durante a semana. Pior: um restaurante que costumava fechar às segundas-feiras resolve de repente fechar às quartas. Além disso, por um mistério da cultura lusitana, muitos restaurantes fecham aos domingos. Recomendamos vivamente ligar para o estabelecimento e confirmar se o local está aberto para não bater com o nariz na porta.

Principais pratos

A gastronomia portuguesa, além do bacalhau, possui um enorme número de pratos. Saiba mais sobre os pratos mais presentes nos menus dos restaurantes portugueses.

Queijos

Portugal produz queijos com leite de ovelha, de vaca e de cabra –simplesmente divinos, mas pouco comercializados fora do país. Conheça os melhores queijos portugueses.

Os restaurantes em Portugal

Embora existam no país estabelecimentos refinados, em geral os restaurantes portugueses não são caros, nem têm a sofisticação dos londrinos ou parisienses. O serviço costuma ser (exceto em lugares muito turísticos e na alta estação) eficiente e cortês. Uma boa maneira de escolher um restaurante é dar uma espiada no ambiente. Há estabelecimentos simples, lotados por famílias locais nos finais de semana. Esses são os melhores.

Logo que você se senta à mesa, servem petiscos (queijo, presunto etc.), que raramente são ofertas da casa e acabam encarecendo a conta. Se você não tiver interesse em consumi-los, avise ao garçom para que os retire da mesa (e da nota!). O pão, porém, é grátis e não pega bem pedir para retirá-lo. A refeição completa com os aperitivos, uma entrada, prato principal e sobremesa provavelmente será farta demais, mas você não é obrigado a pedir todos os pratos. Também é comum, se vocês são duas pessoas acostumadas a comer pouco, pedir um prato para dois. Nos restaurantes mais elegantes não é adequado se apresentar de jeans, tênis ou camiseta.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Como ir à Cidade do Porto

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis na Cidade do Porto

Hotel na cidade do Porto

Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

Catedral de Évora, Portugal
Catedral de Évora, Portugal

Portugal: os pacotes e excursões

Pacotes

Principalmente na alta temporada, há grande oferta de pacotes para Portugal, que incluem a passagem, o hotel, o traslado e, em alguns casos, passeios e até mesmo o aluguel de veículo. Fale com seu agente de viagens. Alguns deles podem ter preços interessantes.

Uma vantagem dos pacotes, além da praticidade, é que muitas vezes podem ser pagos em parcelas.

Antes de optar por um, faça uma estimativa de quanto você gastaria por conta própria e compare os preços. Muitas operadoras têm pacotes vantajosos, pelos quais você paga bem menos do que comprando a passagem e pagando o hotel em separado. Algumas delas, aliás, podem montar pacotes sob medida para você. Quase sempre os hotéis são bons, mas não há muita flexibilidade na escolha dos estabelecimentos. Antes de comprar, informe-se sobre os hotéis em que ficará hospedado, principalmente quanto à localização e ao padrão de conforto que oferecem.

Mapa de Portugal

Excursões

Estas são uma boa opção para aqueles que não se sentem seguros em viajar sozinhos ou não querem se preocupar com nenhum detalhe da organização da viagem. Antes de se decidir, veja se esse tipo de viagem tem a ver com você: se está disposto a obedecer a uma programação, a ter que ir a todo canto acompanhado pelas mesmas pessoas e jantar em um restaurante escolhido pelo guia.

Uma opção intermediária é você ir para Portugal por sua conta e lá chegando pegar excursões locais de curta duração para fazer determinados roteiros, city tours etc.

Dica Sempre que puder, viaje na baixa estação. Na alta estação tudo é mais caro.

Operadoras de turismo brasileiras que trabalham com pacotes e excursões para Portugal

Algumas dessas operadoras possuem agências de viagens próprias. Nos demais casos, consulte os pacotes disponíveis e fale com seu agente de viagens.

ADV  www.advtour.com.br

Agaxtur  www.agaxtur.com.br

CI   www.ci.com.br

CVC   www.cvc.com.br

Designers tours  www.designertours.com.br

Flot  www.flot.com.br

Interpoint  www.interpoint.com.br

Maktur  www.maktour.com.br

Marsans    www.marsans.com.br

Nascimento Turismo  www.nascimento.com.br

Queensberry  www.queensberry.com.br

Informações práticas

Como ir

Portugal é um país facílimo para se viajar por conta própria, mas você pode, se preferir, pegar uma excursão.
Há voos diretos do Brasil para Lisboa e para o Porto. Há ligações aéreas entre as principais capitais europeias e Lisboa.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

 

Trens em Portugal
Trens em Portugal

 

 

Como ir

O preço da passagem de ida e volta em classe econômica de São Paulo a Lisboa tem importantes variações entre a alta e a baixa estação. Esta vai de meados de setembro a meados de dezembro e de meados de janeiro a meados de junho. A TAP tem voos diretos e diários de São Paulo para Lisboa. Para o Porto, poucos voos são diretos. O tempo de viagem para ambos os destinos é de aproximadamente 11h. Há voos também da TAP a partir do Nordeste, mas com menos opções de horários: de Salvador (tempo de viagem: 8h15), Fortaleza (7h), Recife (7h30) e Natal (7h).

Lisboa e o Porto possuem conexões aéreas diretas com as principais capitais europeias.
TAP www.flytap.com

Transportes internos em Portugal: como circular

Enquanto em muitos países a escolha do meio de transporte é simplesmente uma opção pessoal, em Portugal é um pouco diferente e depende muito do tipo de viagem que você pretende e do tempo de que dispõe. A escolha errada pode ser uma roubada. Por isso mesmo sugerimos que leia com muita atenção este capítulo, antes de se decidir.

Ajuda aos motoristas

Informações sobre transportes 

Avião

O território metropolitano português é muito pequeno para que o avião seja realmente útil. Os preços, aliás, também não compensam. Há voos entre Lisboa, Porto e Faro. São úteis principalmente quando utilizados em conexões aéreas para quem chega do Brasil ou de outros países. Para viajar entre as cidades portuguesas não é uma boa. Se você considerar que precisa chegar uma hora antes no aeroporto (para voos domésticos), que vai gastar dinheiro de táxi e perder tempo entre o centro da cidade e o aeroporto (tanto na ida como na chegada ao seu destino), verá que tomar avião não é a melhor decisão. Entretanto, o transporte aéreo é utilizado por quem vai para a ilha da Madeira ou para os Açores. A duração do voo é de pouco mais de uma hora e meia para ambos os destinos.

TAP Lisboa – End. Av. Duque de Loulé, 125 | Aeroporto Internacional de Lisboa End. 707 205 700 | Porto – End. Pça. Mouzinho de Albuquerque, 105 – End. 226 080 255 www.flytap.com

Trem (Comboio)

As linhas férreas em Portugal são administradas pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses. Veja dicas e informações para viajar de trem em Portugal

Ônibus (Autocarro)

Depois do carro, os ônibus são, em nosso entender, um dos melhores meios de conhecer Portugal. Pontuais, mais rápidos e com mais opções de horários e de linhas do que os trens (exceto os Alfa Pendular e Intercidades), os ônibus são também um pouquinho mais caros. Em alguns lugares de Portugal, como no Algarve são, aliás, a única opção de transportes públicos entre as pequenas localidades.

O único inconveniente em Portugal para viajar de ônibus é que não existem por lá megaestações rodoviárias como no Brasil, que servem a todas as empresas e destinos. Em muitos casos, as companhias podem utilizar diferentes terminais, o que atrapalha um pouco. Isso, porém, começa a mudar.

Existem dois tipos de ônibus interurbanos em Portugal: os regionais, mais lentos, que param em tudo quanto é canto, e os expressos, que ligam as principais cidades.

As viagens, diurnas, e de algumas horas, cruzando regiões de grande beleza natural, podem ser bem agradáveis. Os ônibus regionais, apesar de terem o inconveniente de serem mais lentos, lhe permitem apreciar melhor a paisagem e ter um deslumbre das graciosas cidades interioranas.

Principais empresas de ônibus em Portugal

Eurolines  www.eurolinesportugal.com Linhas de ônibus de Portugal para a Espanha e outros países da União Europeia. Rede Expressos de Portugal www.rede-expressos.pt
Rodonorte  www.rodonorte.pt

Sua bagagem

Ao entregar sua mala ao funcionário da companhia para ser colocada no bagageiro do ônibus, ele lhe fornecerá um recibo. Guarde-o, pois você precisará dele para retirar sua bagagem ao chegar.

Lembre-se de que os bagageiros internos dos ônibus são em geral pequenos se comparados aos dos aviões. Leve consigo uma pequena bolsa dobrável, vazia, para utilizar durante viagens de ônibus. Ela servirá para você guardar algum objeto que deseje ter à mão: um livro, algum medicamento, máquina fotográfica, uma garrafa de água mineral, biscoitos, lenço de papel e, principalmente, uma malha ou blusão (o ar condicionado de alguns ônibus no verão pode ser gelado).

Carro

O carro é, pela nossa experiência, o meio de transporte mais indicado para viajar pelo interior de Portugal. O país é pequeno, mas, às vezes, a cada 30 ou 40 km há um castelo ou uma cidadezinha interessante para visitar. Veja informações e dicas

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Portugal

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

A melhor época para ir a Portual

Quando ir: temperaturas, chuvas, clima

Por estar situado no sul da Europa e ter um clima mediterrâneo, Portugal não é frio como a maioria dos países europeus e pode ser visitado em qualquer época do ano. Alguns meses, entretanto, são excessivamente quentes, e durante o inverno as temperaturas mínimas podem incomodar os mais friorentos. As melhores épocas para visitar a maior parte do país são, em princípio, a primavera (abril e maio) e o outono (outubro e novembro).

Mapa de Portugal

O país é pequeno e, embora o sul tenha temperaturas mais amenas e o norte seja mais frio, as diferenças não são expressivas.

A altitude também influi: nas serras, como a da Estrela e a do Marão, e em outras regiões serranas neva nos meses mais frios.

Enfim, frio e calor são algo relativo. O que é “gelado” para uns é “agradavelmente fresco” para outros; um “calor insuportável” pode ser considerado “uma delícia” por quem odeia frio… Veja na tabela de temperaturas o que você considera frio ou calor. Não se assuste em demasia com as temperaturas assinaladas como “médias mínimas”; as horas mais frias são as da madrugada, quando você muito provavelmente estará sob as cobertas, bem aquecido (e, quem sabe, bem acompanhado).

Embora temperaturas elevadas ou baixas possam incomodar, o que não combina mesmo com viagem é chuva, ainda mais em um país em que as principais atrações são as belíssimas paisagens e a arquitetura. Ainda bem que Portugal não é um país particularmente chuvoso. O sul é bastante seco, o norte é mais úmido. O inverno é a estação mais chuvosa.

Como ir

Avião

Há voos diretos do Brasil para Lisboa e para o Porto. Há ligações aéreas entre as principais capitais europeias e Lisboa.

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Portugal nas quatro estações

Primavera

Temperaturas diurnas amenas, frescas. Chove um pouco no norte. Os campos portugueses, floridos, ficam lindos. As regiões serranas do norte, no início da primavera, são ainda frias.

Verão

Portugal, sobretudo o Algarve, é literalmente invadido por franceses, alemães, ingleses, vikings e visigodos. Tudo fica lotado, mais caro e os serviços perdem qualidade. Em julho e agosto as temperaturas podem alcançar mais de 30 ºC. Se você não gosta de calor excessivo, evite essa época. São meses que agradam em cheio europeus carentes de sol e praia, mas não tanto a nós, brasileiros, que temos ótimas praias o ano todo. Chove pouco.

Outono

Ótimo período para visitar o país. O início do outono tem dias quentes e noites frescas. Ao longo da estação, as temperaturas máximas caem. No final do outono as paisagens, sobretudo no norte de Portugal, assumem belos tons dourados ou avermelhados. Início das chuvas no Porto.

Inverno

O auge do inverno pode ser desagradável à noite para aqueles que detestam frio, mas é raro ficar “insuportável”. É quando mais chove no ano, principalmente na região do Porto. No norte do país as temperaturas nas serras podem beirar o zero grau. No Algarve (Faro) nem as chuvas nem o frio chegam a incomodar. Na Ilha da Madeira o inverno é também suave.

Agora que você pode escolher a época em que visitará Portugal, veja a bagagem que deve levar.

LISBOA_descobr06
Para entender Portugal

Para entender Portugal

O país

Portugal, o país, mais ocidental do continente europeu, ocupa apenas 16% da Península Ibérica. Banhado a oeste e ao sul pelo Oceano Atlântico, faz fronteira unicamente com a Espanha a leste e ao norte.
Sua população é menor do que a da cidade de São Paulo. As maiores cidades são a capital Lisboa, com aproximadamente 550 mil habitantes (2 milhões na Grande Lisboa), e o Porto, com 270 mil (1 milhão no Grande Porto). As demais cidades são, para os nossos padrões, relativamente pequenas. A densidade demográfica do país é de 114 pessoas por quilômetro quadrado, enquanto a brasileira é de apenas 22.

Mapa de Portugal

Geografia de Portugal

Portugal é beneficiado pelos ventos úmidos do Atlântico: suas paisagens são menos secas que as espanholas e o verde é mais presente. Apesar de ter um pequeno território, Portugal possui regiões bem diferentes entre si tanto do ponto de vista geopolítico como do geofísico. Neste guia, optamos por dividir o país em regiões turísticas segundo o modelo oficial do Turismo de Portugal, que nos pareceu bem racional.

O rio Tejo

O Tejo é uma espécie de fronteira geológica lusitana. Ao norte dele, na porção mais acidentada de Portugal, ficam as serras da Estrela, com quase 2.000 m, ponto culminante do país, e do Marão. Ambas são regiões montanhosas, sujeitas a nevascas no inverno. Ao sul do Tejo, a paisagem é caracterizada por largas extensões planas ou suavemente onduladas, de clima mais suave. Enquanto na primeira predominam pequenas propriedades agrícolas estabelecidas em vales profundos ou nas encostadas íngremes, na margem meridional do Tejo vigora o regime de latifúndios.

Vídeo sobre turismo em Portugal

Um país bem integrado, mas com características regionais próprias

Embora o país seja bastante integrado, formado por um só povo que fala uma só língua (ao contrário da Espanha, onde há bascos, catalões e outras minorias com idiomas próprios e reivindicações separatistas), cada região portuguesa tem características próprias.

As diferentes regiões portuguesas

Alentejo

É onde fica a encantadora cidade de Évora, é uma imensa planície ocupada por grandes plantações: trigais, olivais, vinhedos. Uma serra baixa, de aproximadamente 900 m de altitude, separa o Alentejo do Algarve, no extremo sul, conhecido por suas belas praias de areia dourada, seu mar de tons esmeralda e falésias. Recebe, sobretudo no verão, turistas de todos os cantos da Europa.

A região de Lisboa

É a mais povoada, rica, industrializada e politizada de Portugal, diferente do resto do país. É a cidade que mais se parece com as restantes metrópoles europeias.

O Centro: Coimbra e Beiras

A região das Beiras, onde fica a Serra da Estrela, é uma área agrícola, produtora de grãos, cortada por vários rios, como o Mondego, o Zézere e o Dão. É onde ficam Coimbra, Viseu, Aveiro e Guarda.

Porto e o Norte

O Porto e o Norte, entre os rios Douro e Minho, que separa o país da Espanha, são uma região famosa por seus vinhos, relativamente rica, exceto a subregião de Trás-os-Montes. Historicamente, é o berço de Portugal. Além do Porto, ficam nessa parte do país cidades como Guimarães, Braga, Vila Real, Viana do Castelo e Bragança.

Algarve  

 Corresponde ao extremo sul de Portugfal, com lindas praias procuradas sobretudo por europeus durante o verão. É one ficam Faro, a capital, Lagos e outras cidades.

Portugal na União Europeia

Após o ingresso na Comunidade Econômica Europeia (hoje União Europeia), em 1986, o país, já em plena normalidade democrática depois do período de turbulência que se seguiu à queda, em 1974, da ditadura salazarista, passou por rápido desenvolvimento. Sua renda per capita dobrou. Ultimamente, porém, o país tem enfrentado problemas econômicos de certa gravidade, como outras nações da União Europeia, que não conseguem estabilizar suas contas.

 Informações práticas

Como ir

Avião

Há voos diretos do Brasil para Lisboa e para o Porto. Há ligações aéreas entre as principais capitais europeias e Lisboa.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Portugal

Escolha e reserve seu hotel no Algarve

Escolha e reserve seu hotel no Alentejo

Escolha e reserve seu hotel em Coimbra

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel no Porto, Minho e Douro

Escolha e reserve seu hotel no Norte de Portugal

Escolha e reserve seu hotel na Região de Lisboa

Escolha e reserve seu hotel na Serra das Estrela

Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.

arquitetura barroca em Portugal
Por que ir a Portugal?

Por muitas razões, pá… muitas

Por que ir a Portugal? Inúmeros motivos tornam Portugal um destino particularmente atraente para o brasileiro. A começar pela língua: lá, você entende quase tudo que se fala… Em Portugal estão as raízes da maioria de nós. Mesmo que tenhamos também sangue índio, africano, italiano, espanhol, hebraico, alemão, eslavo ou árabe, são raros os brasileiros que não têm sequer um bisavozinho português. É verdade que muitos brasileiros que vão a Portugal o fazem um pouco em busca de suas raízes. Então querem visitar Braga ou Guimarães, porque são as cidades de seus antepassados. Mas tem muito mais do que língua e origens no interesse dos brasileiros por Portugal.

Mapa de Portugal

Clima suave, custo de vida baixo

Embora esteja situado na Europa, o país tem clima suave e pode ser visitado praticamente o ano todo. É uma das nações mais baratas da continente europeu para o turista: transportes, hospedagem e alimentação têm custos hoje em dia semelhantes ou até mais baixos do que os brasileiros. É claro que ninguém resolve visitar um país apenas porque é barato. A verdade é que Portugal é gira (vá anotando e aprendendo a falar “lusitano”). Vamos traduzir para aqueles que ainda não sabem: Portugal é legal… Demais.

Gastronomia maravilhosa

Você come muito bem; se gostar de bacalhau, come ainda mais divinamente… Os doces portugueses são também irresistíveis. Não dá para olhar uma vitrine de pastelaria (confeitaria) e deixar de salivar. Outra tentação são os vinhos, quase sempre excelentes. Alguns deles são verdadeiras obras-primas da viticultura, caríssimos no Brasil (cujo mercado foi ocupado por chilenos e argentinos), mas acessíveis por lá, principalmente se você comprá-los nas próprias quintas.

Vídeo sobre turismo em Portugal

Uma herança arquitetônica sem igual

A herança histórica e arquitetônica de Portugal é a principal razão para conhecê-lo. Existem em Portugal belíssimas cidades ainda cercadas por suas muralhas, sítios arqueológicos, museus, igrejas – muitas forradas de lindos azulejos –, edifícios dos mais variados estilos de arquitetura – manuelina, gótica, mourisca –, mosteiros, palácios barrocos e renascentistas e castelos medievais. Em alguns deles, você tem a impressão de voltar no tempo e, do alto de uma torre fortificada, começa a imaginar as batalhas ali travadas entre portugueses e mouros ou castelhanos. A visita a esse enorme acervo é facilitada pela pequena dimensão do país, servido por transportes públicos que funcionam muito bem e uma excelente rede de estradas de rodagem, que dão de dez a zero nas nossas.

Portugal agrada a todos

Portugal consegue ser um destino perfeito tanto para um casal (que delícia tomar um vinho bem acompanhado, em Vila Nova de Gaia, vendo o sol se por sobre os casarões do Porto, do outro lado do Douro!), para grupos de amigos, para famílias com crianças… Tem para todos os gostos.

Finalmente, em nenhum outro país europeu você encontra um povo tão acolhedor, comunicativo, simpático. E aí, pá, não são essas razões suficientes para você ir já começando a preparar sua viagem à “terrinha”?

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis Lisboa

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.