Praga

 Praga, onde tudo começou

Foi em Praga que o muro e Berlim começou a ser destruído.

Sobre Praga

A cidade de Praga na época do comunismo era capital da República Socialista da Tchecoeslováquia. Com a queda do comunismo o país se dividiu em duas nações. A República Tcheca, manteve Praga,  a maior cidade do país, com mais de 1.200.000 habitantes, como capital. Bratislava ficou sendo capital da Eslováquia. De todas as cidades do Leste Europeu, Praga, situada sob elevações às margens do rio Vlatava, cortado por pontes históricas,  é a mais bela. Sua uma arquitetura é simplesmente linda, original, única.

Mapa de Praga

Como ir

Avião

Não há voos diretos do Brasil,  tome uma conexão em Frankfurt, Paris ou Londres.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar em Praga

Uma boa região para se hospedar é Malá Strana, a Cidade Velha e a Cidade Nova (que não tem nada de nova, na verdade… ) e a Praça San Venceslau.

Escolha e reserve seu hotel em Praga

Praga, melhor época

Evite principalmente o inverno. De abril a outubro as temperaturas são mais amenas.

Pontos turísticos em Praga

Praga é uma cidade para se passear a pé, sem pressa, percorrendo as ruas antigas, atravessando a ponte Carlos várias vezes… Um de seus mais deliciosos bairros é o Malá Strana, em frente ao rio, construído no século XIII e preservado com poucas alterações.

Castelo de Praga

O famoso Castelo de Praga é um conjunto que inclui, entre muralhas, a catedral de São Vito, ruelas medievais e o palácio real. À noite, iluminado, visto da outra margem do Vltava, o castelo chama a atenção por sua imponência.

Karluv Most

(Ponte Carlos) Liga Malá Strana à Cidade Velha de Praga e é possivelmente a mais bela das pontes européias. Com 500 metros de comprimento e toda enfeitada por estátuas, ela oferece uma vista privilegiada das margens do rio, das torres da Cidade Velha e de Malá Strana.

Praça da Cidade Velha

É onde estão algumas das principais atrações turísticas de Praga. Abriga, entre outras edificações, a Prefeitura e a igreja de Nossa Senhora de Tyn. Na praça e ruas adjacentes, onde não circulam veículos, há, ao lado de lindos e coloridos prédios e igrejas, cafés e restaurantes com mesinhas ao ar livre, num ambiente único.

Bairro judeu

Nesse bairro encantador estão a sinagoga mais antiga da Europa e o cemitério judaico, no qual as lápides desordenadas criam um cenário incomum. Em cada esquina, cada canto, cada prédio, a Cidade Velha reserva sempre uma boa – e linda – surpresa.

Parque Petrin

 É o lugar ideal para caminhadas e para visitar uma torre que, embora bem menor, é réplica da torre Eiffel, proporcionando ao visitante uma vista panorâmica da cidade de Praga. No outono os seus plátanos tingem-se de todos os tons de vermelho e dourado.

Cidade Nova

  Não é tão nova, mas sim do século XIV. Nela fica a famosa praça São Venceslau. Embora chamada de praça, é uma larga avenida com um canteiro central, que tem grande importância histórica e afetiva para o povo tcheco: foi palco da Primavera de Praga e da Revolução de Veludo de Havel, ou seja, centro de acontecimentos políticos que mudaram a história do país.

Vida cultural

Praga também tem uma rica vida cultural: exposições, museus e, principalmente uma infinidade de teatros, nos quais predominam os concertos de música clássica. Não podemos esquecer que Mozart viveu por lá…

Site oficial de turismo de Praga

Dica 

Perto de Praga ficam a Hungria, cuja capital, Budapeste, é linda. Também dá para incluir a Áustria e sua capital Viena num roteiro pela Europa Oriental.