Château de Vincennes

Vincennes - Foto Nikunj Lodhla - IMG 4726 CC BY

Château de Vincennes, um lugar histórico

Essa enorme floresta na periferia de Paris rivaliza até certo ponto com o Bois de Boulogne; tem jardins, quatro lagos (os dois maiores, o Daumesnil e o Minimes, têm até pequenas ilhas no meio), um parque floral, um jardim zoológico e uma fortaleza medieval. No Bois de Vincennes existe um centro budista com um curioso templo de telhados pontiagudos, construído para a Exposição Universal de 1937. O bosque é um bom lugar para passeios a pé, de bicicleta ou de barco e é muito procurado pelos parisienses nos fins de semana. Se quiser comer algo, além de quiosques, há cafés nas ilhas, no meio do verde.

Mapa de Vincennes

A visita ao Château de Vincennes

M Château de Vincennes Abre das 10h às 18h; de setembro a de abril, fecha às 17h. As visitas são guiadas. A primeira residência real em Vincennes foi construída por Felipe Augusto no século XII. No início, era apenas um pavilhão de caça, mas acabou se tornando um castelo-forte onde ocorreram muitos fatos ligados à História da França medieval. Pouca coisa sobrou do castelo primitivo além das muralhas e do donjon que, com 50m de altura, é a mais alta torre fortificada da Europa medieval. Em razão de suas dimensões, por estar cercado de muralhas e por ser rodeado por um fosso, era praticamente inexpugnável. Do final do século XVI ao século XIX, ele foi utilizado como prisão. O Marquês de Sade, o duque de Enghien e Fouquet foram alguns de seus “hóspedes” famosos. A Sainte-Chapelle, em estilo gótico, construída por São Luís para guardar relíquias trazidas das cruzadas, passou por uma reforma durante o reinado de Henrique II, quando foram acrescentados alguns detalhes renascentistas. Muitos de seus magníficos vitrais foram completamente destruídos pela tempestade que assolou Paris em 26 de dezembro de 1999, mas mesmo assim a capela pode ser visitada. Os pavilhões do rei e da rainha, que constituem a parte mais recente do castelo de Vincennes, foram construídos no século XVII, durante o reinado de Luís XIV, pelo arquiteto Le Vau, e não são abertos ao público. Château de Vincennes

Zoo de Vincennes

(Jardim Zoológico) * 53, avenue St-Maurice M Porte Dorée Fechado para reformas até 2014. O jardim zoológico que fica no Bois de Vincennes tem uma enorme variedade de animais, sendo mais de 500 mamíferos, inclusive um raro urso panda, num quadro um pouco mais natural do que aquele de bichos fechados em jaulas, pois eles são separados do público por fossos. Um elevador panorâmico leva o visitante ao alto de um rochedo que tem uma bela vista dos arredores e em volta do qual aves de rapina constroem seus ninhos. 

Palais de la Porte Dorée/Aquarium Tropical (Aquário)

293, av. Daumesnil 75012 M Porte Dorée. ( 01/53595860. Abre de terça a sexta-feira das 10h às 17h30 e aos sábados e domingos das 10h às 19h. Fecha às 2as. 4,50 €. PMP. No edifício construído em 1931 que abrigou o Musée National des Arts de l’Afrique et de l’Oceanie (cujo acervo foi transferido para o Musée du Quai Branly), permanecem em exposição o aquário tropical com peixes “exóticos” como piranhas e tubarões e um fosso de crocodilos. Palais de la Porte Dorée 

Informações práticas sobre Paris

Como ir a Paris

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde dormir em Paris

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Paris

Maquina fotografica

Paris em imagens  Fotos dos lugares de especial interesse turístico.

A França  em imagens  Verdadeira viagem fotográfica pela França. Dezenas de fotos das regiões Sul, Norte e Centro da França.