Bagagem para os Estados Unidos

Bagagem para os USA

Bagagem para os Estados Unidos

Roupas

Independentemente da duração de sua viagem, leve no máximo a quantidade de peças de roupa que você usaria durante uns dez dias no Brasil: é quanto basta. Mala pesada é um inferno.
Não importa se o seu estilo é informal, mais clássico ou qual é a sua idade: leve apenas o que for necessário e adequado à estação do ano em que você vai viajar. Tenha em mente que Nova York é fria no inverno, mas que no verão pode virar um forno e que não há a menor necessidade de levar roupas pesadas nessa época. Veja a tabela de temperatura na página 73 e considere os programas que você pretende fazer. Roupas formais, como terno e gravata para os homens e tailleurs e vestidos finos para as mulheres, são necessárias apenas para quem vai freqüentar lugares chiques, hotéis e restaurantes finos onde existe um dress code ou casas de espetáculos ou óperas. Isso, não é, geralmente, o caso da maioria dos brasileiros que visita a Big Apple.

O que é indispensável

Para ambos os sexos, em praticamente qualquer época do ano, o que é indispensável é um casaco, blusão, blazer ou mantô impermeável (e forrado, se for inverno). Casacos de couro são elegantes e podem ser usados com uma echarpe ou uma gravata, mas pesam mais. Os blusões de tecido sintético, por outro lado, são leves e bem práticos. Prefira modelos com bolsos internos e externos, úteis para carregar mapa de metrô, caneta etc. Sua carteira e passaporte devem ficar nos bolsos internos, de preferência fechados com zíper ou velcro. Casacos de camurça são lindos na vitrine da loja, mas não agüentam chuva; ficam logo encardidos.

Suas roupas amassam fácil?

 Leve roupas que não amassem muito ou — melhor ainda — que não precisem ser passadas, como, por exemplo, blusas de malha de gola rolê. Mandar passar roupa por lá é bem caro e esse serviço é raramente disponível nos hotéis mais simples. Quase todos os hotéis de rede têm ferro e tábua de passar roupa no quarto; consulte room amenities no site do hotel. Se não for o caso do seu hotel, coloque na mala um pequeno ferro de passar de viagem (de 110V) e um adaptador, pois os plugs americanos são chatos e não existe tomada para os de 2 pinos redondos como os brasileiros.

Camisetas são práticas

Para a maioria dos turistas camisetas é o tipo de roupa prática para serem levadas em sua mala. Se estiver meio frio, você pode vestir uma malha ou um pulôver por cima. Caso esteja muito frio, pode colocar também um blusão ou casaco por cima da malha. Se estiver calor, como pode acontece no auge do verão nova-iorquino, dependendo do programa, você pode sair de jeans e uma camiseta.

Nos meses frios

No inverno você irá precisar de luvas forradas, meias de lã, um chapéu ou gorro que cubra as orelhas, cachecol e um minhocão ou calça polar tipo “segunda pele”, vendida em lojas especializadas de esportes. Se não encontrar esses artigos à venda aqui no Brasil, pode comprá-los em Nova York (veja COMPRAS), mas tenha algum “quebra-galho” para não gelar até chegar à loja.

Atenção, meninas

Isto vale em especial para as turistas do sexo feminino: procure levar roupas de cores e estilos que combinem entre si e com os calçados que você está levando. Não leve sapato preto de salto alto para vestir com um jeans “de briga” !
Como calças e saias pesam mais do que camisas, camisetas e blusas, e sujam menos, não leve muitas; porém, coloque na mala vários “tops” que combinem com elas. No outono e no inverno, prefira saias de lã ou veludo e leve meias-calças grossas. Jeans são super práticos: não amassam, não sujam muito e os americanos os utilizam na maioria dos lugares. Mesmo no inverno você poderá usá-los se vestir um minhocão ou meia-calça de lã por baixo. Conforme a época do ano, leve também uma calça de lã ou veludo (no frio) ou ainda, no calor, de microfibra.
Exceto nos dias mais quentes, shorts, bermudas e camisetas de alcinha não são roupas adequadas para Nova York.

Quando precisar lavar alguma roupa

Peças íntimas e camisetas podem ser lavadas no banheiro do hotel. As demais, como um jeans, você terá que mandar lavar fora, o que sai caro. A opção, que porém só compensa se você tiver várias peças a serem lavadas, é ir a uma laundry (lavanderia self-service), que não é cara e geralmente já vende o sabão e o amaciante em caixinhas individuais para cada load (carga de roupa a ser lavada).

Sapatos

Nova York é um lugar seguro e agradável para se andar a pé; é provável que longas caminhadas façam parte de seu dia-a-dia por lá. Por isso, evite sair para bater pernas com sapatos pesados, apertados, de bico fino ou (atenção, mulheres) de salto muito alto. Sobretudo no inverno, escolha calçados de solado de borracha, pois a neve derretida deixa o chão úmido e escorregadio, encharcando rapidamente a sola de couro.

Calçados pesam e ocupam espaço na bagagem

Leve apenas os essenciais. Para homens, um par adequado de sola impermeável é suficiente. No verão, um mocassim ou uma sandália pode ser útil para os dias quentes. Para as mulheres, uma concessão ao glamour e à feminilidade: além de um par de sapatos ou botas confortáveis, outro par mais “chiquezinho”, de uma cor que combine com as roupas que você está levando. No inverno, uma bota forrada e impermeável é indispensável para ambos os sexos.
Leve graxa e escova ou pelo menos uma pasta de limpar couro, para quebrar um galho.

Acessórios

Já falamos do clima nova-iorquino: guarda-chuva é indispensável. Outros objetos úteis: além do passaporte, qualquer documento que tenha sua fotografia (RG, carta internacional de motorista etc); despertador; calculadora; alicate de unha; tesoura pequena; agulha e linhas de cores básicas; pinça; secador de cabelos de 110V (nem todo hotel possui, são comuns apenas em hotéis de 3 estrelas para cima); canivete estilo suíço multiuso; óculos escuros; caderneta de anotações; canetas esferográficas; óculos ou lentes de contato de reserva e uma receita para mandar fazê-los em caso de perda ou quebra (ficar sem óculos numa viagem pode ser um pesadelo!); produtos para limpar lentes de contato; sacos plásticos de diversos tamanhos.

Produtos de higiene e saúde

Leve consigo um kit básico de farmácia: aspirina ou outro analgésico e antitérmico, antinflamatório, protetor hepático, sal de frutas, esparadrapo, algodão, band-aid, termômetro e todos os remédios que você toma habitualmente, acompanhados das bulas. Caso você utilize algum medicamento de venda controlada (de tarja vermelha ou preta), leve também a receita médica. Ela não serve para comprar remédios nos Estados Unidos, mas pode ser útil para que a fórmula seja identificada facilmente por um médico americano ou na alfândega, se desconfiarem da legalidade do medicamento em questão. AtençãoNos Estados Unidos, a maioria dos medicamentos só pode ser comprada com receita médica local.

Produtos básicos de uso diário

Em uma nécessaire impermeável, coloque apenas um exemplar, do menor tamanho possível, de cada produto de toalete e de higiene pessoal que você usa: se faltar, será fácilimo comprar mais em qualquer farmácia. E, se for o caso, leve preservativos (condoms).

Malas

Você tem apenas duas mãos: acomode suas coisas em não mais que duas malas. Uma pequena, a ser levada como bagagem de mão, que você terá ao seu alcance dentro do avião, com uma muda de roupa (para o caso de extravio da babagem de compartimento) e tudo o que for importante, valioso, quebrável e de uso necessário durante o vôo; outra maior (mas não enorme), de preferência com alça retrátil e rodinhas, que irá para o compartimento de carga. Caso o que você pretenda levar não caiba nessas duas malas, é porque está levando coisas demais. Aliás, certas empresas aéreas estão cobrando uma taxa extra pela segunda mala despachada.

Se quiser trancar a sua bagagem de compartimento

Utilize cadeados reconhecidos pela TSA – Transportation Security Administration, o órgão público que regulamenta a política de transportes em todo o território norte-americano ( www.tsa.gov). Esse tipo de cadeado pode ser aberto pelo controle de segurança com uma chave mestra, sem sofrer danos ou ter a sua senha apagada.

Os lacres de plástico

Uma opção são os lacres de plástico, como aqueles usados em malotes do correio. No Brasil você terá que lacrar a sua mala no check-in; as companhias aéreas brasileiras costumam ter lacres. A segurança no Aeroporto de Guarulhos pode ser tão ou mais rígida que a dos aeroportos americanos. Tenha alguns desses lacres de plástico de reserva com você para, no caso de sua mala ser aberta, poder lacrá-la de novo. Os lacres são encontrados nos aeroportos, em papelarias ou em lojas que vendem artigos de viagens. Embora não sejam tão fáceis de encontrar, é nesse tipo de loja que você também pode comprar cadeados aprovados pelo TSA.

Objetos de valor

Como muitas vezes as malas chegam abertas ao Brasil, aparelhos eletrônicos, iPods, câmeras e objetos de valor devem sempre ser levados na bagagem de mão, pois todo mundo sabe que turista que chega dos EUA vem abarrotado de compras, e mala sem lacre é alvo fácil.

Nos Estados Unidos

Depois de fazer o check-in, você tem que levar sua bagagem até a máquina de raio-X. Nesse momento, peça autorização ao segurança para lacrá-la. Aliás, tanto na ida quanto na volta, pergunte antes de lacrar a mala. Faça-o muito educadamente; nem sempre autorizam.

Coloque uma etiqueta com seu nome e endereço no Brasil

Se já souber onde irá se hospedar, também o endereço em Nova York, bem fixada do lado de fora da bagagem. Ponha outra igual do lado de dentro, pois toda mala extraviada é arrombada pelo serviço de segurança dos aeroportos e a etiqueta externa pode se perder.

Evite ter objetos metálicos consigo: moedas, chaveiro etc.

Coloque-os na bagagem de mão, juntos; se tiver que abri-la e mostrá-los, fica fácil.

Após o 11 de setembro de 2001…

Objetos metálicos cortantes ou perfurantes (até mesmo uma pequena tesoura de cortar unhas), assim como líqüidos (mesmo água!) e sprays de qualquer tipo, devem ser colocados na bagagem de compartimento, pois é proibido levá-los na bagagem de mão. Isso no caso dos Estados Unidos é particularmente sério: evite problemas. Os seguranças de aeroporto nos Estados Unidos não costumam ser simpáticos. Se você não colaborar, serão ainda mais rígidos. É possível que o obriguem a tirar o sapato, ou que você seja revistado se o alarme disparar quando passar pelo detector de metais.

Informações práticas

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis em Nova York: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos.

Escolha e reserve seu hotel:  seleção por categoria e bairro