A Bahia do século XX aos dias de hoje
Centro Histórico de Salvador
Centro Histórico de Salvador

 

A Bahia do século XX aos dias de hoje

O começo do século XX

No começo do século XX, as jazidas da Chapada estavam esgotadas. O poderio dos coronéis estava em baixa e a maior parte das fazendas tornara-se improdutiva, com exceção daquelas da região cacaueira de Ilhéus.
A concorrência internacional dos produtos brasileiros, principalmente do açúcar, abalou a economia baiana. Apesar da diversificação da produção agrícola resultante do cultivo de cacau, algodão, mandioca, feijão, milho e fumo, as exportações baianas nem de longe podiam se comparar àquelas de seus tempos áureos.
A Bahia começou a experimentar momentos muito difíceis, que provocaram o êxodo de sua população rumo ao sudeste do país. Tal fenômeno, que se estendeu por décadas, diminuiu bastante ultimamente, mas a migração ainda existe.

O petróleo

Somente em 1949, quando a Petrobrás começou as explorar petróleo no Recôncavo Baiano, iniciou-se uma tímida recuperação da economia, com criação de novos postos de trabalho.
A industrialização foi implantada de forma efetiva somente por volta de 1970, com a criação do pólo petroquímico de Camaçari, na Grande Salvador. Novo impulso ocorreu em 1975, quando as primeiras indústrias de transformação se estabeleceram no pólo de Aratu.

A revitalização de áreas turísticas

A partir de 1991, os imóveis históricos de Salvador, sobretudo no Pelourinho e adjacências, foram revitalizados. O aeroporto foi modernizado e as rodovias de acesso ao Estado receberam melhorias. Em toda a Bahia, o turismo e as atividades afins foram impulsionadas, com ênfase na profissionalização e na criação de estruturas direcionadas à recepção de visitantes. Ou seja, demorou mas os baianos acabaram percebendo que o turismo é um grande negócio. Mesmo assim, muita gente reclama da conservação e limpeza do cento histórico, na Cidade alta.

Salvador

Salvador é hoje considerada internacionalmente como expoente de arte e cultura da América Latina e seu centro histórico está inscrito na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1985.

Interior da Bahia

No interior da Bahia, iniciativas do setor hidrelétrico em Paulo Afonso e em Sobradinho propiciaram a implantação de lavouras de frutas destinadas à exportação, beneficiadas pela irrigação. Iniciou-se também nessa região a produção de vinhos, alguns dos quais são hoje exportados.

O litoral

O litoral tem recebido visitantes brasileiros e estrangeiros em quantidade cada vez maior, devido à expansão da infra-estrutura turística, que compreende resorts luxuosos, bons hotéis e restaurantes.

O momento atual

Instituições de ensino superior estão proliferando e a Bahia tem se desenvolvido economicamente acima da média brasileira graças à industrialização e à crescente exploração petrolífera.
Esperamos que essa prosperidade se estenda a todo o povo baiano.

Informações práticas

Hotel em Salvador

Salvador possui hotéis e pousadas para todos os bolsos e para todos os gostos. Veja na listagem a localização e  o conforto oferecido por cada estabelecimento, com comentários.

Escolha e reserve seu hotel em Salvador

Como ir

Veja passagens aéreas e pacotes