Turquia

Sobre a Turquia

Mapa da Turquia

Como ir

A principal porta de entrada da Turquia é Istambul

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Istambul

A melhor época

Na Turquia, em Istambul, de novembro a fevereiro (inverno) é a estação mais chuvosa e o frio também atrapalha. Evite o inverno principalmente na Turquia central (Capadócia), onde as temperaturas caem abaixo de zero. As melhores estações são outono e primavera em toda a Turquia. Entre maio e setembro a temperaturas são perfeitas para quem quer pegar uma praia ou mergulhar.

ISTAMBUL – temperaturas médias
Primavera (abril): mínima 7 ºC / máxima 16º º
Verão (julho): mínima 18ºC / máxima 28ºC
Outono (outubro): mínima 13ºC / máxima 24ºC
Inverno (janeiro): mínima 3ºC / máxima 8ºC

Principais atrações turísticas da Turquia

Vídeo sobre a Turquia

Com uma pontinha do pé na Europa e outra na Ásia, a Turquia é o ponto de encontro do Oriente e do Ocidente.

Quase todo estrangeiro que percorre o país fica impressionado pela quantidade de ruínas gregas e romanas espalhadas por seu território da Turquia, sobretudo no Mediterrâneo e nas proximidades de Istambul, cidade que já se chamou Bizâncio e Constantinopla.

Mas é fácil explicar: Tróia, por exemplo, ficava onde é hoje território da Turquia, e Constantinopla foi nada menos do que a capital do Império Romano do Oriente, a cidade mais importante da Idade Média enquanto a Europa estava mergulhada na barbárie.

Por isso mesmo a Turquia é tão rica não só em vestígios gregos e romanos mas também em castelos, mesquitas, palácios, igrejas e fortalezas.

Istambul

É cortada pelo estreito de Bósforo, que une o Mar de Marmara (parte do Mediterrâneo) ao Mar Negro. É uma das mais fascinantes cidades do mundo, com seus minaretes recortados contra o céu, que a transformam numa cidade mítica das “Mil e Uma Noites”. Saiba mais sobre Istambul.

Tróia

Durante muito tempo procurou-se a localização de Tróia, tema que, durante muitos anos gerou polêmicas, até a mítica cidade ser descoberta pelo alemão Heinrich Schliemann (1822-1890) em Hissarlik, no noroeste da Turquia, perto do Mar Egeu. O interessante é que Schliemann não era arqueólogo profissional, mas um comerciante abastado, tão apaixonado pelo mistério de Tróia, que resolveu por seus próprios meios realizar escavações. Estas, iniciadas em 1870, estenderam-se até 1890 e conseguiram identificar vários períodos de ocupação humana no local, os mais antigos datados da Idade do Bronze. O que dificultou a pesquisa foi o fato das ruínas da antiga cidade portuária ficarem hoje a alguns quilômetros do litoral, já que o nível do mar abaixou.

Éfeso/Pamukkale  

Em razão de suas ruínas do período romano é uma das mais importantes atrações turísticas da Turquia. Sites: Éfeso/Pamukkale  

Antália

No Mediterrâneo, espremida entre as montanhas e o mar, reúne diferentes atrações: o velho bairro de Kaleici, com casas de madeira; o anfiteatro romano de Aspendos, nas proximidades; estações de esqui em montanhas de quase 2.000m; três parques nacionais; cavernas impressionantes, algumas com vestígios pré-históricos; cachoeiras; e um litoral de grande beleza, propício ao mergulho. Antália tornou-se um dos importantes destinos turísticos na Turquia. Afinal, poucos lugares conseguem oferecer tanto em termos de belezas naturais e riqueza arqueológica. Site: Antália

Capadócia

Outro ponto alto do turismo no país é Goreme, na Capadócia, região da Turquia Central.

Transportes.

Circulando: transportes internos

Avião

Pode valer a pena tomar avião entre Istambul e Ankara (460 km de estrada!) ou para quem quer conhecer à Capadócia. Site da Turquish Airlines

Trem

Na Turquia, os trens são baratos e relativamente confortáveis, e unem Istambul a Izmir a Ankara. Para as grandes distâncias há trens noturnos com vagões-dormitórios. Mas são um pouco lentos: para percorrer uma distância mais ou menos equivalente a São Paulo-Rio, de Istambul a Ankara, levam uma noite inteira…

Carro

As estradas são boas na Turquia e as principais têm pista dupla. Nas estradas menores do interior há carroças, charretes, ciclistas e até mesmo gado circulando pelo acostamento ou pela própria estrada. Muito cuidado: os turcos não costumam respeitar leis de trânsito e os acidentes são numerosos. Durante o inverno, pode haver gelo nas estradas de montanha. A pista torna-se escorregadia e perigosa.
Se você não alugar um automóvel pode utilizar as “lotações” turcas, carros comuns, geralmente Mercedes, que levam 4 ou 5 pessoas. Funcionam bem, são super-rápidas e garantem grandes emoções aos passageiros!

Ônibus

Na Turquia os ônibus costumam ser bons, confortáveis (alguns até com serviço de bordo), rápidos e vão para todo canto. São o principal meio de transportes no país.

Dicas

– Embora você possa, principalmente nas grandes cidades turcas, como Istambul e Ankara, ver mulheres vestidas até mesmo de mini-saias, as turistas ocidentais são muito assediadas e vistas como “mulheres fáceis”. Usar decotes e roupas justas ou provocantes pode resultar em aborrecimentos. Por isso mesmo, não é recomendável a mulheres ocidentais aventurarem-se pelo interior do país sem uma companhia masculina ou uma excursão guiada.
– Apesar de ser islâmica, a Turquia não é um país árabe; turcos e árabes não gostam de serem confundidos!
– Os táxis podem ser uma boa pedida. São baratos e o transporte urbano é falho. Mas há uma regra a ser seguida: combine o preço antes, barganhe e veja se o taxímetro funciona.
– Na Turquia, a culinária lembra um pouco a grega e a libanesa: legumes recheados (principalmente a berinjela), carneiro, charutinho de folha de uva… Os pequenos restaurantes chamados lokanta são bons e baratos. Nas grandes cidades há ótimos restaurantes internacionais.

Sites de turismo sobre a Turquia

Tourism Turkey – Site oficial de turismo da Turquia (Turkish National Tourist Office). Todo tipo de informações sobre turismo, hospedagem, (hotéis, bed and breakfast), tours, transportes. Em inglês.
Turkey Embassy Washington – Site oficial do país, com geografia, história, informações turísticas e fotos. Em inglês.