Música portuguesa
Fado - Foto Pedro Ribeiro Simões CCBY SA
Pintura em azulejo sobre o fado em Portugal

 

Portugal e a música portuguesa: o que você sabe sobre ela?

Nem seria necessário falar: a música mais típica de Portugal é o fado, tão característico de sua cultura musical como o samba no Brasil. Estudiosos acreditam que a palavra fado significa “destino”, oriunda do latim fatum.

Muito se discute sobre a origem do fado. Não há consenso. O que se sabe é que ele teria surgido em Lisboa e foi se tornando mais conhecido a partir da segunda metade do século XIX. Era o fado do marinheiro, com letras simples, pouco elaborado e cantado em cantinas vagabundas dos portos e em bordéis dos bairros populares. Esse tipo de fado, com letras, às vezes picantes, foi combatido pela Igreja, que procurou desestimular esse tipo de música ou mesmo tentar proibi-la. Pouco a pouco, o gênero musical foi alcançando salões aristocráticos, levado, talvez, pelos fidalgos frequentadores de bordéis. Com isso, começaram a aparecer fadistas profissionais, com vestimentas típicas, negras, facilmente reconhecíveis.

Foi principalmente a partir das primeiras décadas do século XX que o fado, ao mesmo tempo que se popularizava, foi se tornando mais artístico e rico, com letras mais sofisticadas e versos mais elaborados. A partir de 1930, com sua difusão pelo rádio, ele atingiu um público mais amplo. Logo alcançou o palco de teatros, depois, o cinema. Seus principais intérpretes mereceram ter suas músicas gravadas em discos. Apareceram, então, as chamadas Casas de Fado, onde as canções eram interpretadas por profissionais.

Portugal: a temática do fado

A temática tradicional do fado é, de modo geral, nostálgica. Canta o sofrimento de uma paixão não correspondida, a saudade de tempos passados, a lembrança de um amor perdido, o destino, a saga de alguns. Durante a ditadura salazarista, as letras das canções eram cuidadosamente esmiuçadas por censores. A crítica social só apareceu quando o país se redemocratizou. Em Lisboa, os novos cantores Carlos do Carmo e José Afonso puderam dar uma contribuição mais polêmica e politizada às suas letras.

O fado é cantado por uma só pessoa, mas acompanhado por músicos que utilizam nas apresentações a guitarra portuguesa.

Quem mais popularizou o fado, tornando-o internacionalmente conhecido, foi Amália Rodrigues, que introduziu nas canções letras de poetas de renome. O fado também se diversificou nacionalmente. O de Lisboa é o mais conhecido. Mas outras formas se desenvolveram em Coimbra, sempre cantadas por homens.

Fadistas de gerações mais recentes aportaram elementos novos, mais modernos. É o caso de Madredeus, Rodrigo Leão, Camané, Teresa Salgueiro, Cristina Branco, Mísia e outros.

Informações práticas sobre Portugal

Como ir a Lisboa

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotel em Lisboa

Escolha e reserve seu hotel em Lisboa

Transportes em Portugal

Veja como circular por Portugal

Portugal em imagens

Maquina fotograficaÁlbum fotográfico com dezenas de fotos de Portugal separadas em slide-shows  sobre a as regiões mais interessantes do país.