Gubbio, Itália

Cidade fundada pelos etruscos

Originalmente etrusca, em seguida romana, de aspecto tão medieval quanto Assis, Gubbio, na Umbria (Úmbria), é um antigo burgo inteiramente preservado, com ruelas, praças, passagens cobertas, pontes, torres, igrejas e palacetes. Construída sobre o Monte Ingino, com casas de pedra cobertas de velhas telhas de terracota, a cidade se destaca das terras baixas em volta. Caminhar por suas ruas é como voltar ao passado.

Mapa de Gubbio

Gubbio, como ir

Veja preços de passagens e pacotes para a Itália

 Carro

De Perugia (40 km) utilize a S298.

Ônibus

Há ônibus diretos de Perugia (1h), que partem da Piazza Partigiani.

Trem

A estação ferroviária Fossato di Vico/Gubbio fica a 18 km da cidade, portanto quem vai de trem precisa depois tomar um ônibus ou táxi. De Perugia (1h a 2h30) há baldeação em Foligno (não compensa; é melhor o ônibus). Partindo de Florença (a partir de 3h15) também é preciso trocar de trem em Foligno. De Roma (2h a 3h) há trens diretos.

Hospedagem

Escolha e reserve seu hotel em Gubbio

Melhor época

Primavera e outono. Veja detalhes sobre a melhor época para viajar pela Itália

Atrações turísticas em Gubbio

Piazza della Signoria

O coração da cidade é a Piazza della Signoria. Os mais importantes edifícios do centro antigo são o austero Duomo românico do século XIII; o Palazzo Ducale, construído em 1480, com um pátio renascentista e salões decorados com afrescos; e o gótico Palazzo dei Consoli. Nesse palácio funciona o Museo Civico, onde estão expostas belas cerâmicas que tornaram Gubbio famosa na Idade Média, e as Tavole Eugubine, tábuas de bronze dos séculos I e II a.C. com inscrições religiosas em etrusco.

Piazza del Bargello

No fim da ultrapitoresca Via dei Consoli fica a Piazza del Bargello, onde estão o palácio de mesmo nome, do século XIV, e a curiosa Fontana dei Matti (“Fonte dos Loucos”). Segundo a lenda, quem der três voltas em torno dela perde a razão, com direito ao título de “Maluco Honorário de Gubbio”. A cidade não é lotada de turistas, mas candidatos ao título não faltam!

As Portas da Morte

Pode-se ver ainda no centro histórico que algumas casas tinham pequenas portas conhecidas como Porte della Morte. Segundo a tradição, eram destinadas à passagem de caixões. Ao que parece, na verdade eram portas alternativas para o caso de a cidade ser atacada e os moradores precisarem colocar barricadas nas portas principais. (Não era fácil viver na Idade Média!)
Entre outras atrações da cidade estão as ruínas de um anfiteatro romano e a igreja de San Francesco, do século XIII.

As festas de Gubbio

Corsa dei Ceri – Em Gubbio, cidade que, orgulhosamente, mantém vivas suas tradições, acontece todos os anos, desde a Idade Média, no dia 15 de maio, uma importante festividade: a Corsa dei Ceri. O ponto alto das comemorações é o transporte dos ceri, pesadíssimas peças de madeira de quatro metros de altura, da cidade até a Basilica di Sant’Ubaldo – uma subida e tanto! No alto de cada cero está a imagem de um santo: Ubaldo, Giorgio e Antonio. Cada um deles, padroeiro de uma das antigas corporações de Gubbio (pedreiros, comerciantes e agricultores) é carregado por seu “time”. As ruas ficam aglomeradas de gente que acompanha a corrida. O importante é não deixar os santos caírem. Por tradição, Santo Ubaldo tem de chegar em primeiro lugar!

Palio della Balestra – Outra festa folclórica de Gubbio, que ocorre no final de maio, é o Palio della Balestra, uma competição cujos participantes, vestidos à moda medieval, disputam tiro ao alvo com essa mortífera arma. (Para quem não sabe, a balestra dispara flechas a altíssima velocidade e com grande precisão, mediante o acionamento de um gatilho).

A Itália em imagens

Uma verdadeira viagem fotográfica por cada região da Itália, com dezenas de imagens separadas por destinos

Maquina fotografica

Centro da Itália em Imagens

Sul da Itália em imagens

                                      Norte da Itália em imagens