Bangkok (Bangcoc)

Sobre Bangkok

Fundada em 1782 após ataques birmaneses contra a antiga capital, Ayutthaia, a cidade de Bangkok conta hoje com cerca de 10 milhões de habitantes e é uma das grandes capitais da Ásia e do mundo.

Mesmo sendo uma cidade moderna e dinâmica, Bangkok conserva muitos aspectos da cultura tradicional. Na parte nova da cidade, há edifícios de luxo, e na parte antiga, cortada por canais, casinhas de madeira sobre palafitas e antigos templos.

Mapa de Bangkok

Como ir a Bagkok

Bankgok é a porta de entrada da Tailândia. Não há voos diretos do Brasil. Tome um avião para uma capital europeia e depois uma conexão para Bankgok, ou então via Ádia do Sul. Fale com seu agente de viagens, faça cotação de preços e veja a opção mais interessante. Algumas rotas são mais batatas mas você se poderá ter que tomar um “há de aeroporto” de muitas horas. O visto é obtido na hora no próprio aeroporto, mas a vacina contra febre amarela é obrigatória. Qualquer dúvida ligue para o consulado da Tailândia em São Paulo, (11) 7295-2820, no Rio de Janeiro (021) 2525-0001 ou (61) Seção Consular da Embaixada da Tailândia em Brasília, já que essas regras estão sempre sendo alteradas.

Não há voos diretos do Brasil. Pode ir à Tailândia via África do Sul e Índia ou via Europa.

Compare preços de passagens aéreas e faça sua reserva

 

Onde se hospedar em Bangkok

Procure ficar no centro ou próximo ao centro. O trânsito em Bangkok é infernal e o centro moderno é mais prático.

Escolha e reserve seu hotel em Bangkok

 

Melhor época

Inverno: Dezembro a fevereiro

Atrações turísticas

O centro de Bangkok, muito chique, tem hotéis de luxo e shopping centers; a alguns quilômetros dali, funciona um típico mercado flutuante, onde os mercadores vendem seus produtos sobre canoas.

Por falar em mercados, Bangkok possui um dos maiores da Ásia: o Weekend Market, onde se encontra literalmente de tudo. Nesses mercados existem pequenos restaurantes ou até simples banquinhas, onde se pode comer. Apesar de super simples, são bastante limpos. Há desde deliciosos camarões grelhados até quitutes um tanto exóticos para o gosto brasileiro, como gafanhotos empanados. Preste atenção no que você está enfiando na boca!

Wat Phra Kéo – Bangkok possui um dos mais belos e importantes santuários budistas da Ásia, o Wat Phra Kéo (Templo do Buda de Esmeralda). Construído no século XVIII, é formado por um enorme conjunto de templos e pelo antigo palácio real, conhecido como Grande Palácio, antiga residência dos reis do Sião.

Outros templos – Além do Wat Phra Kéo, outros importantes templos em Bangkok são o Wat Pho (Templo do Buda Deitado), o mais antigo de todos, do século XVI; o Templo da Aurora, do começo do século XIX, em estilo khmer; e o Templo da Montanha de Ouro, do qual se tem uma vista panorâmica da cidade.
Outras atrações da cidade são um museu histórico e belas obras arquitetônicas, como a mansão Vimanmek, um antigo palácio real todo em madeira.

Casa de Jim Thompson – Uma curiosidade é a casa de Jim Thompson, transformada em fundação, e o palácio Suan Pakkard, residência da princesa Chumbot. Para quem não sabe, Jim Thompson era um agente do serviço de inteligência americano na Tailândia durante a Segunda Guerra. Terminado o conflito, permaneceu no país, acabando por se tornar um expert em arte tailandesa. Apaixonado pelas casas típicas de madeira de Bangkok, mandou desmontar duas delas e construiu uma para si, onde reuniu sua coleção de esculturas e pinturas. Um dia estava com amigos em uma casa de campo, saiu para dar uma volta e simplesmente desapareceu! Ninguém sabe até hoje o que aconteceu com Jim Thompson (se você tiver alguma pista, nos avise, por favor!). Sua casa, muito interessante, virou fundação e pode ser visitada. Site: Casa de Jim Thompson

Thomburi – O rio Chao Phraya e a rede de canais e afluentes à sua volta transformaram Bangkok numa espécie de Veneza do Oriente. O bairro de Thomburi, com suas casas sobre palafitas, é mais ventilado e fresco do que a parte moderna da cidade, que chega a ser sufocante. Percorrer a cidade de barco é uma boa maneira de conhecê-la e escapar do trânsito louco.

Dica

Para circular por Bagkok utilize táxi ou o tuk-tuk um veículo de 3 rodas como motor de motorcicleta, super ágil. O trânsito em Bankog é ainda pior do que o das grandes cidades brasileiras.

 

Maquina fotografica

 A Tailândia em imagens  Fotos dos lugares de especial interesse urístico.

 

Guias de viagem: para que servem?

Guias de viagem são livros com informações específicas sobre determinado país, região ou cidade. Existem guias de diversos tipos: os que dão maior ênfase aos aspectos históricos e culturais, os que ressaltam a indicação de hotéis e restaurantes, os que privilegiam as opções econômicas (querendo ensinar você a viajar durante 15 dias com US$ 10 ou coisa parecida), os que são mais indicados para quem quer viajar de automóvel num determinado país…

Conheça os títulos

Nossos guias on-line oferecem gratuitamente o conteúdo total dos títulos impressos, vendidos durante os últimos dez anos nas melhores livrarias. Esse conteúdo é, inclusive, superior ao dos guias impressos, pois foi atualizado, enriquecido com mais informações e um grande número de imagens. Bastar acessar este site em qualquer lugar onde haja wi-fi disponível. Você pode fazer isso utilizando seu tablet, lap-top ou mesmo do celular. 

Argentina • Bahia • Chile • Itália • New York •  Nova York • PeruPortugal •    

O que falam sobre os guias de viagem GTB

Opiniões  sobre os guias da série GTB (Guia do Turista Brasileiro) quando de seu lançamento.

As opiniões são referentes à primeira edição, as redações de turismo não costumam comentar as edições seguintes

Links afins