Para onde viajar no verão de 2020
El Calafate
El Calafate

Se você ainda pretende viajar neste verão, pode ser que você não consiga voo no melhor horário, ou que o hotel em que preferia ficar já não tenha lugar. Mas, mesmo assim, dá para fazer uma viagem bacana.

Se tiver dificuldade em encontrar passagem aérea ou hotel, a dica é procurar por pacotes comercializados pelas agências de viagem. Muitos ainda têm lugares, e em geral existem opções de preços bem variados, conforme a categoria do hotel e o horário do voo, quando é o caso.

Com o dólar e o euro nas alturas, pensamos em lugares no Brasil e em outros países da América do Sul para os quais você pode ir gastando bem menos do que se viajasse para outros continentes.

Paraty

No litoral sul do Rio de Janeiro, com um delicioso centro histórico colonial, o mais bem preservado do Brasil na nossa opinião, Paraty ganhou em 2019 o titulo de Patrimônio da Humanidade concedido pela UNESCO. Pelas praias deslumbrantes bem pertinho e muita animação, Paraty é imbatível como um dos melhores destinos de praia no Sudeste do Brasil. Bem legal para ir a dois ou com amigos. Porém, nada é perfeito: hospede-se no centro histórico ou perto dele, pois a periferia da cidade não é segura.

Brotas

No interior do estado de São Paulo,um lugar onde se tem  a oportunidade de curtir com a família ou amigos atividades como banhos de cachoeira, boia-cross, cavalgadas, rafting e tirolesa. Sem badalação, é um lugar descontraído que pode ser ótima opção para quem viaja com crianças ou adolescentes.

Bonito

Esse pedaço do Paraíso no interior do Mato Grosso do Sul atrai visitantes pela exuberância de sua natureza, principalmente cachoeiras e rios entre matas, onde se pode nadar, inclusive em meio a peixes coloridos, bem como fazer rafting e outras atividades que divertem adultos, jovens e crianças. Dica: só se fazem os passeios com reserva e guias autorizados. Portanto, sendo sua viagem em cima da hora, procure um pacote que inclua os passeios, para não correr o risco de chegar lá e tudo estar esgotado.

João Pessoa

Situada junto ao mar, a bela capital da Paraíba não tem o mesmo destaque turístico que outras cidades litorâneas do Nordeste. Justamente por isso, é uma cidade mais pacata, onde dá para descansar e curtir as praias sem stress. Além da tranquilidade, o diferencial de João Pessoa é que há praias bonitas e limpas na própria cidade; você não precisa se deslocar pra ter uma boa praia. Mas, mesmo assim, não deixe de visitar as praias das redondezas: bem pertinho de João Pessoa, há uma atrás da outra.

Ushuaia

A cidade conhecida como “cidade do fim do mundo”, no extremo sul da patagônia argentina, é perfeita para se visitar durante o verão. Mas mesmo durante o verão, faz bastante frio:  isso faz parte da curtição da viagem. Em Ushuaia você pode fazer coisas divertidas como navegar pelo canal de Beagle, avistar de perto animais como leões-marinhos, visitar uma antiga fazenda onde há uma ilha cheia de pinguins, ir de trem até o Parque Nacional da Terra do Fogo. Dá para encaixar El Calafate e Buenos Aires na mesma viagem.

El Calafate

Embora a maioria das pessoas vá a El Calafate,a na Argentina, por causa da famosa geleira (“glaciar”) Perito Moreno, e que a geleira de fato valha a viagem, há muito mais o que ver e fazer por lá, e os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são os ideais para isso. Trekkings sobre a geleira, passeios de barco em meio a blocos azuis de gelo flutuante e safáris de 4×4 para avistar animais da fauna local são algumas das atividades mais divertidas em El Calafate. Se puder, vá a Ushuaia na mesma viagem.

Lima

A capital peruana é um local muito interessante a ser visitado, embora a maioria das pessoas que vão ao Peru se limitem a Cusco e Macchu Pichu. A cidade, no litoral do Oceano Pacífico, tem um lindo centro histórico, museus de primeiríssima linha, alta gastronomia, bairros bastante charmosos e até sitíos arqueológicos em pleno centro urbano. (Porém, mesmo que venha a tentação, NÃO vá a Cusco e Machu Picchu entre dezembro e janeiro, quando é época de grandes volumes de chuva, que chegam a causar desmoronamentos. Se quiser esticar a viagem, vá a Arequipa ou a Trujillo, ambas também no Peru.)

Cartagena

A cidade histórica no litoral da Colômbia, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, é um destino procurado tanto por seu centro colonial bem conservado como pelas praias nos arredores. Janeiro e fevereiro são meses onde quase não chove por lá, o que torna Cartagena um ótimo destino para essa época do ano. Na mesma viagem, dá para encaixar a ilha de San Andrés e, com um pouco mais de tempo, a ilha de Providencia, ambas no Caribe colombiano.