Passaporte, vistos e consulados: o que você precisa saber

Passaporte brasileiro

Não importa se você vai chegar de avião, de carro, de ônibus, de trem, de navio de cruzeiro ou de patinete. Para entrar, como turistas, no território de todos os países do mundo (ou de quase todos, como você verá abaixo), os brasileiros necessitam de passaporte válido por no mínimo 06 (seis) meses a contar da data de sua entrada no país. É obrigatório apresentar seu passaporte mesmo que o país não exija visto para quem entra como turista. Passaporte é uma coisa, visto é outra.

Países onde é permitido entrar sem passaporte, com o RG

As exceções são os países listados abaixo, todos na América do Sul. Neles, você pode entrar sem passaporte, desde que apresente sua cédula de identidade (RG) original, em bom estado, que tenha sido emitido há menos de 10 (dez) anos e que permita sua identificação. Ou seja, precisa dar para reconhecer que a pessoa na foto do RG é mesmo você.

  • Argentina
  • Bolívia
  • Chile
  • Colômbia
  • Equador
  • Peru
  • Paraguai
  • Uruguai
Mas, atenção! NÃO serve a cópia do RG, mesmo que seja autenticada. Também NÃO valem para esse fim a identidade profissional (carteiras de OAB, CREA, CRM etc.), carteira de habilitação - CNH, certidão de nascimento ou qualquer outro.

Como tirar ou renovar seu passaporte

Para obter seu passaporte brasileiro, ou renovar o passaporte que esteja com o prazo de validade próximo , você deve agendar com bastante antecedência seu comparecimento a um dos postos da Polícia Federal.  Atualmente, todo o procedimento de preenchimento de formulário, agendamento e pagamento da taxa é feito exclusivamente online, pelo site da Polícia Federal, especificamente nessa página,  onde você encontra todas as informações para obter ou renovar seu passaporte.

Leia com bastante atenção as instruções. Na data e horário agendados, esteja presente ao posto da Polícia Federal escolhido no agendamento com todos os documentos devidos.

Apesar do agendamento, muitas vezes há atrasos no atendimento nos postos da Polícia Federal para emissão de passaporte. Leve isso em consideração quando fizer o agendamento. Não marque antes de um compromisso importante, pois você pode atrasar – e muito.

A emissão de um passaporte também pode demorar bastante, por vários motivos, como problemas no sistema da Polícia Federal, falta do papel especial usado para os passaportes, greve, excesso de pedidos e outros. Por isso, não compre passagem nem pague hotel antes de estar com o seu passaporte em mãos.

O que fazer em caso de perda, furto ou roubo do passaporte

Passaporte é coisa séria. Deve ser muito bem guardado. Em caso de perda, furto ou roubo do seu passaporte, faça imediatamente um boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima e em seguida avise o Consulado do Brasil no país em que estiver. Apenas o Consulado brasileiro poderá resolver seu problema, fornecendo um novo passaporte ou, em situações excepcionais, uma autorização especial para você retornar ao Brasil.

Dica Ao viajar, leve, além do passaporte, outro documento brasileiro original que tenha sua foto (CNH, por exemplo) e cópia do RG, do  título de eleitor e do próprio passaporte. As cópias podem ser digitais. Isso vai ajudá-lo muito na eventualidade de precisar tirar um novo passaporte.

Vistos

Visto é a autorização provisória fornecida pelo consulado de determinado país permitindo-lhe ingressar no seu território e lá permanecer durante um certo período. Alguns países o exigem para brasileiros que viajam na condição de turistas, outros não.

O fato de ter o visto ou de o país não exigir visto não garante que sua entrada seja autorizada quando chegar lá. É muito raro que isso aconteça sem motivo, mas os policiais do serviço de imigração do país podem ter suspeitas – fundadas ou não – sobre suas intenções.

Se entenderem que há “algo errado” com você ou de que o que você pretende não é viajar como turista e sim ficar no país para trabalhar clandestinamente ou em atividades ilegais, sua entrada será negada e você terá que voltar ao Brasil. O “algo errado” a que nos referimos é, por exemplo, acharem que você é terrorista, traficante, coisas do gênero.

Eu vou precisar de um visto?

Essa é uma pergunta cuja resposta pode mudar a qualquer momento! As regras sobre a exigência de vistos, que dependem de acordos diplomáticos, e os documentos necessários estão sempre mudando. Um país que não exigia visto pode passar a exigir e vice-versa. Por isso, assim que você decidir que irá para um determinado país, verifique se ele está exigindo visto ou não.

Como você pode ficar sabendo se um país exige visto para quem viaja como turista? Os órgãos mais confiáveis para prestar essa informação atualizada são:

Como obter meu visto?

Antes de tudo, para pedir um visto você precisa de um passaporte. Veja acima. Pode ser demorado emitir seu passaporte. Portanto, leve em conta que, se o país para o qual você pretende ir exige visto e você não tem um passaporte que estará válido por no mínimo 06 (seis) meses a contar da data em que chegar a esse país, a primeira coisa a fazer é obter o passaporte.

O visto é sempre emitido pelo consulado do país para o qual você irá viajar.

Enquanto seu passaporte não é emitido, você  já pode ir se informando junto ao consulado do país sobre o procedimento: quais documentos você deve apresentar, se precisa agendar entrevista, como pagar a taxa, qual prazo para eles lhe darem o visto etc. Com essas informações, você providencia a documentação e o agendamento, se for o caso, e ganha tempo.

Com os recentes episódios de terrorismo em diversos pontos do mundo e o crescimento da imigração clandestina para países mais ricos, certos consulados são muito rigorosos na concessão de vistos. Podem ser bem demorados

Veja aqui a lista de consulados estrangeiros no Brasil para os quais você pode requerer seu visto.

Um dos vistos mais procurados pelos brasileiros é o dos Estados Unidos. Existe tanta procura que a Embaixada dos EUA criou uma área própria em seu site sobre o assunto. Veja aqui as informações oficiais sobre o visto americano.