500 anos de Leonardo da Vinci

Leonardo Da Vinci ainda é considerado um dos grandes gênios da humanidade, 500 anos depois de sua morte. Em diversos países e cidades, nos anos de 2019 e 2020 se realizam eventos e exposições sobre o mestre e sua obra como artista, cientista e inventor.

Quem nunca ouviu falar de Leonardo? Seja pela fama incomparável da Mona Lisa, seu quadro mais conhecido, ou da Última Ceia, que se tornou icônica, seja pelas menções a ele em obras pop, O Código Da Vinci ou as Tartarugas Ninja. Leonardo Da Vinci pode ser encontrado por toda parte.

O artista, cientista e inventor nasceu em 1452 em uma vilazinha na Toscana, perto de Florença, chamada Vinci, e morreu na França, na cidade de Amboise, no Vale do Loire, em 1519. Pelo extenso conjunto de suas pinturas e desenhos, que compreende diversas obras-primas, Leonardo da Vinci é um dos principais, para alguns o principal nome da arte de todos os tempos.

Mas ele não era só artista. Foi um grande estudioso de diversas ciências, como Anatomia, Botânica e Mecânica, bem como um grande inventor, cheio de criatividade e com domínio da técnica em seus incontáveis projetos. Em pleno século XVI, ele projetou até máquinas voadoras.  

Onde comemorar os 500 anos de Da Vinci

Pinturas, projetos e protótipos de Leonardo Da Vinci e muita informação sobre ele, seu tempo e suas obras podem ser encontrados nas diversas exposições que se realizam em homenagem ao grande gênio nos 500 anos de sua morte.

Paris (França)

A exposição sobre os 500 anos de Leonardo da Vinci, no Museu do Louvre, em Paris, se realiza até 24/02/2020. Por ser super concorrida, a exposição tem venda de ingressos apenas online, com data e hora marcadas. Garanta seu ingresso: Tickets Louvre (oficial).

Amboise (França)

Nessa graciosa cidade do Vale do Loire, a menos de 200km de Paris, acessível de trem ou carro, fica o famoso Clos Lucé . Esse palacete em Amboise foi residência de Leonardo no período final de sua vida, quando trabalhou para o rei da França. Clos Lucé é hoje um interessante museu com maquetes e protótipos das invenções de Da Vinci. Leonardo está enterrado na pequenina capela St. Hubert, no jardim do Castelo de Amboise.

Milão (Itália)

Em Milão, o ponto alto das atividades dedicadas à obra de Da Vinci é a visita a 5 diferentes museus onde há obras do artista com um só ingresso, até 12/01/20. Sai mais barato do que os bilhetes em separado e, o que é o melhor, garante sua visita à imperdível Última Ceia (ou Santa Ceia).

Os museus participantes são o Castelo Sforzesco, a Pinacoteca Ambrosina, a Pinacoteca di Brera, o Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo Da Vinci e, é claro, o Museu do Cenacolo Vinciano – que nada mais é do que o local onde está a Última Ceia, uma das principais obras-primas do artista.

O ingresso especial “5xLeonardo” só é vendido pelo telefone +39 02 92800360 ou na bilheteria do Museu do Cenacolo Vinciano.

São Paulo

A Exposição Leonardo da Vinci – 500 anos de um gênio inaugura o MIS Experience, um novo espaço de exibições do MIS – Museu da Imagem e do Som no bairro da Água Branca (Rua Vladimir Herzog, 75). Os ingresso para o evento, que vai até 1º de março de 2020, podem ser comprados online pelo Sympla.