Vulcão Etna, Sicília
Etna - foto Gualtiero Catrame
Vulcão Étna

 

O vulcão Etna, na Sicília: como visitar

Você pode ir de excursão ou por conta própria; basta estar de carro.

Passeio em carro ao Etna

Caso resolva ir com veículo próprio, a partir de Taormina você terá duas alternativas. Uma delas é a subida para o Etna Sud: partindo de Taormina, siga a autoestrada A18 em direção a Catania; pegue a saída Giarre, depois Zafferana, para chegar ao Refugio Sapienza. Também é possível, pela mesma estrada, partindo de Taormina pela A18, sair em Fiumefreddi e pegar a SS120 para Linguaglossa e Mareneve. De Catania você pode chegar lá via Nicolosi. Em qualquer das opções, o carro ou o ônibus não poderão levá-lo ao topo do vulcão: você terá que embarcar em um veículo especial, o que não é muito barato (mais ou menos 50 a por pessoa). Mas mesmo que você não vá até o topo, já aproveitará muito o passeio.

O Etna, cujo cume nevado se vê de longe, é o vulcão mais alto da Europa e o ponto culminante da Sicília. Como se trata de um vulcão ativo e mal-humorado, um pouco de prudência não é demais. Há relatos de uma erupção inesperada que, recentemente, provocou mortes. Informe-se no escritório oficial de turismo de Taormina ou de Catania sobre as condições de visita.

As paisagens são das mais inusitadas: o solo escuro vai tomando o lugar da vegetação à medida que você sobe. A vista é impressionante e, ao lado da estrada, há pequenas crateras extintas na beira das quais se pode andar, tomando cuidado para não escorregar, porque um tombinho ali pode causar grandes estragos.

Toda a região em torno do Etna é cercada por cidades pequeninas, tão provincianas que, na hora do almoço e depois, durante a sesta, literalmente não se vê ninguém na rua; está todo mundo dormindo. Mas seus habitantes (quando acordados!) produzem especialidades locais absolutamente divinas, como compotas, patês e doces.

Dicas de viagem

  • Há um belo passeio de trem partindo de Catania–Borgo, pela ferrovia Circumetnea, que faz a volta do vulcão num velho trem a vapor. É uma boa oportunidade para apreciar o vulcão de diversos ângulos e conhecer um pouco os arredores.
  • Mesmo no verão, leve um bom casaco e um gorro para proteger os ouvidos: faz frio e venta muito lá no alto. O solo é composto por pedras de lava, que são cortantes e escorregadias, por isso é necessário usar sapatos fechados e resistentes. Se estiver acompanhado de crianças, fique de olho nelas.

Informações práticas

Como ir

As principais cidades do sul da Itália possuem conexões aéreas com os grandes centros do país.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Palermo

Escolha e reserve seu hotel em Taormina

A Itália em imagens

Centro da Itália em imagens

Sul da Itália em imagens

Norte da Itália em imagens