Viajar de carro pelo Chile
Estrada perto do vulcão Villarrica
Viajar de carro pelo Chile. Estrada perto do vulcão Villarrica

Viajar de carro pelo Chile

Carro

Viajar de carro pelo Chile lhe dá uma enorme liberdade. O ideal é ter com quem dividir o volante e as despesas, quer você alugue um carro lá, quer utilize veículo próprio.
Estude bem os mapas. O tempo que levará para realizar cada percurso não dependerá apenas da distância a ser percorrida, mas também das condições da estrada, (se for viajar por regiões de montanhas terá que ir mais devagar), do trânsito e até do clima. Calcule a distância a ser percorrida e quantos quilômetros irá rodar por dia para ter uma ideia de quanto gastará com combustível. Pense quanto tempo ficará dentro de um carro durante sua viagem, e no tempo que sobrará para visitar os lugares.

Viagem com veículo  próprio

Se optar por ir do Brasil com seu próprio veículo saiba que precisa ter tempo suficiente. Lembre-se: o ônibus, com dois motoristas se revezando no volante e viajando sem parar, leva 54 horas de Santiago a São Paulo. É pouco provável que você viaje “sem parar”, mesmo que você não seja o único a guiar. Afinal, você não está participando de um rally! Sair com carro próprio do Brasil, normalmente só vale a pena para quem mora no Sul ou Sudeste do País. Como o preço da locação no Chile é alto, pode valer a pena. Saiba, porém, que algum desgaste seu carro sofrerá: como arranhões causados por pedras nas estradas de rípia, os pneus ficarão mais rodados etc. É provável que o proprietário do carro tenha no Brasil que arcar com algumas despesas.

Viagem com carro alugado

Alugar um carro é uma outra opção. Você desembarca em Santiago e já retira o veículo no próprio aeroporto. Um carrinho o mais básico possível, na baixa temporada, custa entre US$ 45 e US$ 50 por dia, mais um extra pela quilometragem rodada. Na alta estação o aluguel de um automóvel será uns 20% mais caro. Dê uma navegada nos sites das locadoras, para saber mais sobre preços na época em que você vai viajar e ver que tipo de veículos elas têm a oferecer. Para alguns roteiros, como no Atacama, por exemplo ou a Carretera Austral, pode ser necessário um veículo de tração 4×4.

O que é preciso para alugar um carro

Para alugar um carro você precisa ter mais de 21 anos, um cartão de crédito internacional e carteira de habilitação. As pequenas locadoras locais no interior do país costumam cobrar diárias mais suaves. Mas somente as grandes empresas internacionais como Avis, Hertz, Budget oferecem a possibilidade de você alugar o veículo em uma cidade e devolvê-lo em outra, pagando uma taxa extra.
Se pretende atravessar a fronteira e entrar na Argentina com automóvel alugado, avise a locadora ao fazer a reserva. É necessário uma documentação especial para isso. Quem está na Argentina e deseja visitar regiões no Chile com veículo alugado também deve informar a locadora para que providencie os papéis necessários. A maioria das locadoras não cobra taxas extras por essa documentação.

Principais locadoras de veículos no Chile

AVIS : www.avis.cl
BUDGET : www.budget.com
HERTZ : www.hertz.cl
STAR : www.starrental.cl
UNITED : www.united-chile.com

Distâncias rodoviárias aproximadas no Chile (em km)

De Santiago a: Valparaíso, 115 | Antofagasta, 1.370 | Arica, 2.060 | Calama, 1.570 | Chillán, 410 km | La Sereña, 470 | Iquique, 1.860 | San Pedro de Atacama, 1.680 | Concepción, 500 | Temuco, 690 | Villarica, 760 | Valdívia, 840 | Osorno, 930 | Pucón, 785 | Puerto Montt, 1.035 | Bariloche (Argentina), 1.160 | Punta Arenas, 2.950 | Torres del Paine, 2.790

Estradas

As estradas (rutas ou carreteras) chilenas são, em geral, melhores do que as brasileiras. Somente no sul do país existem estradas de rípia (cascalho). Nessas estradas não há risco de atolar, não existe barro, por exemplo. Mas é fácil derrapar, ou ser atingido por uma pedra ao cruzar com outro veículo. (Um velho truque: apoie a mão contra o parabrisa; isso geralmente evita que ele se quebre).

Viagem durante o inverno

Durante o inverno em regiões montanhosas, nos os meses mais frios, você poderá ter problemas com a neve. Nessas condições os carros têm que ter pneus apropriados. Na Carretera Austral, no sul da Patagônia, no Parque Nacional Torres del Paine e no Atacama o movimento de veículos é bem pequeno e há poucos lugares onde abastecer. No Deserto de Atacama tome muito cuidado para não se perder. Muita gente passou momentos difíceis por lá. Por isso mesmo, tenha consigo água; uma garrafa térmica com café ou chocolate quente, no inverno; e sanduíches. A maioria das carreteras nacionais são asfaltadas, mas estradinhas secundárias têm alguns trechos em cascalho.

Limite de velocidade

O limite de velocidade na Panamericana é em geral de 120 km por hora, em alguns trechos o limite de velocidade é de 100 km horários. Nas cidades o limite de velocidade é de 50 km por hora, em alguns locais, como proximidades de escolas, ele poderá ser de apenas 20 ou 30 km por hora. Há radares e os policiais rodoviários chilenos não aceitam uma “cervejinha”: multam mesmo e se tentar suborná-los poderá ser preso. Excessos de velocidade e infrações graves podem resultar na apreensão de sua carteira. Você receberá um documento que lhe permitirá guiar durante alguns dias, até poder recuperar sua habilitação na delegacia da cidade mais próxima e pagar sua multa. Por isso mesmo, não facilite.
Na Panamericana e em outras grandes estradas paga-se pedágio.

www.automovilclub.cl Site oficial do Automóvil Club de Chile, com mapas e informações úteis para o viajante.

Combustível

A gasolina no Chile é um pouco mais cara do que no Brasil, com variação de preço segundo a octanagem. Lembre-se de que não existem carros a álcool no Chile. Como no Brasil, ao abastecer, principalmente se for pedir para encherem os pneus ou limparem os vidros, é costume deixar uma gorjeta para o frentista. Dois dólares está bom.

Documentos

O Chile teoricamente exige habilitação internacional de motorista, mas essa exigência não é muito tomada a sério. Mesmo assim, o ideal seria providenciá-la. Em caso de acidente ela poderá ser útil. Fale também com sua seguradora. Verifique com ela se o seu seguro lhe oferece cobertura no exterior. Algumas seguradoras já incluem essa cobertura no preço de seu seguro, outras cobram à parte.

Normas de trânsito e segurança

Não há grandes diferenças entre as normas e sinais de trânsito no Chile e no Brasil. É improvável que o motorista brasileiro enfrente problemas nessa área. A polícia rodoviária nos dois países sul-americanos não tem por hábito parar turistas sem motivo. Se você cometer algum erro, desculpe-se de forma amigável e evite qualquer discussão. Em geral deixarão para lá, lhe farão uma advertência e o liberarão. Mas, anote: 1) É proibido circular com garrafa de qualquer bebida alcoólica aberta na cabine do carro. Não basta enfiar uma rolha na garrafa para fechá-la: ela não pode ter sido aberta. Guarde no porta-malas a garrafa de vinho que eventualmente tiver aberto. 2) É obrigatório circular com os faróis ligados, mesmo durante o dia. Se você chegou muito perto da fronteira boliviana, saiba que, na volta, passará por barreiras da polícia chilena, onde, eventualmente, poderão inspecionar o veículo. Aliás, tome cuidado com seu veículo junto à fronteira. É onde mais ocorrem furtos de automóveis. No restante do país, furtos de veículos são raros. Mesmo assim, à noite guarde o carro em um estacionamento e não deixe bagagem visível dentro dele.

Informações práticas

Como ir ao Chile

Veja passagens aéreas e pacotes

Hotéis no Chile: reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos

Escolha e reserve seu hotel em Santiago: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em La Sereña: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Pucón: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Natale: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Puerto Vara: seleção por categoria

Escolha e rserve seu hotel em Punta Arenas: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em San Pedro de Atacama: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Torres del Paine: seleção por categoria

Escolha e reserve seu hotel em Valdívia

Escolha e reserve seu hotel em Valparaíso

Escolha e reserve seu hotel em Viña del Mar