Transportes

Transportes no mundo

Transportes aéreos

Com exceção de alguns países da América do Sul, onde se pode ir de carro ou de ônibus, o avião é o meio de transporte praticamente obrigatório para o brasileiro que vai para o exterior.

 Passagens aéreas

 Aeroportos no Brasil

Transportes terrestres

Embora não seja o meio mais utilizado, para quem tem tempo é possível ir por terra para países sul-americanos, especialmente Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia e Peru.  Dependendo do país, a melhor alternativa por terra pode ser o automóvel, o ônibus ou o trem.

No restante do continente americano não é impossível, por exemplo, ir de moto para o Alaska ou viajar de automóvel de São Francisco, na Califórnia, a São Paulo: conhecemos gente que foi e sobreviveu para contar a história. Obviamente, é programa para aventureiros, mas se você quiser tentar, muna-se de bons mapas, um automóvel (ou moto) resistente, carta de motorista internacional e informe-se sobre as experiências alheias.

Para ir à América do Norte, vá até o Chile e vire à direita, quer dizer, suba pela Rodovia Panamericana. Bem… não é tão simples assim! Pelo contrário, é complicado e somente para quem tem todo o tempo do mundo.   

Ônibus no BrasilÔnibus na América do Sul | Ônibus na Europa |  Trens na Europa

Passes aéreos, ferroviários e rodoviários

Os passes aéreos, ferroviários ou rodoviários são uma grande jogada. Usá-los pode ser mais barato do que comprar passagens avulsas, se você organizar seus roteiros de forma racional. Uma outra vantagem é saber, por antecipação, quanto gastará em transportes. Esses passes devem ser comprados aqui no Brasil, antes de sua viagem.

Verifique se a companhia aérea que você escolheu para viajar do Brasil para o exterior vende passes para voos internos no país ou na região de destino. Os passes internos costumam ser mais baratos se você sair daqui voando pela  mesma companhia que os emite, ou por alguma companhia associada a ela.

Esses passes funcionam por um sistema de cupons. Em geral, é preciso comprar um número mínimo de cupons: cada um custa o mesmo preço e corresponde a um voo. Mas há exceções: algumas companhias aéreas trabalham com cupons cujos preços variam de acordo com a distância.

No caso dos passes rodoviários e ferroviários, os preços variam segundo o período de validade (uma semana, quinze dias, um mês etc.). Durante esse prazo, você pode fazer quantas viagens quiser, independentemente da distância. Alguns passes, contudo, funcionam de forma diferente: dão direito a um certo número de viagens dentro de um período. Dez viagens em vinte dias, por exemplo. Você deve escolher o momento mais apropriado para começar a utilizá-los,  pois, a partir de então, o prazo de validade começará a ser contado.

A compra do passe não garante por si só sua poltrona: é preciso fazer reserva e confirmá-la. Para maior segurança, saia do Brasil com tudo já confirmado, ou correrá o risco de ficar preso quinze dias numa cidade desinteressante, sem poder continuar sua viagem.

Hospedagem

Listagem de hotéis por cidade

Hotel em Arequipa | Hotel em Cajamarca | Hotel em Machu Picchu

Hotel em Cusco | Hotel em Pisco | Hotel em Paracas | Hotel em Trujillo

Hotel em Lima | Hotel em Nasca | Hotel em Puno | Hotel no Vale del Colca

Hotel no Vale Sagrado

Dicas

Dicas econômicas sobre transportes

Links afins