Transportes na Índia
Transportes na Índia, o trem
Trem, o principal meio de transporte na Índia

Índia transportes: as opções para sua viagem

Mapa da Índia

Como circular; transportes interiores

Importante

Para a organização de qualquer viagem, independente do meio de transporte a ser utilizado, é indispensável consultar mapas. Veja o mapa da Índia, estude-o, é um bom começo. Isso evitará que você comece a traçar roteiros mirabolantes.

Avião

O avião é barato e é o melhor meio (e também o mais seguro) de se deslocar na Índia onde as distâncias são relativamente longas e os transportes terrestres muitas vezes lentos. Um dos grandes problemas é que freqüentemente os vôos estão cheios; faça o possível para reservá-los e confirmá-los antes de sair do Brasil, reconfirmando (mais de uma vez!!!) ao chegar lá.
A Indian Airlines possui tarifas especiais para turistas. Mesmo que você tenha um passe, reserve e reconfirme seus vôos, pois a mera compra do passe não dá direito ao assento no vôo que você quer tomar.

Trem

Para distâncias menores ou para viagens noturnas com cabine, o trem pode ser a melhor opção. A Índia possui uma das mais complexas redes ferroviárias do mundo, implantada pelos ingleses, que alcança quase qualquer ponto do território nacional. O problema é que esses trens são muito lentos (alguns ainda funcionam a vapor!), quase sempre estão lotados e sua higiene deixa a desejar. Para conseguir uma reserva, imprescindível para viajar com um pouco de conforto, é preciso ir tentando, pacientemente, com muitos dias de antecedência. Mantenha o sangue frio: não é fácil!
As principais estações do país têm um serviço de reserva para turistas e isso ajuda um pouco. Os trens noturnos de longa distância, com ar-condicionado na primeira classe, são mais limpos e melhores, mas há sutilezas tipicamente indianas: no ato da reserva deve-se reservar também lençóis e cobertores, ou você passará frio (as noites de inverno são bem frescas!).

Se você tem pouco dinheiro e muito espírito aventureiro, pode pegar uma segunda classe com reserva; se puder, não hesite em pegar a primeira, num trem mais luxuoso com cabine. Se estiver viajando a dois, é possível conseguir cabine com dois beliches apenas, mas a reserva terá que ser feita com antecedência ainda maior. Para um casal, é recomendável pedir uma cabine só para dois e, para uma ou mais mulheres viajando sem companhia masculina, é altamente recomendável!
Quem pensa viajar um bom tempo pela Índia pode comprar o passe Indrail Pass, com preços e tempo de validade variados. Ele pode ser adquirido nas principais estações na Índia e dá direito ao seu titular de utilizar qualquer tipo de trem no território indiano.

Não há taxas de reserva nem são cobrados suplementos para a utilização de beliches. Como os trens estão sempre lotados, é mais do que aconselhável fazer reserva.

Existem também na Índia trens de luxo que fazem tours pelo Rajastão, entre eles o famoso Trem dos Marajás. A seção de turismo do Consulado da Índia em São Paulo (Tel. (11) 3171-0340/0341 / 3285-1773) ou o escritório oficial de turismo de Nova Delhi em New Delhi.

Carro

Na Índia, estradas nem sempre são asfaltadas. Costumam ser estreitas, esburacadas, cheias de caminhões, charretes, carros de boi, camelos, ciclistas, vacas sagradas… E são muito perigosas. Só para você saber, os motoristas, como em algumas estradas de menor movimento só cabe um carro, parecem competir para ver quem desvia primeiro para o acostamento. Normalmente, o veículo menor (no último momento apenas) costuma sair da frente!

Dicas de viagem

Evite viagens noturnas e lembre-se de que 300 km são uma enormidade: às vezes perde-se o dia inteiro para percorrê-los! Para dirigir nesses países, só nascendo lá. Mesmo onde as estradas são boas, muitas placas rodoviárias estão escritas no alfabeto local… e a mão é inglesa, ou seja, à esquerda, bem como os volantes dos carros são à direita. Na Índia ninguém respeita as leis (que leis?) de trânsito e os acidentes são freqüentes. Para se ter mais conforto e (talvez…) segurança, uma boa opção é alugar um automóvel com motorista: a diária (com gasolina incluída) fica em torno de US$ 30,00, o que vale a pena, sobretudo se você estiver com mais alguém para dividir as despesas.

Você pode alugar um carro com motorista em boas agências de viagens, nos escritórios de turismo do governo ou no próprio hotel. Deixe claro que você quer um motorista cuidadoso. Os acidentes são comuns: em uma viagem Delhi/Agra/Jaipur, contamos 17 deles!

Ônibus

Em razão da precariedade das estradas, os ônibus são freqüentemente lentos (apesar de os motoristas não respeitarem os limites de velocidade sempre que podem acelerar!). Certas linhas têm seus ônibus superlotados, com passageiros viajando em pé. Evite viajar à noite, pois o risco de acidentes é maior e tem muita gente que fala alto, sem respeitar o sono dos outros.
A única vantagem dos ônibus é que são baratos, vão para tudo quanto é canto e é muito mais fácil conseguir passagens neles do que nos trens.

A qualidade dos veículos e o grau de conforto varia do razoável ao horrível. As linhas que operam entre os principais centros utilizam carros novos, alguns dos quais têm até ar condicionado. A placa “Tourist Permit” na frente do veículo não significa que sejam ônibus turísticos especiais, mas simplesmente que estão habilitados ao transporte regular interurbano de passageiros.
Já os ônibus que circulam entre localidades afastadas no interior do país desanimam até os mais aventureiros (“Deus! Como foi que entrei nessa?”).

Informações práticas

Como ir

Pode-se chegar à Índia pela Europa ou pela África do Sul; não há vôos diretos do Brasil. Em geral, os preços se eqüivalem; é sempre bom pesquisar, pois dependendo do momento, é mais barato ir por uma ou por outra dessas rotas. Voa-se do Brasil até uma capital européia, ou então até Johannesburgo e, de lá, toma-se outro vôo. Se você agüentar, pode fazer a conexão no mesmo dia, mas prepare-se, porque a viagem é muito longa. Se preferir, também pode parar uns dias na Europa ou na África do Sul. Na Índia você  desembarcará em Nova Delhi ou Bombaim.

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar na Índia

Escola e reserve seu hotel em Agra

Escolha e reserve seu hotel em Mumbai (Bombaim)

Escolha e reserve seu hotel em Jaipur

Escolha e reserve seu hotel em Jodphur

Escolha e reserve seu hotel em Nova Delhi

Escolha e reserve seu hotel em Udaipur

Escola e reserve seu hotel em Varanasi (Benares)

Dicas

Dicas de viagem sobre a Índia

Para saber mais sobre costumes, religião, história cultura da Índia, leia A Vaca na Estrada.

Índia em imagens

Maquina fotografica

Acesse o álbum fotográfico da Índia, com dezenas de imagens classificadas por região