Tahiti

Tahiti: Bora Bora, o lugar sonhado por casais para sua lua de mel

Bora-Bora é um dos lugares mais lindos e românticos do mundo e, ao contrário de Morea, que também recebe famílias, é frequentado quase que exclusivamente por casais e tamb ém o preferido para quem estiver em lua-de-mel.

Como ir ao Tahiti

Avião

Não há voos diretos. Você terá que tomar um avião até Santiago pela Lan Chile outro até Papeete, a capital do Tahiti, na Polinésia Francesa. Depois você terá que tomar um pequeno avião para chegar a Bora-Bora, a cereja do bolo, uma das mais paradisíacas ilhas tropicais do mundo. Não é imposível ir ao Tahiti por conta própria, mas o mais cômodo é contratar uma excursão ainda em São Paulo. A maiira das operadoras tenta encaixar Morea no seu pacote. Morea é bonita, recebe famílias com crianças etc. Mas não se compara, nem de longe com Bora-Bora onde os resorts tem como público alvo quase que exclusivamente casais. Se você forem um casal esqueçam Morea.

Mapa do Tahiti

Veja passagens aéreas e pacotes

 Onde se hospedar

Escolha e reserve seu hotel em Papeete

Melhor época

O Tahiti  é a maior ilha da Polinésia Francesa (do grego, polys= muitos e nesos= ilhas) que, abrange vários arquipélagos, os quais, com um pequeno território de apenas 4.000 km2, espalham-se por uma região do Pacífico sul maior do que a Europa Ocidental. Teoricamente você pode ir para Bora-Bora em qualquer época do ano, mas a estação mais seca é de maio a setembro.

Vídeo sobre o Tahiti

Atrações turísticas

Dos cinco arquipélagos que formam a Polinésia Francesa, o mais importante, constituído pelas 14 ilhas de la Societé onde fica a capital do Tahiti, Papeete. A Polinésia Francesa corresponde aquela idéia de “ilhas de sonho”, a personificação  por excelência do paraíso tropical, com ilhas baixas de formações de coral e ilhas altas de origem vulcânica. A maioria dessa ilhas é cercada por recifes de coral que criam lagunas interiores de águas rasas de tons cor de esmeralda, azul piscina e turquesa, de extraordinária beleza.

Morea

Próxima de Papeete, é acessível de barco em aproximadamente uma hora de travessia. Essa facilidade tornou o lugar um dos pontos turísticos mais visitados do Tahiti. Bonito, sem dúvida, mas perde de dez a zero para Bora-Bora, que merece a fama que tem.

Embora existam esquemas mais econônomicos para se viajar pelo Tahiti, tudo é muito caro por começando por seus maravilhosos resorts, com cabanas no estilo de palafitas sobre o mar.

Uma ponte dá acesso à terra, mas todos os bangalows possuem uma escadinha para o mar, perfeito para mergulhos entre corais e peixes coloridos.

Uma infinidade de programas 

Ao contrário do que muita gente imagina, Bora-Bora e as outras ilhas paradisíacas da Polinésia Francesa não são apenas lugares para se descansar, mas possuem uma infinidade de programas, como passeios de submarino, mergulho entre golfinhos e arraias e tubarões (mansinhos…), passeios de submarinos, tour de helicóptero (meio caro, mas espetacular!), shows de danças típicas, caiaques para passeios pelas proximidades etc. A gastronomia em Morea e Bora-Bora é também, quase sempre, de primeira e o serviço impecável. O contrário de Papeete onde, mesmo em hotéis chiques, o serviço é desatencioso. Nos restaurantes, chega dez da noite os garçons simplesmente debandam.

Dicas

Os aviões que voam de Papeete para Bora-Bora são pequenos, seus bagageiros são minúsculos. Separe na bagagem de mão, que deve ser bem reduzida seu aparelho fotográfico e o mínimo absolutamente necessário que terá que ter ao alcance da mão.

Os voos internacionais para o Tahiti e aterrisam em Papeete, cidade de limitado interesse turístico, de onde partem barcos e pequenos aviões para as demais ilhas. A mlhor coisa a fazer em Papeete é cair fora o mais rápido possível para Bora-Bora.

Site oficial de turismo do Tahiti