Saint-Germain-en-Laye
Saint-Germain-en-Laye, Musée des Antiquites Nacionales - Foto: Ninara CCBY
Saint-Germain-en-Laye, Musée des Antiquites Nacionales – Foto: Ninara CCBY

Saint-Germain-en-Laye

Mapa de Saint-Germain-en-Laye

Sobre Saint-Germain-en-Laye

Nessa cidade, próxima a Paris, fica o castelo renascentista do mesmo nome, construído durante o reinado de Francisco I. A cidade foi durante muito tempo uma das moradias da realeza. Luís XIV, o Rei-Sol, morou lá antes de ir para Versalhes. Durante a Revolução, o castelo de Saint-Germain-en-Laye foi transformado em prisão: Rouget de Lisle, o próprio autor da Marselhesa, foi preso ali pelos radicais… (Allons, enfants, franchement!)

Como ir

Carro

Pegar a N13 na Porte Maillot, em Paris e seguir as indicações para Saint-Germain-en-Laye. São pouco mais de 30 km de estrada, mas em razão do trânsito a viagem pode demorar aproximadamente 1 hora.

Trem

O trem RER (Reseau Exprées Regionale) é muito mais fácil e rápido que o automóvel. Tome o RER Linha A, na estação Châtelet-Les Halles, no centro de Paris, e desça em  Saint-Germain-en-Laye. Em menos de meia hora você estará em Saint-Germain-en-Laye.

Onde se hospedar em St-Germain en Laye

Como Saint-Germain-en-Laye fica bastante próxima de Paris, na Île-de-France, a cidade pode ser visitada em um bate-e-volta. Alguns, entretanto, gostam de passar uma noite para curtir a cidade.

Escolha e reserve seu hotel em Saint-Germain-en-Laye

Melhor época

O inverno é um tanto frio, mais que em Paris. O verão, sobretudo em agosto, é lotado de turistas do mundo todo. Se puder visite Saint-Germain-en-Laye na primavera ou no outono. As paisagens tão são muito mais bonitas.

Atrações em Saint-Germain-en-Laye

A cidade

Em Saint-Germain-en-Laye ocorreram importantes fatos históricos, e foi lá que nasceu Luís XIV. O reinado do Rei-Sol, que morou lá antes de se instalar em Versailles, foi o período de ouro do castelo e da cidade: muitos nobres da corte construíram ali seus hôtels particuliers (palacetes). Alguns deles, restaurados, ainda existem.

Castelo de Saint-Germain-en-Laye

Castelo de Saint-Germain-en-Laye

Desde a época de Carlos Magno os reis franceses caçavam na floresta que existe, em parte, até hoje. O primeiro castelo de Saint-Germain-en-Laye, medieval e fortificado, data do início do século XII e foi construído no reinado de Luís VI. O edifício atual, em estilo renascentista, erguido durante o reinado de Francisco I (século XVI) ainda existe. A capela data da época de São Luís, que teria se inspirado na Sainte-Chapelle de Paris.
No castelo renascentista, eram dadas grandes festas, com a participação eventual de Molière e sua troupe, muito apreciados pelo rei.
Além de conhecer o majestoso edifício, quem visita o castelo pode ver em seus jardins uma das mais belas obras do paisagista Le Nôtre, feita a mando de Luís XIV: o Terrasse Le Nôtre, um terraço ajardinado de 30 metros de largura e 2,4 quilômetros de comprimento, com vista excepcional. Se o tempo estiver bom, do terrasse se vê o Vale do Sena, La Défense e até Paris! A Revolução Francesa poupou o castelo de Saint-Germain-en-Lay, que virou prisão.

Musée des Antiquités Nationales

Foi Napoleão III quem, no fim do século XIX, decidiu não apenas restaurar o castelo como instalar ali o Musée des Antiquités Nationales, que abriga hoje uma interessante coleção de peças da Pré-História, da Antiguidade e da Alta Idade Mécia, todas elas resultados de escavações arqueológicas. Apesar do nome, seu acervo inclui peças do mundo todo, não só francesas, fazendo desse museu um dos mais importantes do mundo no gênero.