Provins

Provins: um burgo medieval vizinho de Paris

Texto de Lúcio Martins Rodrigues

Mapa de Provins

Sobre Provins

Provins, a pouco menos de 100 km de Paris, teve sua origem no começo da era cristã, e foi importante durante o Império Romano por sua situação estratégica, ponto de encontro de várias estradas que cortavam a Gália. No final do século X, relíquias de Saint Ayoul teriam sido encontradas na área baixa e pantanosa de Provins. Com isso o burgo passou a ser procurado por peregrinos, que movimentaram seu comércio. Muitas construções religiosas datam dessa época. Não sabemos sobre Saint Ayou, mas frequentemente relíquias medievais eram falsas, serviam para gerar negócios. Em Provins funcionou.

Apesar de Provins ser hoje uma cidade pequena, foi próspera durante a Idade Média, principalmente nos séculos XII e XIII, por sediar enormes feiras, duas vezes por ano, quando recebia mercadores de toda a Europa. Tal movimentação financeira fez com quem Provins criasse até mesmo moeda própria, o denier provinois, aceito em todo o continente europeu. Durante as feiras ocorriam também competições, jogos e espetáculos de música. O declínio de Provins se deu principalmente em razão da forte concorrência das feiras de Flandres e do Vale do Reno mas também em consequência de conflitos religiosos, e a abolição de vantagens concedidas aos mercadores. Epidemias também contribuíram para o declínio do burgo.

Como ir a Provins

Trem

Há trens diretos da Gare du Lest para Provins. O tempo de viagem é de 1h25. Sua reserva pode ser feita pelo site das ferrovias francesas, SNCF.

Carro

Viagem de 1h20 min (95 km) pela via N4. Provins fica a uns 130 km de Reims, a capital da Região de Champagne.

Hospedagem

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não tem trabalho algum, não paga nada a mais por isso e provavelmente conseguirá preços melhores. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos, ver opiniões de outros turistas, analisar.

Escolha e reserve seu hotel em Provins pelo Bokking.com

Melhor época

Provins pode ser visitada em qualquer época do ano. No inverno o frio pode incomodar. No auge do verão, principalmente em agosto, é o excesso de turistas que incomoda… Prefira a baixa temporada (primavera e outono), se puder escolher.

Atrações em Provins

Protegida por muralhas e com um centro histórico medieval bem preservado, a cidade é um charme. Apesar de ser um destino turístico procurado, perto de Paris, surpreendentemente continua ignorado pela maioria de nossos turistas.

Collégiale Saint-Quiriace – Essa igreja, do século XII, em estilo predominantemente gótico, nunca pôde ser terminada em razão dos elevados custos de sua construção. Você verá que em um dos lados ela é simplesmente fechada e isolada da área reservada à continuação das obras, o que nunca ocorreu.

Tour César – É uma torre de defesa construída no século XII. Fica sobre uma elevação da antiga cidade alta e tem uma arquitetura medieval bem particular, com um corpo central, rodeado de quatro torres menores. Durante a Guerra dos Cem Anos, quando os ingleses ocuparam Provins, a Torre foi protegida por muralhas.

Os subterrâenos de Provins – Até hoje pesquisadores discutem os motivos da construção desses subterrâneos e para quê, exatamente, serviam. Muitos acreditam que foram resultados de escavações para a retirada de um tipo de argila conhecida como “terre à foulon“, com particularidades únicas, servindo para limpeza e tratamento de lãs e outros tecidos. Sabe-se que os subterrâneos foram utilizados como depósitos durante as feiras e, também, como local de cultos maçônicos, visto que velhas escrituras e desenhos em suas paredes são visivelmente maçons. Os subterrâneos só podem ser visitados em pequenos grupos acompanhados de guias.

Hôtel Dieu – A construção, iniciada no século XII, estendeu-se até o século XII. O palácio serviu inicialmente de residência para as Condessas de Provins. Posteriormente funcionou como hospital e alojamento de peregrinos. Todo de pedra, ocupava uma grande área e possui um estilo característico do começo da Baixa Idade Média.

La Grange-aux-dîmes – A construção de pedra do século XII foi utilizada como mercado coberto durante as feiras de Provins. O térreo abrigava um depósito de armazenagem e venda de produtos, e o segundo andar servia de alojamento para mercadores. No século XVII passou a ser utilizado para a taxação de impostos sobre colheitas, o dime. Seu interior, com salas em ogivas, é hoje uma espécie de museu que reproduz a vida e as atividades dos mercadores na época das feiras.

As muralha e suas portas – As muralhas de Provins começaram a ser construídas no século IX, mas foram constantemente ampliadas e reforçadas nos séculos seguintes, na medida em que a cidade se expandia. Duas de suas antigas portas podem ser visitadas: a Porte de Jouy e a Porte de Saint Jean.

Casario e edifícios medievais – A cidade inteira é ocupada por construções bastante antigas, muitas da Idade Média, geralmente de pedra, algumas em estilo enxaimel, com uso de vigas horizontais inclinadas e verticais, ajudando a sustentar as paredes de alvenaria.  Passear pelas ruas de Provins, conhecer suas praças, suas rústicas construções e igrejas, já é um ótimo programa, sobretudo para aqueles que nunca visitaram uma vila medieval.

Museu de Provins – Funciona na Casa Romana, a mais velha construção da cidade, com uma fachada do século XII, tão ou mais interessante que o próprio acervo do museu. O museu, meio fraquinho, abriga artefatos pré-históricos, romanos e medievais.

Shows Medievais – Ocorrem diariamente entre 1 de abril e 5 de novembro, com participantes  vestidos a caráter. Veja informações e detalhes.

Dica se você estiver de carro: O escritório de turismo (Office de Tourisme) possui um grande estacionamento junto ao centro histórico.