Polônia

Sobre a Polônia

Mapa da Polônia

A Polônia, nação antiga e de sólida identidade cultural, predominantemente católico, cuja capital foi sede do Pacto de Varsóvia, formado pelos antigos países comunistas, faz parte hoje da União Européia. Quem viaja pelo interior da Polônia verá o carinho com o qual os poloneses conservam suas tradições e festas típicas.

A Polônia foi, ao longo da história, objeto de cobiça de seus poderosos vizinhos, a Alemanha, a Rússia, a Áustria e até a Suécia, o que influenciou sua cultura e um gerou um forte sentimento nacional. O país foi também muito afetado pela guerra e muitas de suas belas cidades foram completamente arrasadas pelos nazistas. Outras, como Cracóvia, deram mais sorte e foram preservadas da destruição. Em algumas cidades da Polônia podem ser vistos vestígios de sua tumultuada história.

Como ir

Avião

Não há vôos diretos do Brasil para a Polônia. Você terá que ir a outro país europeu e de lá tomar uma conexão até Varsóvia. Um dos roteiros de viagem mais fáceis é via Frankfurt, na Alemanha.

Veja passagens aéreas e pacotes

Trem

É o meio mais indicado para circular pela Polônia. Para informações sobre horários e linhas, consulte o site da companhia ferroviária polonesa PKP. (Clique em Polish State Railways para acessar a versão em inglês). Quem pretende passar um tempo percorrendo o país pode utilizar o sistema de passes da PKP, o Polrailpass e Junior Polrailpass, válidos por períodos fixos que variam de 8 a 30 dias, e que podem ser comprados por meio de seu agente de viagens ou ao chegar na Polônia.

Ônibus

São úteis principalmente para circular entre pequenas localidades não servidas pelo trem. A Eurolines Polska tem um sistema de passes válidos por períodos fixos.

Onde se hospedar

Reserva pelo Booking.com

O Booking.com é um meio fácil e seguro de reservar seu hotel ou apartamento em cidades no mundo todo. Você não paga nada a mais por isso. Você pode pesquisar ofertas entre uma enorme variedade de estabelecimentos. Frequentemente paga menos do que tratando diretamente com o hotel.

Escolha e reserve seu hotel em Varsóvia

Escolha e reserve seu hotel em Cracóvia

A melhor época para viagens pela Polônia

Embora a Polônia tenha invernos rigorosos, com tempraturas abaixo de zero, não se surpreenda se, no verão os termômetros ultrapassarem os 25 graus. Para quem não está interessado em praticar esportes de inverno, a épocal é do começo de maio até o final de setembro. .

VARSÓVIA – temperaturas médias
Primavera (abril): mínima 3ºC / máxima 13º
Verão (julho): mínima 12ºC / máxima 23ºC
Outono (outubro): mínima 5ºC / máxima 13ºC
Inverno (janeiro): mínima – 5ºC / máxima 0ºC

Agora que você já sabe o clima que o espera, veja em “Bagagem” a roupa adequada para colocar em sua mala.

Principais cidades

As principais cidades da Polônia são Varsóvia, sua capital, Cracóvia (Kraków), Gdansk, Lódz, Katowice, Poznan, Szczecin e Wroclaw. Muitas dessas cidades menos tocadas pelo turismo surpreendem seus eventuais visitantes em razão de sua arquitetura. Alugar um carro e circular pelo interior da Polônia é, por isso mesmo, uma bela experiência.

O país modernizou-se rapidamente depois de seu ingresso na União Européia. Sua infraestrutura turística modernizou-se e adptou-se aos novos tempos. O custo da hospedagem subiu, mas a qualidade de seus hotéis melhorou e tornou-se mais fácil viajar pela Polônia.

A Polônia é também um país de paisagem bastante diversificada, com regiões montanhosas no centro (montanhas Tratas) e no sul (montanhas Sudetas e Carpáticas) e regiões lacustres no norte na Mazúria e na Pomerânia. No extremo norte fica o litoral do Mar Báltico.

As atrações

Wroclaw

Com cerca de 650 mil habitantes, conhecida como a Pequena Veneza em razão de estar situada sobre diversas pequenas ilhas no rio Odra, ligadas por pontes e cortada por canais, Wroclaw é uma das mais bonitas e antigas cidade da Polônia, já importante na Idade Média.

Seu centro histórico, a Cidade Velha é repleto de charmosas construções antigas. Algumas das pontes de Wroclaw são atrações turísticas, como a ponte Grunwaldzki, não muito antiga, já que foi construída em 1910, mas que é um dos ícones da cidade Muito mais velha é a pont Tumski, provavelmente anterior ao século XII, que conduz a Ostrow Tumski, a parte mais antiga de Wroclaw ainda iluminada por românticos lampiões de gás.

No centro da animada praça principal (Rynek) da Cidade Velha fica o enorme e gótico prédio da prefeitura de Wroclaw, um dos maiores da Europa.  Nele funciona também o Museu da Cidade. Nessa região ficam muitos café, lojas, bares e restaurantes.

Gdansk

Um dos importantes portos marítimos do Mar Báltico, Gdansk é a capital da região da Pomerania. Embora Gdansk, tenha sozinha quase meio milhão de habitantes, a conurbação com Sopot e Gdynia, fazem com que a sua área urbana atinja 750 000 habitantes.

Sua Cidade Velha é uma herança de sua idade de ouro, quando Gdansk fazia parte da Liga Hanseática. Nos séculos XVI et XVII siècle, a cidade era o grande certo exportador de trigo da Polônia, na época um dos “celeiros” da Europa. Hoje seu centro histórico é uma das grandes atrações turísticas da Polônia e atrai visitantes de várias partes do mundo.

Esportes de inverno

Sendo o inverno particularmente longo nas regiões de montanha da Polônia há, de outubro até março, condições ideais para a prática de esqui e outras modalidades de esportes de inverno. Outra vantagem é que os preços são em geral mais acessíveis do que em outros países da Europa. A principal estação de esportes de inverno da Polônia é Zakopane nas montanhas Tratas, no centro do país.