Peru: habla espanhol ?
Artesão em Arequipa, Peru
Peru: habla espanhol ?. Na foto artesão em Arequipa, Peru

Peru: habla espanhol ?

Curiosamente, é mais fácil encontrar brasileiros que se expressem bem em inglês do que compatriotas que falem espanhol corretamente. Porém, já que temos uma admirável capacidade nata para o “portunhol”, não há risco de grandes dificuldades de comunicação para quem viaja pelo Peru e pela Bolívia. É bem mais tranquilo do que percorrer o interior da Lituânia sem falar lituano, isso podemos garantir.

Com um “portunhol” meia-boca você já consegue se fazer entender no Peru e na Bolívia

Em ambos os países, as pessoas que lidam com turismo já estão habituadas com nosso “portunhol” e sabem que “chave” significa llave, que “quarto” quer dizer habitación e assim por diante.
Das línguas latinas, o espanhol é o que mais se assemelha ao português. Nos dois idiomas existem muitas palavras idênticas ou de som igual ou muito parecido. Falar “portunhol” é fácil, mas falar bem espanhol não é simples. Pode ser que você perca muita coisa do que lhe dizem; peça para seu interlocutor falar devagar: “Puede usted hablar despacio, por favor?”.

Cuidado para não se confundir com expressões ou palavras que são semelhantes em ambas línguas, mas com significados diferentes. Por exemplo, em espanhol, pegar significa “bater em alguém” e cojer, que literalmente significa “pegar” ou “tomar”, pode ser uma expressão chula em determinados contextos.

A pronúncia

No espanhol, não há muitos sons difíceis para um brasileiro pronunciar, embora a pronúncia tenha algumas peculiaridades. Veja as pronúncias aproximadas:
j = aproximado a rr. Ex: pájaro (pássaro) = párraro
ll = lh. Ex: Yo me llamo Maria (Eu me chamo Maria) = Io me lhamo Maria
ñ = nh. Ex: baño (banheiro) = banho
s entre duas vogais = ss. Ex: pasatiempo (passatempo) = passatiempo
y = i. Ex: yo (eu) = io
z = ç. Ex: mozo (garçom) = moço

Regras de cortesia

Embora peruanos e bolivianos sejam quase tão informais quanto os brasileiros, sempre é bom iniciar qualquer diálogo com um Buenos dias, Buenas tardes ou Buenas noches. Pode-se usar também Que tal? (Como vai?) ou Hola! (Oi!) em situações pouco formais.

O pronome usted, formal, é o mais usual. Diferentemente do que pode parecer à primeira vista, embora sua origem seja a mesma, ele não tem o mesmo uso que a palavra “você”; corresponde a “o senhor” ou “a senhora”. Já o pronome tu – que tem o mesmo uso de “você” no Brasil – só é empregado com pessoas com quem se tem intimidade ou bem jovens. O vos, corrente na Argentina, não é utilizado em nenhum dos países.

Um Por favor ao pedir uma informação é essencial, bem como o agradecimento: Gracias ou Muchas gracias. Como em português, ao pedir algo, não é delicado usar o presente do indicativo (“Eu quero”), que soa autoritário. A forma mais gentil é Quisera ou Me gustaria. É bastante frequente, ao entrar e sair de um restaurante ou bar, saudar as pessoas que estão nas mesas vizinhas com Buenas noches ou Buen provecho (“Bom apetite”).

Frases e expressões úteis

Saiba mais no Mini-dicionário de viagem

Informações práticas

Como ir ao Peru

Veja passagens aéreas e pacotes

Onde se hospedar no Peru

Escolher e reservar seu hotel em Lima

Escolha e reserve seu hotel em Arequipa

Escolha e reserve seu hotel em Cusco

Escolha e reserve seu hotel em Puno

Relatos de viagem

A Trilha Inca  Viagem pelo Valle del Colca

Maquina fotografica

O Peru em imagens Fotos dos lugares de especial interesse turístico.